De John Leighton Stuart a Mike Pompeo: o Partido Comunista Chinês ataca quem quer que revele a sua verdadeira face

No início de maio, os meios de comunicação estatais chineses atacaram o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, qualificando as suas observações sobre a origem do coronavírus de "louca e evasiva". O People's Daily, o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC), dedicou editoriais inteiros vituperando Pompeo pelas suas críticas a Pequim. A estação de televisão estatal chinesa, CCTV, chamou Pompeo de "inimigo público" em uma das suas categorias de comentários. A agência do regime comunista Xinhua denunciou-o como "um dos piores secretários de Estado da história americana".

Artigos de hoje1 de Julho de 2020

Artigos do dia anterior   |   Ver arquivo

Uma visão holística: podemos evitar outro desastre como a pandemia do coronavírus? (Parte 1: linha do tempo e análise)

No final de 2019, o coronavírus eclodiu na cidade de Wuhan na China. Em alguns meses essa epidemia regional evoluiu para uma pandemia global.

De palitos de dentes a pauzinhos: visão geral de produtos fabricados nos campos de trabalho da China (Parte 1)

Desde que o Partido Comunista Chinês (PCC) começou a perseguir o Falun Gong em julho de 1999, muitos praticantes foram presos e detidos.

Mulher de Tianjin, 70 anos, encarcerada pela segunda vez após a décima prisão por causa de sua fé

Um secretário do Partido Comunista Chinês (PCC) em uma vila em Tianjin recebeu uma recompensa de 10 mil yuans por denunciar uma praticante local do Falun Gong, que foi posteriormente condenada a cinco anos de prisão sem o conhecimento de sua família.

Notícias recentes

© Copyright Minghui.org 1999-2020