(Minghui.org) (Continuação da Parte 6)

Os praticantes do Falun Gong realizam atividades para aumentar o esclarecimento da verdade na área cênica nacional de Alishan, um renomado centro turístico taiwanês, localizado ao leste do condado de Chiayi.

Por causa da paisagem verde, dos picos das montanhas cobertos de nuvens e das árvores antigas, Alishan, tornou-se um ponto turístico imperdível para os turistas chineses. Os turistas pegam a ferrovia da floresta Alishan para desfrutarem mais da paisagem.

Um pico de montanha coberto de nuvens em Alishan

Por volta de 1995, o Falun Gong foi introduzido do norte de Taiwan até Chiayi. Devido ao início da perseguição ao Falun Gong na China em 1999, vários praticantes escolheram Alishan como uma excelente área para esclarecer a verdade sobre a prática aos turistas.

Devido ao aumento de praticantes em Chiayi, muitos decidiram participar das atividades do esclarecimento da verdade em Alishan.

A partir de 2008 os turistas chineses da China continental puderam visitar Taiwan. Desde então, o número de turistas chineses visitando Taiwan aumentou dramaticamente.

Informando turistas chineses sobre o Falun

Em Alishan, um guia turístico disse a seu grupo de turistas chineses: “Todos, deem uma olhada. Este é um local do Falun Gong na parte mais alta de Taiwan”, e apontando para os cartazes do Falun Gong os encorajou a darem uma olhada e a obterem informações verdadeiras sobre o Falun Gong.

No caminho de Alishan, um ponto turístico muito conhecido, os cartazes do Falun Gong ficam alinhados.

Colocar os cartazes, sobre o Falun Gong, no único caminho para o museu Alishan (localizado no parque Alishan) foi uma oportunidade para os praticantes aumentarem o esclarecimento da verdade.

Os praticantes também aconselharam os turistas chineses a renunciarem ao partido comunista chinês (PCC) e suas organizações juvenis.

Bem-vindo à Alishan”, disseram vários praticantes a um grupo de turistas chineses da parte continental que estava passando pelo caminho de pedras até o museu. “Aprenda a verdade sobre o Falun Gong e renuncie ao partido para se opor aos seus crimes brutais contra cidadãos inocentes”.

Passando pelos caminhos de pedra, turistas chineses leram os cartazes e obtiveram o esclarecimento sobre o Falun Gong e sobre a perseguição.

Um praticante do Falun Gong entrega panfleto e uma flor de lótus de papel a um turista.

Os turistas ouvem a verdade sobre o Falun Gong

Um turista da parte continental parou em frente ao cartaz que exibia informações sobre o incidente da autoimolação na Praça Tiananmen, encenado pelo PCC.

Um praticante disse: “Quando a autoimolação ocorreu, a polícia imediatamente apagou o fogo com extintores de incêndio”.

O praticante continuou: “Você acha que a polícia foi fazer patrulha com extintores de incêndio? O caso da autoimolação foi encenado para enganar as pessoas e denegrir o Falun Gong”.

O turista concordou, entregou uma nota ao praticante e sussurrou: “Sou membro dos jovens pioneiros e da liga da juventude comunista. Por favor, use este pseudônimo para me ajudar a renunciar”.

Enquanto passavam, os turistas do continente olhavam para os cartazes. Um praticante disse: “Por mais de 20 anos, o Falun Gong se espalhou para mais de 100 países em todo o mundo”.

O praticante continuou: “A preciosidade do Falun Gong é conhecida em todo o mundo. A extração forçada de órgãos dos praticantes do Falun Gong, sancionada pelo PCC, foi exposta à comunidade internacional. É condenada pelas pessoas do mundo todo”.

Grupo de prática e esclarecimento

Todos os dias, em Alishan, os praticantes da área de Chiayi se revezam no esclarecimento.

Durante os finais de semana, feriados ou durante a primavera das cerejeiras, mais turistas visitarão essa área cênica.

Em Alishan, durante o dia mundial do Falun Dafa, os praticantes de Chiayi realizaram atividades de comemoração.

Os praticantes se espalharam pelo parque para distribuir panfletos do Falun Gong e para aumentar o esclarecimento sobre o Falun Gong e a perseguição. Também fizeram os exercícios no jardim Mulan o qual fica em uma área cercada por montanhas. Os exercícios simples e a música pacífica chamaram a atenção de muitos turistas. Eles pararam para ver e alguns fizeram os movimentos exibidos pelos praticantes para aprender os exercícios.

Grupo de praticantes no jardim Mulan.