(Minghui.org) Em 16 de novembro de 2019, na véspera do Fahui 2019 de Taiwan, cerca de 6 mil praticantes reuniram-se na Praça da Liberdade em Taipei, para fazer os exercícios e participar de uma formação de caracteres em larga escala. A formação de caracteres celebrou a prática do Falun Dafa (também conhecido como Falun Gong) e o fato de que ele é praticado em todo o mundo. Além de milhares de praticantes de Taiwan, outros 1.150 praticantes de Dafa de 18 países - incluindo Japão, Vietnã, Coréia, Malásia, Indonésia, Filipinas, Argentina, Ucrânia, EUA, Espanha, Rússia, Hong Kong, Macau, Canadá, Alemanha, Austrália, Israel e Brasil - também participaram das atividades.

Estima-se que 6 mil praticantes formaram caracteres chineses para celebrar a divulgação do Falun Dafa em todo o mundo. Acima do mapa de caracteres lê-se "Verdade", "Compaixão" e "Tolerância". Abaixo do mapa, os caracteres traduzem como "A Grande Lei espalha-se por todo a parte".

Cerca de 6 mil praticantes fazem os exercícios do Falun Dafa juntos.

Celebrando a propagação do Falun Dafa pelo mundo

O tema deste ano, usando os caracteres e a imagem da formação, foi a difusão da prática espiritual em todo o mundo. A imagem media 88 metros de largura por 101 metros de comprimento. Acima do mapa do mundo estavam três caracteres chineses para "Verdade", "Compaixão" e "Tolerância", que constituem os princípios orientadores do Falun Dafa. Abaixo do mapa estavam os caracteres que podem ser traduzidos como "A Grande Lei espalha-se por toda a parte".

Muitos turistas foram atraídos para a grandeza da formação dos caracteres. De acordo com a Sra. Huang Chunmei, vice-presidente da Associação Taiwan Falun Dafa, a atividade deste ano é especialmente significativa, pois é realizada na Praça da Liberdade em Taipei. Este é um ponto turístico popular visitado por pessoas de todo o mundo, incluindo muitas vindas da China.

O Sr. Wu Qingxiang projetou a imagem e a formação de caracteres. Ele espera que, como resultado de ver a formação dos caracteres, as pessoas conheçam mais sobre o Falun Dafa, incluindo a melhoria na saúde física e nos padrões morais que a prática traz para a sociedade.

Turistas tiram fotografias da formação dos caracteres.

Visitantes da Praça da Liberdade leem os cartazes de exibição do Falun Dafa.

Fabian (esquerda), um praticante de Munique, Alemanha, apresenta a prática a uma turista.

Turista chinês: Falun Dafa melhorou meu caráter

O Sr. Liu, da China, visitou Taiwan pela segunda vez. Ele disse que aprendeu a verdade sobre o Falun Dafa usando o software que lhe permitiu romper o firewall da internet na China. Ele está ciente de que pessoas em mais de 100 países podem praticar o Dafa livremente e pensa que os princípios do Dafa melhoram cada vez mais o seu caráter e valores morais.

Ele disse que espera que as pessoas na China possam um dia eleger o seu próprio governo, assim como o povo de Taiwan. Disse também que espera que os cidadãos de Taiwan valorizem esta liberdade.

Sensibilização para a perseguição

A Sra. Cai trouxe uma amiga da França para visitar a Praça da Liberdade. Esta foi a primeira vez que ela testemunhou uma formação de caracteres em grande escala. Ela levantou-se e foi participar da conversa enquanto um praticante falava sobre o Dafa com a sua amiga, bem como a razão porque essa prática é perseguida na China. Ela compreendeu a brutalidade da repressão, e porque os praticantes persistem em aumentar a consciência pública sobre aquilo que tem acontecido na China. É também uma oportunidade preciosa para aqueles da China que foram enganados pela propaganda anti-Falun Gong do governo comunista aprenderem a verdade sobre a prática.

Um engenheiro da França espera ouvir mais sobre o Falun Dafa

Prehez, da França, ficou impressionado com a formação de caracteres.

Prehez, um engenheiro da França, estava em Taiwan numa viagem de negócios. Ele disse: "Esta é a primeira vez que ouço falar do Falun Dafa. Esta é uma cena bonita e incrível".

Ele leu as informações expostas nos cartazes, e disse que iria procurar na internet mais informações sobre o Falun Dafa quando ele voltasse para a França.

Verdade-Compaixão-Tolerância é maravilhoso

Remy, das Filipinas acha que é ótimo transmitir os valores da Verdade-Compaixão-Tolerância.

Vários grupos de turistas das Filipinas viram a formação de caracteres e ficaram muito curiosos sobre o Falun Dafa.

A Sra. Remy Hernandez disse à sua amiga que agora ela tem uma melhor compreensão do Falun Dafa e de seus valores fundamentais. Esta foi a primeira vez que ela viu algo tão grandioso e disse que achava que era uma atividade muito significativa.

Turistas das Filipinas ficaram impressionados com a formação de caracteres em grande escala.

O Sr. Joseph Tongoy (segundo à esquerda), das Filipinas, estava visitando Taiwan com a sua família. Ele sente que os princípios promovidos pelo Falun Dafa devem ser seguidos por todos.

Os princípios da Verdade-Compaixão-Tolerância ressoam junto aos turistas

O Sr. Suzuki visitou a Praça da Liberdade com vários jovens japoneses. Eles concordaram que o mundo seria um lugar melhor se todos seguissem os princípios de Verdade, Compaixão e Tolerância do Falun Dafa.

O Sr. Marco, que é da Itália, a sua mãe e a sua namorada apreciaram a formação dos caracteres. Marco disse que tinha lido sobre o Falun Dafa na internet e achou incrível ver tantos praticantes fazendo os exercícios juntos. Ele disse que acredita que os princípios do Falun Dafa são ótimos, e que todos devem ter o direito de seguir a sua fé.

O Sr. He de Hong Kong visitava pontos turísticos em Taiwan. Ele ficou parado por um longo tempo observando a formação dos caracteres. Quando os praticantes explicaram o significado da atividade, ele ficou visivelmente comovido e disse que esperava que a geração jovem em Hong Kong em breve desfrutasse das mesmas liberdades usufruídas em Taiwan.