(Minghui.org) (continuação da Parte 1)

Examinando meridianos através de um fio

A esposa do Imperador Taizong, rainha Zhangsun, estava grávida e passado mais de 10 meses, não entrava em trabalho de parto. Ela ficou doente e teve que ficar em repouso. Muitos médicos imperiais a tratavam, mas seu estado não melhorava. O Imperador Taizong estava visivelmente preocupado e inquieto com essa situação. Seguindo a sugestão de um oficial chamado Xu Maogong, o imperador convidou Sun Simiao para vir e ajudar.

Nos tempos antigos, o contato físico entre um homem e uma mulher era proibido, a menos que fosse dentro do casamento. Não havia exceção para os médicos. Mesmo ao realizar um exame, os médicos imperiais não entrariam em contato com as mulheres do palácio. Depois de obter informações sobre o estado de saúde da rainha através de uma criada, Sun revisou o histórico do caso e as prescrições dadas pelos outros médicos. Ele então pegou um fio vermelho e pediu a uma criada que enrolasse uma das pontas no pulso direito da rainha. A outra extremidade do fio foi puxada e segurada por ele, e com uma cortina entre eles, Sun examinou o sistema de meridianos através do fio.

Os médicos altamente qualificados da China antiga na verdade eram cultivadores do Tao e tinham habilidades sobrenaturais. Mas de forma alguma eles divulgariam esse fato, nem o publicariam, apenas aplicariam suas habilidades para fazer boas ações para salvar as pessoas. Sun era um desses médicos altamente qualificados. Através do uso de um fio vermelho, ele verificou o sistema de meridianos da rainha e identificou a causa da doença. Ele então usou uma agulha para picar o dedo médio da mão esquerda da rainha. O parto correu bem e um príncipe nasceu.

Solução de dúvidas

Nos primeiros anos de seu reinado, durante uma guerra, o Imperador Taizong estava lutando contra os invasores e ficou cercado por forças inimigas no topo de uma montanha. Enquanto bebia água de uma poça na montanha, sentiu-se cansado e tonto. O ornamento de dragão em sua coroa refletia a água e ele confundiu isso com uma cobra. O imperador começou a suspeitar que havia engolido uma cobra pequena enquanto bebia água. Depois de voltar com suas tropas para a capital, quanto mais pensava, mais nauseado se sentia. Ele começou a vomitar e realmente ficou doente.

Os médicos imperiais prescreveram diferentes doses de remédio, mas sem sucesso. O chanceler Wei Zheng convidou Sun para ajudar. Sun descobriu que o Imperador Taizong não apresentava sinais de doença em seu rosto ou qualquer matéria estranha em seu corpo. Ele primeiro receitou um remédio para acalmar a mente. Depois que o imperador colocou a coroa com o ornamento de dragão que ele usara anteriormente, Sun pediu para que alguém trouxesse uma bacia de água de forma que o imperador olhasse nela. Quando o Imperador Taizong viu a sombra do ornamento se assemelhar a uma cobra, ele sabia o que tinha acontecido. Sua dúvida desapareceu e ele se recuperou da doença instantaneamente.

(Continua)