(Minghui.org) (Continuação da Parte 2)

VI. Experiência de uma praticante de 80 anos

Mingming (apelido) era um profissional de tecnologia antes de se aposentar. Nascido no município de Emei, na província de Sichuan, a mãe e a avó de Mingming adoravam Budas. Sua família era trabalhadora, tolerante e disposta a ajudar os outros. Sob sua influência, Mingming acreditava na existência de seres divinos e no princípio de que “o bem será recompensado e o mal será punido” desde jovem. Ele era indiferente à fama e fortuna.

Mingming começou a praticar o Falun Dafa em março de 1997. Ele segue os ensinamentos do Mestre e melhora seu xinxing de acordo com o Fa. Ele lê uma ou duas palestras do Zhuan Falun todos os dias e assiste repetidamente às gravações das palestras do Mestre e lê os ensinamentos do Mestre em diferentes conferências.

Não importa o quão severa a perseguição se tornou, não pode abalar sua fé no Falun Dafa. Ele disse: “O Dafa é o que tenho procurado por toda a minha vida. O propósito da minha vida é ajudar o Mestre a retificar o Fa. É missão sagrada dos discípulos do Falun Dafa esclarecer a verdade e oferecer salvação aos seres conscientes. Eu não posso relaxar.”

A seguir está o relato de Mingming sobre suas experiências.

Apelando a favor do Falun Dafa em Pequim

“Para esclarecer a verdade ao governo, escrevi uma carta de apelo e planejava ir a Pequim para apelar pelo Falun Dafa em maio de 2000. No entanto, as autoridades em minha comunidade residencial descobriram isso assim que fiz a reserva de uma passagem de trem. Eles tentaram me impedir, mas consegui sair e cheguei sozinho a Pequim. Apresentei abertamente minha carta ao Escritório de Apelo Nacional e voltei para casa em segurança.”

“Depois que voltei, policiais da delegacia local me visitaram em casa. Eu disse a eles que, como cidadão e servidor público aposentado, tinha o direito constitucional de apelar e qualquer assédio aos praticantes do Falun Dafa era contra a Constituição. Eu perguntei a eles: 'Vocês não aprenderam com as lições da Revolução Cultural? Quando os erros cometidos contra o Falun Dafa forem retificados, vocês não serão culpados?’ Os policiais disseram repetidamente que não tinham escolha. Eles estavam seguindo ordens, mas não ganharam nada por terem ido atrás de mim.”

Como o Mestre nos disse:

“Quando os discípulos têm amplos pensamentos retos

O Mestre tem o poder de reverter a maré”

(“Ligação entre Mestre e discípulo”, Hong Yin Volume II)

“Quando fui a uma reunião de troca de experiências em 2000, mais de 40 colegas praticantes e eu fomos presos pela polícia local. Um policial encontrou meu livro Zhuan Falun, mas me recusei a entregá-lo. Continuei informando à polícia a verdadeira história do Falun Dafa e lembrando-os de que eles estavam violando a liberdade de crença de um cidadão. Finalmente, eles me deixaram ir.”

Estabeleci um local de produção de materiais para esclarecimento da verdade

Em 2012, quando eu tinha 75 anos, decidi estabelecer um local de produção de materiais de esclarecimento da verdade na minha casa. Eu queria aliviar a carga de trabalho de outros praticantes e atender à crescente necessidade de materiais de esclarecimento da verdade em nossa área.”

“Eu não sabia nada sobre computadores. Minhas mãos eram desajeitadas com o mouse, eu não conseguia distinguir o clique esquerdo do botão direito; esquecia as instruções assim que as aprendi. Eu culpei minha idade e falta de jeito. No entanto, achei que os discípulos do Falun Dafa deviam ser capazes de lidar com qualquer coisa e superei minhas dificuldades. Anotei cada etapa e desenhei ilustrações. Levei muito tempo para lembrar um processo.”

“Com a ajuda do Mestre, rapidamente dominei a habilidade de baixar arquivos. Para fazer produtos de qualidade rapidamente, pedi à minha filha, que morava no exterior, que comprasse para mim uma boa impressora a laser. Ela pediu ajuda a uma amiga da minha cidade. Quando ela soube que eu era um praticante do Falun Dafa, sua amiga me ajudou, feliz. Ela me deu uma impressora ótima, dizendo que era sua contribuição para o Falun Dafa. Minha filha, mais tarde, me enviou uma impressora a laser, que surpreendentemente passou pela alfândega sob o arranjo do Mestre.”

O Mestre nos protegeu durante o terremoto de Sichuan de 2008

“Meus colegas de classe planejaram uma reunião em Dujiangyan em 12 de maio de 2008, mas eu tive um pressentimento sobre aquele dia. Fiz uma viagem especial para Dujiangyan com antecedência e avisei meus colegas. Sugeri que reagendássemos nossa reunião para abril, mas eles não me ouviram. 12 de maio acabou sendo o dia do terremoto de Sichuan de 2008, que matou 69.000 pessoas.”

“Cedo na manhã de 12 de maio, peguei um ônibus de Chengdu para Dujiangyan e enviei pensamentos retos ao longo do caminho para eliminar as velhas forças e o espectro do comunismo.”

“O chão começou a tremer às 14h28, logo após terminarmos o almoço. Em um segundo, o prédio do nosso hotel começou a tremer e blocos de cimento começaram a cair. Meu colega de classe, que dividia um quarto de hotel comigo, se escondeu embaixo da cama. Eu não entrei em pânico – em vez disso, sentei-me e enviei pensamentos retos.”

“Das 42 pessoas na reunião, um casal foi atingido por paredes que desabaram enquanto desciam as escadas e morreram devido aos ferimentos. As outras 40 pessoas ficaram seguras. O prédio do nosso hotel permaneceu em pé, exceto pelo colapso do escritório da frente, enquanto todos os outros prédios ao redor foram destruídos. Vários de meus colegas aprenderam a verdade sobre o Falun Dafa e deixaram as organizações comunistas. Eles sabiam que o Mestre havia nos protegido e estavam sinceramente gratos.”

Pai é salvo pelo Falun Dafa

“Em agosto de 2000, quando meus pais estavam em seus 90 anos, minha família inteira começou a praticar o Falun Dafa. Todos nós experimentamos pessoalmente o incrível poder do Falun Dafa. O incidente que meu pai sofreu em dezembro de 2008 me deixou com a mais profunda impressão.”

“O nariz do meu pai começou a sangrar um dia em dezembro de 2008. Ele colocou um pouco de água fria na nuca, mas isso não ajudou. O sangue jorrou como água corrente e se espalhou pelas escadas.”

“Assim que soube disso, corri para casa e disse a meu pai que enviasse pensamentos retos comigo para eliminar essa perseguição. Seu nariz parou de sangrar depois que enviamos pensamentos retos por cerca de dez minutos. Eu disse a meus pais: 'Embora vocês dois estejam experimentando carma de doença, não deixem de estudar o Fa e de praticar os exercícios nessa semana.”

“Minha esposa e eu estudamos o Fa com meus pais depois do jantar. O pai disse que o Fa que lemos naquele dia tocou seu coração. Ele percebeu que tinha um forte apego ao seu negócio.”

“O nariz do meu pai começou a sangrar novamente por volta das 4 horas daquela noite. Ele colocou um lenço de papel nas narinas, mas o sangue saiu de sua boca e manchou uma grande área de sua cama. Eu disse aos meus pais: ‘Não tenham medo. É uma limpeza. Enquanto mantivermos uma fé forte no Mestre e no Dafa, nada pode nos bloquear. Devemos olhar para dentro de nossos próprios apegos em face dessas tribulações.’ Todos nós nos sentamos para enviar pensamentos retos juntos. Seu sangramento nasal parou gradualmente.”

“Minha esposa e eu voltamos para a cama depois de nos certificarmos de que meu pai havia adormecido. Minha esposa teve um sonho em que alguém gritou: ‘Rápido, papai morreu!’ Minha esposa pensou imediatamente: ‘É impossível! Somos discípulos do Dafa.' O mal obviamente estava tentando nos assustar. Minha irmã disse que também ouviu uma voz dizendo: ‘Seu pai morreu’, depois que o sangramento de meu pai parou. Todos nós éramos praticantes do Dafa. Sabíamos que isso estava testando nossos sentimentos enquanto meu pai passava por um teste de vida ou morte.”

“O sangramento nasal do pai piorou no terceiro dia, e os tecidos não conseguiam absorver o sangue rápido o suficiente. Tive que usar um saco plástico para coletar seu sangue. Parecia que havíamos feito tudo em vão. Não consegui mais ficar calmo e liguei para minha outra irmã, que morava em outra cidade. Foi ela quem nos apresentou ao Dafa.”

“Minha irmã nos disse: ‘É uma falsa aparência. Devemos manter as palavras do Mestre em mente:'”

“... apenas por não ter seu coração afetado, você será capaz de lidar com todas as situações.” (“Eliminem seu(s) último(s) apegos(s)”, Essenciais para Avanço Adicional II)

“'Devemos eliminar qualquer pensamento que não esteja de acordo com o Fa. Vamos enviar pensamentos retos para eliminar quaisquer fatores de interferência nas dimensões dos pais.'”

“Minha irmã também disse que a chave estava nas mãos do pai e o Mestre o ajudaria se ele pudesse deixar de lado seu apego à vida e à morte. Ela esperava que o pai enviasse pensamentos retos no início de cada hora e passasse o máximo de tempo possível estudando o Fa. Ela disse que, uma vez que a retificação do Fa não havia terminado, cada um de nós era necessário para salvar seres conscientes, então não devemos deixar o mundo, mas devemos fazer as três coisas bem.”

Minha irmã acrescentou: “Na verdade, todos nós temos que enfrentar esse teste de sentimentalismo e morte. Isso diz respeito a todos. Quando todos nós pudermos deixar nosso apego, passaremos no teste. O Mestre é o único no comando e o único que tem a palavra, não as velhas forças.”

“Com o incentivo da irmã, o pai eliminou seu medo e desejou estudar o Fa e fazer bem as três coisas. Embora seu sangramento continuasse na hora do jantar, meu pai não estava mais com medo. Ele enviou pensamentos retos por si mesmo e não nos pediu para ajudar.”

“Às 21 horas, meu pai parecia fraco demais para ficar de pé. Apoiei-o para ir ao banheiro e ajudei-o a voltar para a cama. Ele imediatamente adormeceu. Depois de um tempo, o pai acordou de repente e perguntou: ‘É hora de praticar exercícios?’ A mãe perguntou a ele: ‘É isso que você quer fazer?’ O pai respondeu: ‘Estou bem. Eu só quero praticar os exercícios.’ Depois ele voltou a dormir. Seu nariz não sangrou novamente.”

“Quando meu pai acordou na manhã seguinte, minha esposa disse a ele: ‘ Não vá mais trabalhar em sua loja. Não precisamos de mais dinheiro. Você pode passar mais tempo estudando o Fa e fazendo as três coisas.’ O pai respondeu: ‘Sim!’”

Minha esposa percebeu que o rosto inchado de meu pai ficou normal e a cor de seu rosto ficou muito melhor depois que ele disse “Sim!”

“Meus pais se recuperaram completamente. Eles se tornaram cheios de energia e seus rostos pareciam rosados. Todos que ouviram sobre sua experiência ficaram maravilhados com o poder do Falun Dafa. Agora, eles se levantam cedo para estudar os ensinamentos sozinhos e participam das sessões de estudo em grupo no final do dia. Minha mãe não sabe ler, mas ela ouve as gravações de áudio das palestras do Mestre e planeja aprender a ler o Zhuan Falun.”

“Toda a nossa família passou neste teste difícil sob o cuidado compassivo do Mestre. Todos nós sentimos que melhoramos nosso xinxing depois dessa experiência e começamos a fazer as três coisas mais diligentemente. Agradecemos profundamente a salvação compassiva do Mestre. Ele deu ao pai uma segunda vida!”

(Continua)