Meu pai morreu em um acidente de carro quando eu ainda era um estudante do primeiro ano do ensino médio. Ele deixou algumas propriedades, e todos os parentes do lado da família do meu pai começaram a brigar por estes bens. A minha mãe ficou traumatizada com o que aconteceu. Depois da perda de meu pai, a forma desumana que os familiares demonstraram um pelo outro quando começaram a brigar pelo dinheiro, junto com o tratamento hostil que os vizinhos tinham conosco, teve um grande efeito sobre mim. Eu me tornei uma pessoa excêntrica, não confiava nas pessoas e adorava dinheiro. Quando eu estava no terceiro ano do ensino médio, minha mãe se casou novamente. Meu padrasto era uma pessoa muito honesta e bem-humorada, mas eu considerava isso uma forma de fraqueza. Ele não adorava tanto o dinheiro, e eu considerei isso como um sinal de sua incompetência. Ele não exigia muito da vida, e eu levei isso como falta de ambição. Eu nunca o chamei de "papai". Embora morássemos sob o mesmo teto, nossos corações estavam a quilômetros de distância. Minha mãe não teve nenhuma educação. Ela era muito reservada e também com péssimas condições de saúde. Desde a minha infância, tivemos dificuldade em nos comunicar uns com os outros. Por vaidade, pensei que minha mãe só me atrapalhava em meu crescimento junto a alta sociedade.

Na escola, eu me preocupava que meus colegas de turma soubessem da minha família e com isso me intimidassem, então nunca tomei a iniciativa de me socializar com eles. Mesmo quando eu conversava alguma coisa com eles, contava mentiras. Eu vivi minha vida com uma máscara. Eu me sentia como um estranho neste mundo e eu mal podia acreditar em alguém. À noite, muitas vezes chorava debaixo da minha colcha enquanto culpava a todos e reclamava de tudo. Na minha cabeça, pensei em como acabar com a minha própria vida muitas vezes, mas não executei tal pensamento porque ainda queria vingança. Eu ainda queria que os familiares do lado do meu pai caíssem de joelhos para implorar pela minha misericórdia, embora eu não soubesse como conseguir isso. Fiquei tão perturbado com tais pensamentos que isso me incomodava e perturbava a todo momento. Como eu gostaria de poder voltar para a minha infância, quando eu vivia feliz e estava despreocupado todos os dias.

Naquela época, minha mãe sentia muita falta do meu pai e ela não conseguia se dar bem com meu padrasto. Meu padrasto teve um filho de seu casamento anterior. Os familiares do lado do meu pai continuaram a incomodá-la e todos esses conflitos pioraram a saúde da minha mãe. Como a medicina moderna não conseguia curar suas doenças, minha mãe começou a praticar o Falun Gong. Três meses depois, ela se livrou de todas as suas doenças.

Fiquei muito impressionado com o efeito milagroso do Falun Gong na cura de doenças. Por curiosidade, comecei a ler o livro Zhuan Falun. Este livro é um verdadeiro tesouro! Ele abriu meu coração - um coração que havia sido selado e coberto de poeira. Cheguei ao entendimento de que nada do que aconteceu neste mundo era acidental, que havia um relacionamento causal por trás de tudo. Se você se deparar com uma coisa boa ou ruim, contanto que sua mente esteja certa e siga os princípios da "Verdade, Compaixão, Tolerância", você elevará seu caráter.

Eu não reclamei mais e comecei a me misturar com os membros da minha família. Lembro-me que, quando liguei pela primeira vez para o meu padrasto e o chamei de "Pai", ele ficou tão emocionado que os seus olhos brilhavam com lágrimas. Desde então minha casa tem sido cheia de risos e alegria. Eu sou capaz de me comunicar livremente e sinceramente com outras pessoas novamente. Eu trato todos, incluindo os membros da família do lado do meu pai, com um coração verdadeiro, e não tenho mais o pensamento de cometer suicídio. Eu estou cheio de vitalidade e energia.

Por fim recuperei a felicidade que tive quando criança.

Meus antigos colegas de classe, que eu não via há muito tempo, maravilhavam-se com os milagres que o Falun Dafa fez na minha vida. Escrevi minha experiência com a esperança de que quem ler este artigo experimente o mesmo milagre praticando ele mesmo o Falun Gong.