(Minghui.org) Celebrar o 15º dia do Ano Novo Lunar Chinês com lanternas, é uma antiga tradição, tanto que o Festival Yuanxiao (a primeira noite de lua cheia no ano novo lunar) é conhecido mundialmente como O Festival das Lanternas.

O Festival das Lanternas de Taiwan, celebrou o seu 30º aniversário neste ano e foi realizado pela primeira vez em Pingtung no sul de Taiwan. O festival começou no dia 19 de fevereiro e acabou no dia 03 de março.

O Barco de Lanternas do Fa dos praticantes de Falun Dafa estava exposto na área principal. Os visitantes podiam subir no barco e ir até o convés para terem uma visão panorâmica de todo festival. Muitas pessoas comentaram sobre sentirem um campo de energia pacífica ao redor do navio.

A idéia do barco do Fa (ou Lei ou Darma) está enraizada no Budismo e tornou-se parte da cultura popular de Taiwan já que aproximadamente um terço da população é Budista. De acordo com as crenças Budistas, todas as pessoas estão vivendo em um mar de sofrimento e o navio do Fa pode carregar os abençoados através desse mar para que desembarquem no destino do alívio, do nirvana ou na consumação do seu cultivo.

O barco de lanternas do Falun Dafa no Festival das Lanternas em Taiwan de 2019.

O barco de lanternas do Fa tinha 25 metros de comprimento, 08 metros de largura e estava sobre uma base de 02 metros de altura a qual representava uma nuvem. O barco estava cercado por 09 camadas de pétalas de flor de lótus.

O Sr. Zhuang Yizhong, o chefe designer do navio do Fa, disse que: as pétalas da flor de lótus simbolizam diferentes níveis do abandono dos apegos humanos para alcançar os mais elevados reinos de cultivação. O convés, no 10º nível do navio, pode acomodar até 50 visitantes. Três bandeiras, flutuando na brisa, estampadas com os caracteres chineses da Verdade, Compaixão e Tolerância, retratavam a navegação ativa do navio pelos mares.

Xu Tianyi, presidente dos Lions Club de Pingtung, conduziu a cerimônia de iluminação do festival este ano.

É a primeira vez que vejo um Barco de Lanterna do Fa tão espetacular,” disse ele. “É uma oportunidade rara embarcar no navio do Fa. Eu me sinto muito abençoado.”

Ele disse que não deve ter sido fácil construir um barco de lanternas. “O trabalho em equipe dos praticantes de Falun Dafa é muito tocante,” afirmou ele.

O Sr. Zheng que participou do festival com sua esposa, disse: “É uma bela vista no convés. Minha mente e meu corpo estão tão relaxados agora.”

O Sr. Wu de Kaohsiung chegou ao festival com sua família. “Embarcar no navio do Fa me deu uma paz e uma alegria além do mundo”, disse ele.

A Sra. Xu e seu filho disseram que estavam exaustos por andarem pelo enorme festival. No entanto, ela sentiu uma “ forte energia como se estivesse recarregada” quando ela chegou à área do Falun Dafa. “Minha mente estava limpa e uma vez que eu embarquei no navio do Fa, eu estava em paz e calma”, disse ela.

As lanternas com o tema do Falun Dafa foram feitas com um método antigo de confecção. O chefe designer Sr. Zhuang disse que queria ajudar a manter a tradição usando o método antigo e ao mesmo tempo proporcionar uma oportunidade para os visitantes em obter conhecimento sobre o Falun Dafa.

Além do Barco de Lanternas do Fa, os praticantes de Falun Dafa também apresentaram: um “Pegasus Chinês”, um “Falun”, o “Falun Dafa se espalha pelo Mundo” e outras lanternas totalizando 13 ao todo.

Lanternas do Falun no Festival das Lanternas em Pingtung, Taiwan.

Falun Dafa se espalha pelo mundo”.

A lanterna do Zhuan Falun (girando a roda do Fa) é inspirada no Zhuan Falun, o principal trabalho do Falun Dafa.

O Barco de lanternas do Fa estreou em 2013 e já percorreu Taiwan com o Festival Anual das Lanternas, o qual é frequentado por milhões de visitantes.

O festival deste ano teve três áreas e pela primeira vez pôde ser visto do mar.