Perseguição

Tortura psiquiátrica

Os artigos desta seção referem-se ao abuso de psiquiatria e tortura física e mental que os praticantes de Falun Gong recebem nas instalações de saúde mental da China.

Praticantes completamente saudáveis são muitas vezes enviados a hospitais psiquiátricos com a finalidade de 1) desacreditar Falun Gong e 2) trazer grande pressão sobre aqueles que aderiram resolutamente à sua fé.

O tratamento nestas instalações é desumano ao extremo, muitas vezes envolvendo injeções de drogas perigosas nos praticantes. As drogas usadas alteram a mente; são conhecidas por causar danos ao sistema nervoso. A “terapia” de choque elétrico também é frequentemente usada nos praticantes como uma forma de punição por não renunciar à sua crença.

Organizações como a Associação Mundial de Psiquiatria (WPA), a Human Rights Watch e a Comissão de Tratamento Psiquiátrico de Genebra têm relatado o abuso da psiquiatria na China. O WPA tentou investigar os abusos de praticantes de Falun Gong em enfermarias mentais chinesas, mas o acesso aos locais tem sido repetidamente negado.

Ver história completa »

Autoimolação encenada

Video

Vídeo: Entre a vida e a morte

Video

© Copyright Minghui.org 1999-2018