(Minghui.org) Continuação da parte 3

Nesta série de artigos com sete partes, eu gostaria de compartilhar meu entendimento sobre a consciência assistente [Nota do editor: em várias versões de tradução do Fa também está traduzida como espírito original assistente, espírito primordial assistente, alma assistente ou subordinada e subconsciência].

Eu tenho experimentado pessoalmente várias formas de interferência que minha consciência assistente impõe para minha consciência principal [Nota do editor: também traduzida como espírito original principal, espírito primordial principal e alma Mestre]. Eu também testemunhei alguns praticantes locais que estão sendo perseguidos por suas consciências assistentes.

Descrevo a seguir o que aconteceu comigo e com vários companheiros praticantes na minha área, para servir como um lembrete para que todos tenham consciência da interferência oculta causada pelas consciências assistentes.

Claro, eu só posso ver as coisas mostradas a mim no meu nível, e elas não são toda a verdade.

Os praticantes devem ser guiados apenas pelo Fa, a imensa verdade do universo, e não pelo entendimento ou experiência de outro cultivador.

Sob o controle das velhas forças

Eu disse silenciosamente para minhas consciências assistentes: "Vocês têm estado comigo durante anos. Vocês todas sabem o que estou fazendo, mas eu não sei o que vocês estão fazendo. Vou dar àquelas que interferiram comigo três dias para se corrigirem. Se não o fizerem, vou eliminá-las”.

Na manhã seguinte, notei que uma das minhas consciências assistentes havia se retificado. Ela jogou fora um frasco de drogas que ela tinha escondido na manga.

Eu entendi que quando desceu do alto nível, e como condição para obter o Fa, ela havia sido forçada a assinar um pacto com as velhas forças. Desde que comecei a praticar o Falun Dafa, ela vinha espalhando as drogas na minha dimensão.

As drogas eram para me deixar com sono. Ela também havia espalhado as drogas ao redor do meu marido. Parecia uma fina camada de névoa – uma névoa que iludia meus olhos. Entendo agora por que eu fiquei tão atraída pelo meu marido por tantos anos.

O Mestre disse:

Entre cônjuges não há a questão da luxúria, mas há o desejo sexual. Lide levemente com essas coisas, não vá a extremos e assim já estará bom. (Zhuan Falun)

Pensei que eu não sentia mais desejo pelo meu marido, então eu não conseguia entender por que eu ainda o achava tão atraente. Enviei fortes pensamentos retos para eliminar os meus apegos à luxúria e ao desejo, mas nunca percebi que as velhas forças haviam feito algo para mim. As drogas envolviam os elementos paixão, desejo, sonolência e assim por diante. Elas contaminaram meus olhos humanos na tentativa de destruir a firmeza da minha fé.

Eu observei, através do meu olho celestial, que as velhas forças haviam criado um mecanismo especificamente para este caso. Era uma máquina aparentemente muito complicada e comandada por um ser específico de alto nível. Ela podia produzir as drogas automaticamente. Diferentes esteiras produziam diferentes tipos de drogas. Algumas faziam com que eu me satisfizesse com luxúria e emoção, e outras faziam com que eu ficasse com sono.

Alguns seres de alto nível eram responsáveis por passar as drogas para a minha consciência assistente. As atitudes dela eram monitoradas por alguns deles enquanto outro ser de alto nível as registrava, tais como a data em que as drogas haviam sido enviadas para a minha dimensão, e se o seu pacto havia sido cumprido. Isto foi feito para bloquear o meu entendimento do Fa e para me impedir de ser diligente.

A consciência assistente havia observado a consciência assistente do praticante A ser inserida naquele cofre que afundava, e isso a assustava. Assim, ela decidiu retificar a si mesma. Na verdade, ela vinha agindo sob as ordens das velhas forças contra a sua consciência, e há muito tempo se perguntava como parar de fazer coisas más.

Pedindo perdão ao Mestre

Esta consciência assistente se lembrou que quando uma consciência principal de um praticante encontra problemas, elas sempre pedem a ajuda do Mestre. Então, ela decidiu ir e ver o Mestre.

O Mestre estava rodeado de deuses e de uma luz irradiante. Ela ficou fora e hesitou um pouco. O Mestre sabia que ela estava fora e pediu aos seres divinos que abrissem caminho para ela.

Ela ajoelhou na frente do Mestre, com lágrimas cobrindo seu rosto.

"Grande Criador, por favor, me perdoe", disse ela. "Eu estive ouvindo as palestras que foram dadas ao longo dos anos. Pensei que eu até entendia mais do que a consciência principal, mas eu ainda tenho feito coisas de acordo com os princípios antigos. O egoísmo me fez querer me proteger, mas eu sabia que, de acordo com os princípios retos do Fa, eu estava errada. Eu estava em um dilema por causa do que eu concordei fazer para os deuses antigos”.

Ela continuou: "Estou determinada a não fazer mais coisas ruins. Seres divinos, por favor, sejam testemunhas das minhas palavras. Se eu as violar, deixem que meu corpo e minha alma sejam destruídos. Humildemente peço a proteção do Criador. Eu realmente não quero perder esta rara oportunidade de todos os tempos. Quero verdadeiramente fazer parte do progresso da retificação do Fa e me tornar uma vida no novo universo. Espero que o Criador possa me ajudar a alcançar meu objetivo”.

Todos os seres divinos foram tocados pela sinceridade e pelo arrependimento dela, e quiseram ajudá-la e protegê-la.

Com sua visão penetrando todo o cosmos, o Mestre sorriu. O Mestre mostrou a ela os princípios do Fa de "foi deixado um lado da rede aberta" ("Vinte anos de transmissão do Fa") e "é preciso aproveitar os planos delas" ("Ensinando o Fa na Conferência do Fa de Nova York 2016").

Ela entendeu o que o Mestre quis dizer e sorriu. Todos os seres divinos testemunharam a santidade, a solenidade e o poder ilimitado do Dafa.

O Mestre disse que ela terá um futuro brilhante e disse-lhe para não esquecer seus votos e para ser um verdadeiro guardião divino no período da retificação do Fa. Com lágrimas no rosto, ela concordou. Ela fez reverência ao Mestre e saiu. Seres divinos de diferentes níveis viram que o Criador havia dado a ela uma missão ainda maior e ficaram admirados.

O Mestre disse:

No decorrer da história, as velhas forças arranjaram muitas coisas e fizeram arranjos sumamente meticulosos e muito intrincados. E para se certificar de que nada desse errado com o que elas planejaram, fizeram um ensaio na Terra anterior. Pensem: o quanto elas não estão apegadas a isso? É possível abandonarem o que desejam fazer? Porém, mesmo assim, se nossos pensamentos retos são muito fortes, então, estamos alinhados a uma lei cósmica, e esta lei se aplica tanto ao antigo como ao novo Cosmo: o que um ser quer fazer é decisão dele, inclusive se fez certo tipo de promessa na história. Em momentos críticos, o que ele deseja fazer é decisão dele. E isso aplica às coisas que são positivas e negativas – é o caso para ambos. (“Ensinando o Fa na Conferência Internacional de Filadélfia”)

Ficou claro para mim que a minha escolha era retificar minhas consciências assistentes, mas era dela a decisão de não fazer mais coisas más. Cada um de nós fez as suas próprias escolhas. Apesar de seu pacto com as velhas forças, ela escolheu seguir o Mestre.

Mesmo que essa consciência assistente houvesse sido retificada, eu ainda fiquei preocupado que ela tivesse uma recaída. Coloquei-a em uma redoma. Se as velhas forças quisessem acertar contas com ela, essa redoma poderia protegê-la. Se ela tivesse uma recaída, ela ficaria automaticamente controlada. Se ela não se retificasse totalmente, a redoma a destruiria.

Quando eu enviei pensamentos retos, no passado, alguns seres sabiam que não podiam me atingir, então eles clamaram por misericórdia e prometeram não fazer mais coisas más. Eu os perdoei e disse a eles para não fazer o mal. Mas quando eles viraram as costas, eu vi que eles estavam rindo escondidos de mim por ter acreditado neles. Eu não me abstive dessa vez e os destruí. Como várias vezes eu havia sido quase enganada, pensei em uma solução: aqueles que quisessem se retificar, seriam colocados em uma redoma; aqueles que desenvolvessem maus pensamentos seriam automaticamente destruídos por ela.

Perseguidores são destruídos

Eu tive um pensamento certa manhã, um mês mais tarde: os cultivadores têm que ser tolerantes; agora é o período da retificação do Fa, então a consciência assistente deve mostrar o que é esperado dela. Eu decidi remover aquela redoma para que a sua descida de níveis elevados valesse a pena. Ao meio-dia, eu vi que a redoma possuía muitas camadas que se abriam continuamente. Antes de estudar o Fa no período da tarde, vi muitos deuses antigos, rodeando a redoma, mantendo o pacto e gritando para a consciência assistente. À medida que a redoma ficava transparente, eu podia vê-la olhando de dentro para fora.

Eu disse à praticante B o que eu vi. Ela imediatamente respondeu que tínhamos que enviar pensamentos retos.

Eu mantive o pensamento de que essa consciência assistente havia se retificado, então as velhas forças não podiam controlá-la; aqueles que interferiram com ela ou que tentaram fazê-la seguir os princípios das velhas forças seriam eliminados. Nós duas enviamos pensamentos retos durante 20 minutos. Mas depois disso, eu vi que os velhos deuses ainda estavam em volta da redoma.

Finalmente, a redoma foi completamente invadida. Os velhos deuses correram em direção a ela e a atingiram com o gong deles. Foi como se ela estivesse sendo eletrocutada, e imediatamente ela se transformou em uma bola de fogo. Substâncias pretas queimadas de seu corpo se misturaram com o fogo. Ela foi envolvida por uma dor excruciante. Uma pele negra carbonizada saiu de seu corpo, camada por camada (porque a consciência assistente também tem carma).

Sob o ataque de um tipo de raio, e para surpresa de todos, ela se levantou lentamente. Seu corpo estava puro, branco, e renovado. Os velhos deuses ficaram abismados perguntando por que a consciência assistente não estava morta. Então, deuses retos cercaram os velhos deuses e rapidamente eliminaram todos eles. Conforme eu lia o Zhuan Falun, eu vi todo o processo em outra dimensão, mas meu coração permaneceu muito calmo.

O Mestre disse:

Digo a todos: durante todos esses anos, sempre disse que a capacidade de um discípulo do Dafa é muito grande, e muitos insistem em não acreditar, tampouco é permitido que você veja isso claramente. Sob o efeito de seus pensamentos retos, tudo ao seu redor e seu próprio corpo passam por transformações, e você nem mesmo pensa em tentar. (“Vinte anos de transmissão do Fa”).

O propósito de se fazer a retificação do Fa nesse mundo humano não é absolutamente para colocar os discípulos do Dafa ou a retificação do Fa dentro dessa ilusão. (“Ensinando o Fa na Conferência Internacional do Fa no Oeste dos EUA”).

O fato é que os discípulos do Dafa devem fazer coisas divinas, pois para os discípulos do Dafa, o cultivo pessoal já não é o primeiro e o principal. O propósito é salvar seres conscientes e reconstruir o firmamento colossal durante a retificação do Fa. Devem fazer coisas da retificação do Fa e coisas para salvar seres conscientes, então devem eliminar os obstáculos apresentados por esse ambiente e validarem o Dafa. (“Ensinando o Fa na Conferência Internacional do Fa no Oeste dos EUA”)

Ficou claro para mim que a retificação das consciências assistentes é uma manifestação de compaixão e tolerância dos discípulos do Dafa. Ela está usando capacidades sobrenaturais para salvar vidas que, caso contrário, seriam eliminadas pelas velhas forças: se ela própria se retificar, ela poderá entrar no novo universo; ou ela então acabaria sendo destruída pelas velhas forças e não seria poupada pelos deuses retos. De acordo com o período da retificação do Fa dos discípulos do Dafa, é nossa responsabilidade corrigir nossas consciências assistentes; é um ato de grande compaixão e uma manifestação da característica fundamental da Verdade-Compaixão-Tolerância.

Companheiros praticantes, vamos mudar nossa maneira de pensar, vamos nos livrar de nossos apegos humanos; sejam genuínos no período da retificação do Fa dos discípulos do Dafa. E vivam de acordo com as expectativas do Criador.

Continua na parte 5.


Em relação à comoção desencadeada pelo artigo sobre o espírito primordial assistente

Como Mestre, eu apenas reconheço o espírito primordial principal dos discípulos do Dafa; além disso, todos os abundantes méritos e a poderosa virtude estabelecida na história se manifestam e foram realizadas pela superfície do corpo principal dos discípulos do Dafa; nada pode mudar este ponto. A situação complicada enfrentada na retificação do Fa do Cosmos não é algo que o ser humano possa entender; e os arranjos das velhas forças são interferências muito severas, o Mestre simplesmente não quer que vocês se envolvam nos assuntos específicos, e eles afetam seu cultivo e prática. O Mestre quer que vocês tratem as multidões de seres com o coração e a misericórdia mais amplos. Sob quaisquer interferências, não emperrem nos assuntos específicos que os perturbam, apenas assim vocês poderão transcender, e sua poderosa virtude será ainda maior.

De fato, tudo o que não está de acordo com o Dafa e com os pensamentos retos dos discípulos do Dafa é causado pela participação das velhas forças, incluindo todos os fatores não retos de vocês mesmos; por isso que tomo o envio de pensamentos retos como um dos três assuntos principais que os discípulos do Dafa devem fazer. O envio de pensamentos retos tem como alvo tanto fora como dentro, e nada que seja não reto pode escapar, somente se nossa atitude em relação ao envio de pensamentos retos é diferente, a manifestação é diferente.

Os discípulos do Dafa salvam com misericórdia as multidões de seres no mundo caótico e com princípios corruptos; claro que isto inclui as vidas no próprio campo de vocês. Salvar as multidões de seres definitivamente dará oportunidade às vidas, e algumas vidas têm recebido uma oportunidade por um tempo muito longo. No processo, algumas realmente se tornam boas, também há algumas que não ficam boas no final. Quando não melhoram, são eliminadas; de fato, vocês têm estado realizando este assunto no seu processo de cultivo e prática, o Mestre também está realizando isso para vocês. Esse é apenas um ponto entre as numerosas interferências, e não é nada especial; vocês atravessaram as mais graves interferências. Alguns estudantes viram certa situação, isso também é a manifestação da salvação misericordiosa das multidões de vidas pelos discípulos do Dafa; isso é também simplesmente a manifestação do estado positivo e negativo de cada vida no caos durante a salvação das multidões de vidas por vocês. Se vocês quiserem salvar as multidões de vidas, não podem eliminar todas, mas é preciso ver quem pode ainda ser salvo. Neste processo as vidas manifestam comportamentos retos e negativos, isto também é algo que é inevitável durante a retificação do Fa. Frente às manifestações caóticas do lado negativo, não há necessidade de vacilar. Estude bem o Fa, faça as três coisas bem e e vocês terão tudo. Na realidade, as velhas forças, que já foram determinadas como demônios da retificação do Fa, estão sendo eliminadas. Com o Mestre e o Fa aqui, nada pode ser perturbado.

Li Hongzhi
19 de agosto de 2016