(Minghui.org) Meu nome é Lin Meili e eu sou uma praticante do Falun Dafa de Cingapura. Tenho praticado o Falun Gong por cinco anos e isso ajudou grandemente tanto minha mente como meu corpo. Abaixo vou contar sobre as mudanças que o cultivo no Falun Gong provocou em mim.

Antes de começar a praticar o Falun Gong eu sofria de muitas doenças, com dores de cabeça da enxaqueca, sendo a doença cardíaca a mais proeminente. Quando eu tinha crise do coração, a respiração ficava muito difícil. Eu podia sentir meu coração parando de bater, como se a minha vida tivesse chegado ao fim. Isso geralmente acontecia durante a noite e era excruciante. Quando a dor de cabeça vinha, doía tanto que eu tremia inteira e não conseguia dormir. Essas duas doenças me afligiram durante a maior parte da minha vida.

Desde que conheci o Falun Dafa em 1º de maio de 1995, venho praticando os exercícios todos os dias. Como eu não tive nenhuma escolaridade em toda a minha vida, eu não conseguia terminar uma frase completa do Zhuan Falun e muito menos compreendia os princípios básicos. Quando estudei o Fa na época com os companheiros praticantes, eu me lembrava de um caractere após o outro enquanto os ouvia. Foi bastante surpreendente que, depois de um ano, eu li o livro inteiro do Zhuan Falun. O Fa me deu sabedoria e agora eu também tenho um corpo muito saudável e pareço mais e mais jovem. Todas as minhas doenças do passado desapareceram.

Eu também gostaria de falar sobre as enormes mudanças no meu marido após o cultivo. Os pais do meu marido o tinham expulsado de casa quando ele era um adolescente porque ele não ia à escola, não ouvia os seus pais e havia se tornado um viciado em cigarro e álcool. Seus pais não foram capazes de educá-lo. Depois que nos casamos, seus velhos hábitos ainda continuaram e ele também estava propenso a se envolver em jogos de azar. Ele fumava de três a quatro maços de cigarros por dia. Eu tentei ajudá-lo de todas as maneiras para se livrar desses maus hábitos, mas nada funcionou. Ele era temperamental e, muitas vezes, brigava ou abusava verbalmente dos outros. Frequentemente ele também gritava comigo e, assim, nossos filhos tinham medo dele.

Depois que começamos a praticar o Falun Gong, eu mal podia acreditar como ele havia mudado para uma pessoa completamente nova. Ele rapidamente largou seu vício de 40 anos de tabagismo e tornou-se uma pessoa de bom coração e gentil. O Falun Gong tirou os maus hábitos dele em um período muito curto de tempo. Ele já não mais fumava cigarros, não jogava ou bebia álcool e não brigava nem abusava verbalmente dos outros. Ele realmente se tornou um bom pai e um bom marido. Nossos filhos diziam: "Papai mudou. Ele se transformou em uma pessoa diferente depois de aprender o Falun Gong”.

Nossa família tornou-se harmoniosa. O Falun Gong salvou nossa família. Sou grata ao nosso Mestre que me deu uma família feliz. Desde que a perseguição na China começou, os jornais em Cingapura têm relatado notícias da China. Eu sei que o Falun Gong é um caminho reto de cultivo. Considerando as mudanças positivas na nossa família, como o Falun Gong poderia não ser bom? O Mestre nos ensinou a sermos boas pessoas com elevados padrões morais e eu fui beneficiada pelo cultivo no Falun Dafa, então eu continuo a praticar. Eu distribuo material sobre o Falun Gong no meu caminho de ida e volta para o trabalho, para que mais pessoas possam saber a verdade sobre o Falun Gong e possam se beneficiar dele, como aconteceu comigo e com minha família.