Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

​[Celebração do Dia Mundial do Falun Dafa] Doença autoimune crônica resolvida

28 de Maio de 2021 |   Por um praticante do Falun Dafa na China

(Minghui.org) Tenho 70 anos de idade e pratico o Falun Dafa há vários anos. Tenho testemunhado muitos milagres do Falun Dafa e tive várias experiências comoventes. Gostaria de partilhar duas com vocês.

Uma bênção disfarçada

O meu filho tem uma amiga, a Sra. Xi. Um dia, em 2014, o meu filho disse-me que tinha esclerodermia, uma doença rara de pele, e que vinha para a nossa cidade para tratamento. Ela chegou nessa noite. O meu filho fez uma pesquisa na internet e disse-me que não existe tratamento eficaz para a doença. Ele planejou levá-la jantar nessa noite. Eu também a conhecia, por isso acompanhei o meu filho.

Fiquei chocada quando vi a Sra. Xi. Sempre lembrava dela como uma moça bonita de pele clara. Agora o seu rosto era negro-avermelhado e inchado. Quando ela falou, a sua expressão facial era rígida como se estivesse usando uma máscara. Mal a conseguia reconhecê-la.

Sentei-me ao seu lado no jantar e toquei sua mão. Era dura como o aço. Ela disse, emocional: "Fui diagnosticada com escleroderma, uma espécie de doença autoimune, e estou passando por tratamentos há seis meses. Já consultei médicos de medicina ocidental e chinesa e tomei inúmeros comprimidos. Nada tem ajudado.”

Quando soube que o maior médico especialista atuava na nossa cidade, ela pegou um avião com a sua mãe para consultar-se com ele.

Ela só tinha 30 anos na época e planejava casar-se quando, de repente, adoeceu. Pode-se imaginar o golpe que deve ter sido para ela e para a sua família. Devido a limitações de tempo, só pude falar brevemente sobre o Falun Dafa e os benefícios da prática para a saúde. Disse-lhe que, se ela pudesse sinceramente repetir: "Falun Dafa é bom, Verdade-Compaixão-Tolerância são boas”, isso certamente ajudaria a sua condição. Ela foi ao médico no dia seguinte e recebeu seis meses de medicação. Voltou imediatamente para casa com a sua mãe.

Seis meses mais tarde, ela voltou para receber mais medicamentos. Notei que o seu estado havia piorado. Ela disse: “Agora não consigo dobrar os braços e preciso de ajuda para me vestir e me despir.” Ela não conseguia fechar os punhos. Os seus dedos dos pés estavam inchados e exudavam um líquido. As articulações do seu corpo doíam e ela tinha dificuldade para andar. Perguntei a ela se havia tentado recitar a frase. Ela disse que tinha dúvidas a esse respeito. Eu compreendi. Como poderia alguém que foi educada desde a infância sobre a não existência de Deus e ensinada a acreditar apenas na ciência, acreditar que a sua doença poderia ser curada pela simples recitação de uma frase?

Tive pena dela. Expliquei pacientemente o que é o Falun Dafa e os seus benefícios para a saúde. Convidei-a a vir para minha casa para aprender os exercícios. Ela viu que eu queria sinceramente ajudá-la e concordou.

Mostrei-lhe pela primeira vez vários DVDs que explicavam sobre o Dafa e os benefícios da prática para a saúde. Ela ficou comovida. Ela disse: “Só percebi como o Falun Dafa é bom depois de ver esses materiais. O Partido Comunista Chinês não tem vergonha, recorrendo a mentiras para encontrar uma desculpa para perseguir a prática. Fomos enganados.”

Depois mostrei a gravação de exercícios do Mestre Li (o fundador do Falun Dafa) e ensinei os movimentos dos exercícios a ela. Embora ela nunca os tenha feito antes, conseguiu praticar os exercícios durante uma hora.

Notei que ela chorou sem parar enquanto praticava o segundo exercício. Perguntei sobre isso depois. Ela disse que perguntou silenciosamente ao Mestre Li: “Quero praticar o cultivo. Mas eu tenho tanto carma, será possível? Por favor, ajude-me, Mestre.” Ela viu o corpo do Mestre aparecer na frente dos seus olhos. Ela pensou: "É verdade, o Buda existe mesmo! O Mestre sabe todos os meus pensamentos!” Ela estava muito animada! As suas noções ateístas, doutrinadas pelo PCC, foram completamente ultrapassadas. Ela não conseguia parar de chorar.

A Sra. Xi ficou em minha casa durante duas semanas. A sua mãe telefonou muitas vezes a ela, pedindo urgentemente seu regresso para casa. Ela até mentiu e alegou que a sua avó estava gravemente doente e insistiu que ela regressasse imediatamente à casa. Senti que a sua mãe foi enganada pelas mentiras do PCC e ela teve medo que a sua filha fosse enganada.

Quando a Sra. Xi voltou para casa, já não precisava de ajuda para se vestir e conseguia andar normalmente. Os seus pais ficaram muito contentes com a sua transformação. A sua mãe telefonou-me e disse: “Obrigada! Xi está melhorando de dia a dia. Eu estava em dúvida antes, mas agora não posso deixar de acreditar que o Falun Dafa é bom.”

Xi disse-me que copiava à mão o Zhuan Falun (os principais ensinamentos do Falun Dafa) depois que voltou para casa. Ela pratica os exercícios e estuda o Fa todos os dias. Ela também lê artigos de outros praticantes no website Minghui e tem se beneficiado tremendamente. Ela aprendeu a olhar para dentro. Ela disse: “Perdi muitas vezes as estribeiras com os meus pais anteriormente e ressenti-me de todos à minha volta. Culpei os outros pela minha doença. Não sei no que me tornaria se não praticasse o Falun Dafa. De fato, a esclerodermia tem sido uma bênção disfarçada.”

Xi sent my son a video afterward. I saw that the black skin on her face was gone and she'd regained her past appearance. She told her classmates and friends about her recovery. Many people learned how extraordinary Dafa is. She said she will cultivate diligently and not disappoint Master.

Xi enviou depois um vídeo ao meu filho. Vi que a pele negra do seu rosto havia desaparecido e ela havia recuperado a sua aparência passada. Ela contou aos seus colegas de turma e amigos sobre a sua recuperação. Muitas pessoas aprenderam como o Dafa é extraordinário. Ela disse que iria cultivar diligentemente e não desapontar o Mestre.

Posso correr agora”

A minha colega tem uma filha chamada Jing, que está com cerca de 40 anos. A sua saúde não estava boa e ela ia frequentemente ao hospital. Consultou médicos chineses e ocidentais, submeteu-se à acupuntura, massagem e até tentou qigong para curar a sua doença. Ela ainda é solteira e a sua mãe é a sua única parente próxima.

Jing desenvolveu outra nova enfermidade em 2020. O seu corpo ficou inchado e, quando andava, era tão doloroso que só conseguia dar pequenos passos. Ela tinha febre alta de poucos em poucos dias, e disse que os seus pulmões estavam danificados. Ela foi consultar médicos chineses e ocidentais. Acabou por ficar tão mal que Jing não conseguia mais andar.

A sua mãe está envelhecendo e a sua saúde também está piorando. Outros familiares e amigos levaram Jing ao médico, empurrando-a numa cadeira de rodas. Depois de ter ido a muitos hospitais, os médicos concluíram que ela tinha doença do tecido conjuntivo. Segundo Jing, essa é uma doença autoimune e considerada incurável. Os doentes só podem contar com esteróides para algum alívio, mas os esteróides não podem impedir que a doença progrida para os órgãos. Nas fases posteriores da doença, o aparelho digestivo, pulmões, coração, rins e outros órgãos podem falhar.

Prescreveram a Jing uma grande quantidade de esteróides para manter a sua vida. Ela teve de tomar 10 comprimidos todos os dias. Os esteróides são extremamente prejudiciais a longo prazo e o seu corpo ficou inchado. O seu rosto estava inchado e não dava para reconhecê-la. Quem sabe quantas vezes a sua mãe chorou em segredo. A própria idosa teve muitos problemas de saúde provocados por longos períodos de ansiedade, e ela telefonava-me frequentemente para lamentar o seu destino.

Nunca deixei de contar tanto à mãe como à filha sobre o Falun Dafa. Dei-lhes muitos DVDs e outros materiais. Até lhes mostrei livros sobre os ensinamentos. Mas ambas disseram que só acreditavam na ciência e na medicina. Os médicos não conseguiram salvar Jing e desistiram de toda a esperança.

Perguntei novamente a Jing por que ela não praticava o Falun Dafa. Falei-lhe de Xi, que também sofria de uma doença autoimune, mas recuperou-se logo após a prática do Dafa. Jing ainda tinha dúvidas. Ela pediu-me para lhe dar o número de telefone de Xi e disse que queria perguntar a Xi pessoalmente.

Xi contou pacientemente a Jing sobre as mudanças que ocorreram nela depois de ter começado a praticar. Embora não estivesse totalmente convencida, Jing decidiu tentar. Eu dei-lhe o Zhuan Falun, as palestras gravadas do Mestre, e uma fita cassete com os exercícios. Dessa forma, Jing começou a praticar o Falun Dafa.

Quando Jing começou a praticar os exercícios, ela estava com tanta dor que não conseguia ficar parada. No entanto, ela rangeu os dentes e persistiu. Quando a dor era insuportável, ela tomou alguns comprimidos e continuou com os exercícios. Ela disse-me: “Eu bocejo, meu nariz escorre e estou coberta de suor cada vez que pratico os exercícios.” Eu assegurei-lhe que era uma coisa boa e que o Mestre estava ajustando o seu corpo.

Num curto espaço de tempo, Jing passou por uma grande transformação. O inchaço diminuiu e o seu corpo regressou ao normal. Ela disse: “Eu nunca transpirei quando estava doente. Agora, depois dos exercícios, sinto que todos os meus poros de suor estão abertos e o meu corpo está relaxado.” Agora Jing adora praticar os exercícios.

Os seus triglicérides eram altos no passado. Recentemente, ela fez um exame físico e soube que está tudo normal. Ela disse-me com prazer: “Não só posso andar, como agora posso correr! Também posso fazer quaisquer tarefas. Noutro dia, fui trabalhar o dia inteiro. Depois do trabalho, até lavei o meu carro. Isso era impossível no passado.”

Estou verdadeiramente feliz por Jing. Disse-lhe para estudar os ensinamentos do Falun Dafa com mais frequência e esforçar-se por melhorar o seu carácter. Jing passa muito tempo praticando os exercícios, mas não lê os ensinamentos com frequência. O Mestre já começou a tomar conta dela.

O Falun Dafa é uma forma virtuosa que cultiva tanto a mente como o corpo. O Dafa tem permitido muitos milagres médicos. As histórias de Xi e Jing são apenas dois exemplos.

Todos os artigos, gráficos, e conteúdos publicados em Minghui.org são protegidos por direitos de autor. A reprodução não comercial é permitida, mas requer atribuição com o título do artigo e um link para o artigo original.