Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Alemanha: praticantes ocidentais do Falun Dafa recordam suas experiências de cultivo e desejam ao Mestre um Feliz Ano Novo Chinês

18 de Fevereiro de 2021 |   Por um correspondente do Minghui na Alemanha

(Minghui.org) Os praticantes do Falun Dafa na Alemanha enviam saudações de Ano Novo chinês e a sua gratidão ao Mestre Li Hongzhi, o fundador do Falun Dafa. Quatro praticantes de diferentes profissões falaram das mudanças positivas que experimentaram depois de começarem a praticar e esperam que mais pessoas possam experimentar a beleza do Falun Dafa.

Os praticantes do Falun Dafa na Alemanha enviam as suas saudações de Ano Novo Chinês ao Mestre e expressam sua gratidão.

Andrea: tumor desaparece

Andrea deseja ao Mestre Li Hongzhi um Feliz Ano Novo Chinês!

Andrea encontrou o Falun Dafa quando tinha 30 anos de idade, em 1997. Ela trabalhava na área da educação e tinha um bom emprego. No entanto, a sua saúde não era boa e muitas vezes adoecia e tinha febre. Como resultado, tinha que tirar férias frequentemente do trabalho. Ela disse: "Sempre me senti muito mal pelos meus colegas que tinham de fazer o meu trabalho porque eu era incapaz de trabalhar. Nesta época, a minha mãe teve de vir fazer as refeições para mim, porque eu não conseguia cuidar de mim mesma".

Depois de uma praticante ter contado a Andrea sobre o Falun Dafa, ela praticou os exercícios por curiosidade, mas não perseverou.

Andrea foi mais tarde diagnosticada com um câncer terminal e os médicos prescreveram-lhe uma série de cirurgias. Após cada cirurgia, sentiu-se ainda pior. Ela disse: "Uma noite, tive um sonho e no meu sonho, estava com dois outros praticantes do Falun Dafa em Pequim. O Mestre veio até a mim e disse que eu tinha tomado o caminho errado. Assustada, acordei. Alguns dias mais tarde, o praticante que me falou do Falun Dafa lembrou-me de ler o Zhuan Falun. Vi a fotografia do Mestre quando abri o livro, fiquei chocada porque o Mestre apareceu da mesma maneira no meu sonho".

A partir daí, Andrea leu sinceramente o Fa e começou a ler artigos de compartilhamento de experiências no site Minghui. Ela também frequentou regularmente o estudo do Fa e foi ao local de exercício. Quando foi à sua próxima consulta médica, o médico disse que o seu tumor tinha desaparecido e que a cirurgia não era necessária. O seu médico ficou perplexo e depois de confirmar que o seu tumor tinha de fato desaparecido, disse a Andrea: "Não precisa voltar". Ela sabia que o Mestre a estava ajudando e que este era o poder do Dafa. Ela disse ao médico que este milagre tinha acontecido porque ela praticava Falun Dafa.

Andrea agora está cheia de energia e disse: "Espero que mais pessoas sejam capazes de experimentar a beleza e as maravilhas do Falun Dafa. Estou extremamente grata pela salvação compassiva do Mestre e respeitosamente desejo ao Mestre um Feliz Ano Novo Chinês".

Milena: Os sintomas da osteofitose desaparecem

Milena começou a praticar Falun Dafa em 2012 e espera que mais pessoas possam se beneficiar do cultivo no Falun Dafa.

Milena é proprietária de um salão de beleza em um bairro no centro de uma cidade há muitos anos. Um dia, no início de 2012, ela sentiu dor no braço esquerdo. Ela a ignorou, mas a dor rapidamente se tornou insuportável. Ela teve dores de cabeça insuportáveis e começou a tomar analgésicos. No entanto, nada funcionava e não conseguia dormir à noite.

A dor era tão forte que as suas mãos tremiam enquanto tentava trabalhar com os clientes, e após duas semanas não teve outra escolha senão fechar o seu salão de beleza.

Milena começou a consultar médicos diferentes e eles não conseguiam encontrar nada de errado. Sugeriram que ela fosse a um centro de reabilitação, mas a sua dor só piorou. Uma radiografia mostrou que ela tinha esporas ósseas (osteófitas) e que as suas articulações cervicais estavam se degenerando. Um médico disse-lhe que tomar medicamentos só iria aliviar temporariamente a dor, mas ela ainda precisava ser operada.

Ela começou a ter dúvidas sobre a medicina moderna e a ciência. Muitos dos chamados medicamentos eficazes não pareciam ajudá-la e cada médico tinha uma sugestão diferente para o tratamento.

Em desespero, Milena começou a refletir sobre o sentido da vida. Embora tenha feito cruzeiros de luxo, participado de reuniões de alto nível e tivesse muito dinheiro, nada parecia ter um valor verdadeiro. Em seu pior momento, ela conversou com um amigo que lhe contou sobre o Falun Dafa. Ela foi à Internet e começou a ler o Falun Zhuan e em 2012 começou a cultivar oficialmente.

A sua dor foi aliviada assim que começou a praticar o Falun Dafa, mas pareceu agravar-se dois meses depois. Ela disse: "Nessa época, compreendi que ter doenças e desconforto se deve ao seu próprio carma. Ao sofrer dificuldades, posso eliminar o meu carma e isto não é uma coisa má. Decidi não tomar qualquer medicação e persisti em estudar o Fa e praticar os exercícios todos os dias. Também dirigia centenas de quilômetros para participar de atividades para esclarecer a verdade. Durante este tempo não pensei muito em minha doença e, em alguns meses, percebi que não estava mais com dor. Falun Dafa é verdadeiramente espantoso!"

"Quero expressar a minha sincera gratidão pela salvação compassiva do Mestre e espero que mais pessoas possam aprender sobre o Falun Dafa. Obrigada Mestre! Desejo ao Mestre um Feliz Ano Novo Chinês!"

Richard: a minha insônia desapareceu

Richard deseja respeitosamente ao Mestre um Feliz Ano Novo Chinês!

Richard encontrou um grupo de praticantes em um parque em 2012. No início ele pensou que o Falun Dafa era apenas uma prática para relaxar a mente. Quando tomou conhecimento da perseguição em curso, apoiou muito os praticantes e anotou as informações de contato.

Richard trabalhava no sistema judicial e tinha de ficar muito concentrado. Desenvolveu insônia em 2012 e foi incapaz de dormir durante um mês. Estava exausto e tinha dificuldade em concentrar-se no trabalho. Quando um praticante do Falun Dafa soube da sua situação, sugeriu a Richard que lesse o Zhuan Falun e praticasse os exercícios. Ele disse: "Li a introdução ao Falun Dafa e uma noite antes de ir para a cama, tentei fazer o quinto exercício de meditação. Embora não conseguisse dobrar as pernas e fazer a posição de lótus completa, e o movimento das minhas mãos não fosse preciso, adormeci quase imediatamente nessa noite". Ele percebeu que o Falun Dafa era especial. Como tinha tirado alguns dias de folga do trabalho, teve muito tempo e terminou de ler o Zhuan Falun.

Os pais de Richard são católicos devotos. "Quando li o Zhuan Falun, muitas perguntas e dúvidas que eu tinha foram respondidas. O Zhuan Falun é muito profundo. Fiquei bastante intrigado e senti-me atraído por ele".

"Tenho praticado durante quase nove anos. Tornei-me também membro da Banda Tian Guo Europeia e estou muito feliz por esclarecer a verdade desta forma. Estou sinceramente grato pela salvação compassiva do Mestre e respeitosamente desejo ao Mestre um Feliz Ano Novo Chinês!"

Elke: Parar com o cigarro e o álcool

Elke deseja respeitosamente ao Mestre um Feliz Ano Novo Chinês!

Quando Elke leu pela primeira vez o Zhuan Falun há 20 anos, sentiu algo despertando do fundo do seu coração. "Senti uma nova vida e energia fluindo para mim. Embora ainda houvesse muito que eu não compreendia, senti-me protegida. Era como se eu tivesse voltado para casa depois de uma longa e árdua viagem no inverno rigoroso. Um fluxo de confiança e esperança iluminou a minha vida".

Elke estudou atentamente as palestras do Mestre e sentia um poder intangível a acompanhando. "Eu tinha um desejo em meu coração: Queria cultivar o Falun Dafa e respeitar os princípios Verdade, Compaixão, Tolerância." Queria tornar-me uma pessoa melhor e regressar ao meu eu original, verdadeiro".

Antes de começar a praticar o Falun Dafa, Elke tinha medo de quase tudo. Tinha medo de ficar doente, medo de perder entes queridos, medo de dirigir um carro, medo de fazer algo de errado, medo de ser o centro das atenções e medo de se socializar. "Uma vez, acordei de um sonho pedindo ajuda. Senti que estava presa em uma gaiola e me desesperei. Usei álcool e cigarros para encontrar uma saída. Até fui a sessões de terapia, mas nada ajudou".

Depois de ler o Zhuan Falun, Elke percebeu que, como praticante, não se deve beber nem fumar. Ela disse: "Não deixei de fumar e de beber álcool intencionalmente, aconteceu de forma muito natural. Fiquei surpresa ao ver como foi fácil. Agora vivo uma vida plena e tenho a minha própria paz interior".

"Estou verdadeiramente grata ao Mestre Li Hongzhi do fundo do meu coração."

Estes quatro praticantes do Falun Dafa da Alemanha expressaram a sua sincera gratidão ao Mestre Li Hongzhi por apresentar o Falun Dafa ao mundo e também pelo Zhuan Falun poder ser lido em muitas línguas diferentes. Durante estes tempos incertos, eles sentem-se ainda mais afortunados por serem praticantes do Falun Dafa.