Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Uma vez preso por 14 anos, um homem em Pequim recebe mais 5 anos por praticar o Falun Gong

27 de Janeiro de 2021 |   Por um correspondente do Minghui em Pequim, China

(Minghui.org) Um residente de Pequim foi recentemente condenado a cinco anos e multado em 10.000 yuans por causa de sua fé no Falun Gong, uma disciplina espiritual que tem sido perseguida pelo regime comunista chinês desde 1999.

Esta é a terceira vez que o Sr. Wang Zicheng é condenado. Anteriormente, ele cumpriu um total de 14 anos de prisão e tornou-se inválido devido a tortura que sofreu sob custódia.

A última prisão do Sr. Wang foi em 8 de junho de 2020, depois que a polícia suspeitou que ele distribuía materiais sobre o Falun Gong.

O Sr. Wang compareceu ao Tribunal Distrital de Pinggu em 11 de novembro de 2020. Sua filha e seu advogado se declararam inocentes em sua defesa.

Sua filha disse que Wang sofria de graves problemas de estômago desde a juventude. Ele estava muito fraco e muitas vezes tinha problemas para adormecer. Para melhorar sua saúde, ele iniciou a prática do Falun Gong e sua condição desapareceu gradualmente. Ele se esforçou para viver de acordo com os princípios do Falun Gong, "Verdade, Compaixão, Tolerância" e tornou-se otimista e com bom temperamento. Em casa, ele é um bom marido e ótimo pai. No trabalho, ele é um funcionário trabalhador que lida levemente com seus interesses pessoais. Ele sempre usa sua ação para dizer às pessoas do que realmente se trata o Falun Gong.

Sua filha disse: “Por todos esses anos, apesar de todas as pressões que meu pai enfrentou em casa ou na sociedade, ele perseverou em defender sua fé e aumentar a conscientização sobre a perseguição. Não importa o quanto ele sofreu, ele nunca abandonou a bondade e a consciência em seu coração. Ele não odeia aquelas pessoas que o torturaram porque sabe que essas pessoas são as verdadeiras vítimas da perseguição que, sem saber, ajudaram o regime brutal a cometer um crime."

“Nas últimas duas décadas, conforme eu crescia, a perseguição sempre foi um pesadelo para mim e para minha família. A perseguição prejudicou incontáveis praticantes do Falun Gong e destruiu muitas famílias felizes como a nossa. Quando meus pais foram presos por causa de sua fé no Falun Gong, meu irmão e eu não tínhamos apoio financeiro e quase nos matamos. Felizmente, um parente, mais tarde, nos deu uma mão e nos ajudou a suportar aquele período difícil. Depois que meu pai foi libertado, as autoridades suspenderam sua aposentadoria, deixando nossa família na miséria."

“Desde que eu era criança, meu pai sempre me ensinou a ser gentil e defender minha consciência. Não é fácil para mim ficar aqui e defendê-lo. Porém, preciso ter a coragem de falar por meu pai quando ele está sendo injustiçado. Também estou falando por aqueles que sofreram na perseguição, simplesmente por manter sua fé. Meu pai é inocente e todas as outras dezenas de milhares de praticantes do Falun Gong também são inocentes.”

Ela disse que foi errado Jiang Zemin, o ex-chefe do Partido Comunista Chinês, ordenar a perseguição ao Falun Gong. Ela pediu a todos os perpetradores que despertassem suas consciências e parassem de participar da perseguição.

Apesar de sua defesa, mais tarde o juiz ainda condenou o Sr. Wang a cinco anos de prisão.

Artigos relacionados em inglês:

Beijing Man Faces Fourth Prison Term for His Faith—Daughter Defends His Innocence

After Serving 14 Years for Practicing Falun Gong, Beijing Man Arrested Again for His Faith

Beijing Practitioner Still Detained Despite His Precarious Health Condition

Crimes Committed by Zhang Daming, Domestic Security Division Head in Pinggu, Beijing

Torture in Beijing Prison Results in Loss of Mobility for Mr. Wang Zicheng

Beijing: Family and Attorney Face Uphill Battle Demanding a Couple's Release

Wang Zicheng and His Wife Arrested Again After Eight Years of Imprisonment