Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Por que o coronavírus de Wuhan poupou a maior parte da minha família?

4 de Junho de 2020 |   Pelo correspondente do Minghui, Gong Xun

(Minghui.org) Há mais de 30 pessoas na minha família. Meus quatro familiares mais próximos vivem em Wuhan, na província de Hubei. Os outros moram na vila dos meus pais. Planejamos ir à sua vila para celebrar o Ano Novo Chinês em 25 de janeiro, mas não podíamos sair de casa devido ao bloqueio em Wuhan.

Mais de 20 outros membros de nossa família se reuniram na casa dos meus pais para jantar em 25 de janeiro. No dia seguinte, meu primo estava com febre e tosse. Ele pensou ter pegado um resfriado. Dois dias depois, ele não aguentou mais e foi para um hospital. Ele testou positivo para o coronavírus.

A esposa do meu primo me ligou quatro dias depois e me disse que meu primo havia sido hospitalizado. Liguei para ele imediatamente e perguntei como ele estava. Ele me disse que recebeu remédio, mas a febre não diminuiu.

Disse a ele que nenhum medicamento específico poderia curá-lo. Mas eu o confortei e disse que ele ficaria bem se ele recitasse duas frases: “Falun Dafa é bom. Verdade, Compaixão e Tolerância é bom.” Ele não se opôs à minha sugestão, mas também não a aceitou.

Algumas das mais de 30 pessoas da minha extensa família praticam o Falun Gong. A maioria dos outros apóia o Falun Gong e deixou de se associar ao Partido Comunista Chinês (PCC) e suas organizações afiliadas. Mas meu primo foi enganado pela propaganda do PCC e atacou o Falun Gong em público. Conversamos com ele muitas vezes, mas ele não parou de atacar o Falun Gong.

Liguei para ele novamente no dia seguinte e dei alguns exemplos de pessoas que haviam se recuperado de doenças graves depois de recitar “Falun Dafa é bom. Verdade, Compaixão e Tolerância é bom”. Ele repetiu as duas frases duas vezes e concordou em continuar por conta própria.

Liguei para ele novamente no dia seguinte. Ele me disse que sua febre havia desaparecido na noite anterior, depois que ele começou a recitar as duas frases. Ele disse que se sentiu revivido. Ele foi liberado do hospital pouco tempo depois.

A esposa do meu primo acredita no Falun Gong e disse que gosta de ler livros do Falun Gong porque aliviam o estresse dela. Ela também gosta de ouvir a Rádio Minghui e às vezes pratica a meditação sentada no Falun Gong.

Ela cuidou do marido enquanto ele estava no hospital. Ela estava em contato próximo com pacientes com coronavírus e ficou em quarentena por 14 dias antes de poder ir para casa. A vila não isolou nenhum outro membro próximo de sua família ou de nossa grande família.

Meu primo tem um filho e uma neta, que tiveram contato próximo com ele, mas não foram infectados pelo vírus. Nenhuma das outras vinte pessoas da nossa família adoeceu depois do jantar de Ano Novo com meu primo.

As pessoas na vila dos meus pais perguntaram por que o vírus não havia infectado nenhum outro membro da nossa família. Acreditamos que é porque praticamos o Falun Gong.

Informações gerais

O Falun Gong foi ensinado ao público pela primeira vez em 1992. No final dos anos 90 quase 100 milhões de pessoas em toda a China praticavam o Falun Gong depois de experimentar melhorias em sua saúde e caráter. Jiang Zemin, ex-chefe do PCC, percebeu a crescente popularidade da disciplina espiritual como uma ameaça à ideologia ateísta do PCC e emitiu uma ordem para perseguir o Falun Gong em 20 de julho de 1999.

O Minghui.org confirmou a morte de milhares de praticantes do Falun Gong nas perseguições nos últimos 21 anos, embora se suspeite que o número real de mortes seja muito maior. Muitas outras pessoas foram presas e torturadas por sua fé.

Um grande conjunto de evidências mostra que o PCC sancionou a extração de órgãos de prisioneiros de consciência detidos, assassinados para abastecer a crescente indústria de transplantes da China.

Sob a direção pessoal de Jiang, o PCC estabeleceu a Agência 610, uma organização extralegal de segurança com o poder de substituir os sistemas policial e judicial e cuja única função é realizar a perseguição ao Falun Gong.

A disseminação da pandemia de pneumonia de Wuhan foi exacerbada pela censura e desinformação do PCC. Muitos exemplos ao redor do mundo mostram que se distanciar do PCC mantém o vírus afastado. A história subjacente deste artigo demonstra esse fato em ação. Espero que pessoas, governos e nações de todo o mundo pensem nas decisões que tomaram e optem por se distanciar do PCC por um futuro seguro.