Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Minhas memórias mais preciosas

19 de Abril de 2019 |   Por um praticante do Falun Dafa do Nordeste da China

(Minghui.org) Tive a sorte de assistir a duas palestras do Fa do Mestre na China. Essas experiências foram tão maravilhosas que nunca as esquecerei.

Eu tive muitas doenças antes, incluindo dores de cabeça, anemia, asma, um problema no pescoço, neurastenia, insônia intratável e outras doenças. Eu aprendi vários tipos de qigong com a esperança de ser curada, mas nenhum deles funcionou.

Um dia, li um artigo de revista sobre o Falun Dafa. Eu fiquei curiosa sobre como o Mestre poderia dar um Falun para cada aluno. Poucos dias depois, uma senhora que praticava outro qigong comigo me convidou para ir a Changchun, na província de Jilin, para assistir à palestra do Fa do Mestre. Mas, o meu trabalho me manteve em casa.

Quando ela voltou, ela me trouxe uma cópia do Zhuan Falun, o livro principal do Falun Dafa. O livro abriu meus olhos e senti que o Falun Dafa era o que eu procurava.

Palestras do Fa em Jinan

Ela também me disse que as palestras do Fa do Mestre em Jinan começariam em 20 de junho de 1994.

Nós fomos para Jinan, província de Shandong. A equipe de registro ficou surpresa ao saber que viemos do Nordeste e nunca havíamos assistido a nenhuma das palestras do Mestre antes, pois o Mestre começou suas palestras sobre o Fa primeiro no Nordeste.

Algumas pessoas que participaram desta palestra assistiram às palestras do Mestre nove vezes. Também vimos pessoas de Taiwan e do Japão.

No primeiro dia, quando o Mestre chegou, fiquei muito animada. Ele era alto, bonito e gentil. Quando ele começou a palestra, eu fiquei ainda mais animada e pensei: “A voz dele soa tão familiar!”

Eu tentei lembrar de onde eu tinha ouvido essa voz antes. Mais tarde, outros praticantes me disseram: “Você não precisa tentar descobrir. Muitos praticantes têm o mesmo sentimento em sua primeira vez. O Mestre estabeleceu relacionamentos predestinados conosco várias vidas antes.”

Muitas pessoas vieram com toda a família ou com amigos ou colegas, assim como o Mestre disse:

“Aqueles que realmente têm uma relação predestinada e podem entender, virão um atrás do outro, entrando no Tao e obtendo o Fa.” (“Iluminação” em Essenciais para Avanço Adicional)

Houve aplausos estrondosos todos os dias quando o Mestre entrou no auditório. Então, ficava tão quieto que você podia ouvir todo mundo respirando. No entanto, adormeci algumas vezes e lamentei muito. Depois que o Mestre explicou que algumas pessoas dormem quando as doenças em suas cabeças estão sendo curadas, eu relaxei.

Desde então, eu nunca mais tive dor de cabeça.

Eu também tive diarreia após a palestra, assim como o Mestre mencionou quando falou sobre o que acontecia quando os corpos dos alunos eram purificados.

Após a realização de cada palestra, os alunos se reuniram para compartilhar suas experiências e histórias de coisas milagrosas que aconteceram nas outras palestras do Mestre sobre o Fa.

Foi um período tão memorável!

Quando as aulas terminaram, tiramos fotos de grupo com o Mestre por região. O Mestre disse: "As pessoas desta província estão prontas!" Os estudantes daquela província rapidamente ficaram juntos. O Mestre se juntou a elas para a foto e depois foi para o grupo da província seguinte. Foi muito impressionante ver milhares de pessoas rapidamente se organizarem em algumas dezenas de grupos em um tempo muito curto.

Muitos estudantes queriam seguir o Mestre para Dalian, província de Liaoning, onde o Mestre realizaria sua próxima série de palestras. O Mestre disse a eles que não continuassem a segui-lo, mas sim que voltassem para casa para iniciar o cultivo real. Muitos de nós então fomos para casa.

Palestras em Yanji

Em 20 de agosto de 1994, o Mestre ministrou palestras sobre o Fa em Yanji, Província de Jilin. Eu fui junto com alguns praticantes de nossa área.

O Mestre explicou que, às vezes, ao ensinar um Fa reto, haveria interferência demoníaca. Aconteceu desta vez. Havia um alto-falante perto do auditório e chuva forte.

Uma praticante que não tinha muito dinheiro trouxe pão caseiro para comer durante este tempo. O pão ficou mofado devido à umidade, mas ela ainda o comeu. Queríamos levá-la para fazer uma boa refeição. Ela recusou a nossa oferta, porque ela não queria pegar nada que não fosse dela.

A água inundou as ruas devido à chuva, incluindo a rua em frente ao nosso hotel. Mas isso não nos incomodou. Uma vez nós corremos por 40 minutos para a palestra.

A minha cunhada estava comigo, ela estava sofrendo por causa de um espírito obsessor e não conseguia andar muito. Ela teve que deixar o emprego para ficar em casa, apesar de ter apenas 30 anos.

"Cunhada", ela disse animadamente, "Estou totalmente bem agora! Eu posso correr por 40 minutos! O que devo fazer com os falsos deuses que eu adorava em casa?

“Jogue-os no lixo. O Mestre limpou seu corpo e seu ambiente.”

Ela assim o fez e recuperou sua saúde.

No final das palestras, pessoas de diferentes grupos étnicos presentearam o Mestre com flores. Os praticantes coreanos usavam suas roupas formais. Foi um grande evento.

Alguns milhares de estudantes foram para a estação de trem para ir para casa. Nós compramos ingressos caros que garantiram nossos lugares com antecedência.

A praticante do pão caseiro comprou um bilhete regular (sem garantia de um assento). Ela disse: “Eu sou uma pessoa mais feliz depois que pude ouvir as palestras do Fa do Mestre. Eu não preciso de um assento.”

Na estação de trem, um estranho veio até ela e lhe deu um bilhete com um assento designado. Ficamos todos maravilhados. Afinal, havia milhares de pessoas na estação de trem, mas o estranho a escolheu! Percebemos que ela havia sido recompensada por não se importar com seu conforto pessoal.

Como havia muitas pessoas na estação, nós apenas seguimos o fluxo, e muitas vezes fomos empurrados para frente. De repente, o meu relógio caiu. Mas estava tão cheio que eu não conseguia me curvar para pegá-lo.

Eu disse para mim mesma: “Tudo bem. Eu ouvi a palestra do Mestre novamente. Esse é o maior ganho para mim. Perder um relógio é uma coisa pequena”.

Mas depois, para minha surpresa, encontrei meu relógio na minha bolsa! Foi simplesmente incrível!

Uma senhora de Pequim nos disse que ela costumava ter problemas com o pescoço. Na palestra do Fa em Yanji, o seu pescoço se virou sozinho e fez um barulho. Então ficou tudo bem! Ela compartilhou seu lugar conosco.

Porque o Mestre estava limpando meu corpo, eu senti necessidade de ir ao banheiro no trem totalmente cheio.

Um praticante de engenharia sênior disse: “Você deve ser uma nova aluna. O Mestre está nos protegendo o tempo todo. Você não precisa se preocupar.”

Ele me disse que havia assistido às palestras do Mestre seis vezes. Uma vez ele teve uma febre de 40°, mas ele ainda assim foi trabalhar, e sua temperatura rapidamente voltou ao normal. Ele nos disse que, enquanto permanecermos calmos e não nos preocuparmos, poderemos passar facilmente por qualquer tribulação.

Surpreendentemente, eu não senti a necessidade de usar o banheiro durante as primeiras seis horas. Depois de quase todos terem saído do trem, fui ao banheiro.

Praticando o Dafa

Depois de voltar para casa, começamos um grupo de estudo do Fa e fomos para cidades próximas para contar às pessoas sobre o Falun Dafa. Muitas pessoas se juntaram a nós, incluindo funcionários do governo, policiais, professores, estudantes, médicos, trabalhadores e camponeses.

Agora estou com meus 70 anos, mas me sinto tão cheia de energia quanto uma pessoa jovem.

Sempre que recordo os dias em que assisti às palestras do Fa do Mestre, minha imensa gratidão ao Mestre traz lágrimas aos meus olhos.