Racionalidade

A epidemia, em essência, é um arranjo dos Deuses, é um fator inevitável no desenvolvimento da história. Quando o coração das pessoas fica ruim elas contraem carma, obtêm doenças e passam por calamidades. Nesse momento, as pessoas que não acreditam nos Deuses irão tomar certas medidas (em chinês se pronuncia “tsuo shi”). A pronúncia desse termo em si já está te dizendo: “tsuo shi” é uma implementação (“shi shi”) errada (“tsuo wu”). Houve várias lições positivas na história, mas é tudo por causa do pensamento ateísta que os chineses de hoje adquiriram após a lavagem cerebral do perverso partido comunista chinês, que faz as pessoas não acreditarem nos Deuses e nas lições da história.

Palestra sobre dança clássica chinesa da Fei Tian College

O que é a “dança clássica chinesa”? Vamos falar sobre seus fundamentos. Seus movimentos e poses (shen-fa)1 têm raízes antigas nas artes marciais e no fato de que o nome para artes marciais (wu, como em wu-shu) é pronunciado da mesma forma que a palavra dança (wu, como em wu-dao)2. Esse uso dual foi posto em prática pelo divino. Enquanto isso, o sentimento (shen-yun)3 dos movimentos de dança clássica chinesa vem principalmente dos movimentos tradicionais da ópera chinesa4. No início, a dança clássica chinesa era na verdade chamada de “dança operística”. Então, por que algumas pessoas dizem que a dança clássica chinesa é uma nova forma de dança criada pela Academia de Dança de Pequim? Os movimentos e poses (shen-fa) [que a Academia de Pequim ensina] realmente vêm das artes marciais e da ópera também. Mas, [no passado], a fim de tornar a dança apropriada para o ensino em uma escola de artes e para fazer com que pareça mais compatível com os conceitos modernos de como a dança deveria ser, a Academia de Pequim adotou alguns dos níveis de métodos de treinamento do balé para os fundamentos da dança. Quanto à parte dos saltos acrobáticos (tan-zi-gong)5 da dança clássica chinesa, esta é ainda mais enraizada nas várias formas de arte que tradicionalmente têm feito parte da cultura chinesa há milhares de anos. Para deixar claro, a Academia de Dança de Pequim não criou a dança clássica chinesa. O que ela criou é o termo “dança clássica chinesa”. Ela pegou o nome original, “dança operística chinesa”, e o mudou para “dança clássica chinesa”.

Artigos de hoje1 de Dezembro de 2019

Artigos do dia anterior   |   Ver arquivo

Índia: DAFOH é agraciada com o prêmio Madre Teresa Memorial por expor crimes da extração forçada de órgãos na China

Em 3 de novembro de 2019, o Dr. Torsten Trey, Diretor Executivo da ONG Médicos Contra a Extração Forçada de Órgãos (DAFOH), recebeu o prestigioso prêmio Madre Teresa Memorial for Justice Social 2019, num evento promovido pela Fundação Harmony em Taj Land's End, Mumbai.

Boston, Massachusetts: Orquestra Sinfônica do Shen Yun conclui a temporada de 2019

“Eu voei de Washington, D.C., especialmente para ver a Orquestra Sinfônica do Shen Yun. É a primeira vez que ouço a orquestra, apesar de já ter assistido o Shen Yun Performing Arts”, disse o Sr. Yang, que voltaria a Washington, D.C., em um voo pela manhã.

Taiwan e Japão: autoridades apoiam as renúncias ao Partido Comunista Chinês

Mais de 340 milhões de chineses deixaram de ser membros do Partido Comunista Chinês (PCC) e de suas organizações de jovens. Autoridades em outras partes da Ásia apoiaram abertamente o movimento, incluindo o legislador Wang Ding-yu, em Taiwan, que pediu ao povo chinês que se junte à onda de retirada do PCC.

Notícias recentes

© Copyright Minghui.org 1999-2020