Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

História de Sun Simiao: Medicina, prática de cultivo e virtude (Parte 4)

13 de Novembro de 2019 |  

(Minghui.org) (Continuação da Parte 3)

Sun Simiao é uma estrela brilhante na história da Medicina Tradicional Chinesa. As suas realizações foram comemoradas e admiradas por mais de 1.000 anos. O imperador Taizong da Dinastia Tang o elogiou uma vez:

“Abrindo um trilho e descortinando um caminho,

você é o principal mestre da medicina;

Ao prestar assistência aos seres divinos,

você equilibra yin e yang das quatro estações.

Ao guiar dragões e instruir tigres,

ajuda os necessitados e salva os que estão em perigo;

Grande e magnífico,

é um exemplo a seguir por mais de cem gerações”.

Cultivando a virtude para a sua própria saúde, Sun também ajudou a sociedade com medicamentos e não procurou fama ou interesse material. No seu livro, Qianjin Yaofang (Fórmulas Essenciais para Emergências que Valem Mil Peças de Ouro), ele enfatizou fortemente a importância de altos valores morais: “Um grande médico é dedicado e sincero.” Sun Simiao é um verdadeiro rei da medicina ao longo de todas as eras.

Abaixo estão dois exemplos em que as boas ações de Sun foram recompensadas.

Presente inesperado

Um dia, Sun estava andando por um pequeno caminho nas montanhas, quando viu um tigre à sua frente. Ele não tinha para onde fugir, então apenas ficou ali parado. Em vez de correr na sua direção, o tigre ajoelhou-se nas patas dianteiras e curvou-se para ele. Em seguida, abriu a boca como se quisesse mostrar-lhe algo.

O tigre estava muito magro e mostrava ações tão incomuns que Sun suspeitava que precisava de atenção médica. Ele moveu-se em direção à fera e viu que a garganta do tigre estava gravemente inchada. Após uma análise mais aprofundada, ele encontrou um pedaço de osso alojado entre os dois lados da garganta do tigre. Ele pegou uma barra de metal que tinha na sua bolsa médica para manter a mandíbula da fera aberta e impedir que ele o mordesse. Ele então alcançou a garganta do tigre para retirar o osso. Ele também removeu alguns músculos infetados no local onde o osso estava alojado e fez uso de algum medicamento. Então, Sun retirou a barra de metal da sua boca e o tigre fugiu.

Era uma montanha grande e Sun não viajou longe nem mesmo depois de meio dia de viagem. Enquanto ele continuava a andar, um tigre correu na sua direção. Antes que ele soubesse o que estava acontecendo, o tigre parou. Colocou algo que estava levando na sua boca no chão e baixou a cabeça algumas vezes, como se estivesse a cumprimentar Sun Simiao. O tigre então começou a afastar-se, mas olhou por cima do ombro depois de alguns passos. Sun pegou aquilo que o tigre tinha deixado cair e descobriu que era um creme de placenta de veado, um ingrediente raro e precioso para a medicina. Ele sabia que o tigre entendia o princípio de retribuir a gentileza.

Sobrevivendo a uma inundação

Noutra ocasião, Sun estava a andando por uma trilha quando começou a chover. Com um som alto, um dragão gigante apareceu no ar e caiu no chão à sua frente. Surpreso com essa cena, Sun viu o dragão abrir a boca na sua direção enquanto apontava para ele com uma garra.

A tempestade parou. Sun segurou a cabeça do dragão e olhou para dentro da sua boca. Ele viu um inchaço do tamanho de um pão cozido no vapor na garganta e estava infeccionada. Sun manteve a boca do dragão aberta com uma barra de metal e, usando uma faca, retirou a carne infeccionada. Ele então aplicou uma pomada antes de tirar a barra.

O dragão abriu e fechou a boca algumas vezes e claramente parecia sentir-se muito melhor. Ele acenou com a cabeça para Sun e voou para longe com a chegada de outra tempestade torrencial.

Mais de um mês tinha passado e Sun estava preparando para atravessar um rio. A água era clara e tinha apenas meio pé de profundidade, mas o rio tinha dois li (um quilômetro) de largura. Sun levantou as calças e começou a atravessar o rio descalço. Quando ele chegou na metade, uma inundação repentina começou a surgir na sua direção. A água escorria pelo rio como uma avalanche maciça descendo pela montanha. não havia tempo para escapar.

Sun ficou atordoado e não conseguiu se mexer. De repente, um barulho intenso veio do céu e um dragão enorme pousou rio acima, bloqueando a corrente de uma margem para outra. A água continuou a subir, mas não chegou mais perto. Sun mal teve tempo de alcançar a outra margem do rio.

Sun então olhou para a enorme represa formada pelo dragão e viu que a água era tão alta quanto uma montanha. Quando o dragão subiu acima da água, a enorme maré invadiu o rio. Sun passou a entender que, desde que ele tinha salvo o dragão anteriormente, o dragão agora o tinha resgatado.

(Continua)