Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

República Tcheca: Senado acolhe audiência pública sobre a perseguição ao Falun Gong

8 de Dezembro de 2018 |   Por um praticante do Falun Dafa na República Tcheca

(Minghui.org) Em 19 de novembro de 2018, foi realizada uma audiência pública sobre a perseguição ao Falun Gong (também conhecido como Falun Dafa) na China no Salão Zahán dentro do Valdštejnsky Palác. A audiência foi proposta pelo senador tcheco, Chaloupek, como o primeiro passo na elaboração de uma resolução.

A audiência foi realizada em resposta às 40 mil assinaturas enviadas à República Tcheca pela Associação do Falun Dafa em abril passado.

Audiência pública sobre a perseguição ao Falun Gong.

Os participantes da audiência incluíram a mídia, investigadores de tráfico de órgãos humanos, médicos especialistas em ética, um analista de economia, um membro do Comitê Tcheco de Helsinque, um representante do Ministério das Relações Exteriores e vítimas da perseguição na China.

Ethan Gutmann, um repórter americano e autor de "The Slaughter", apresentou seu relatório investigativo sobre a perseguição contra os praticantes do Falun Gong na China. Ele se concentrou no crime de extração de órgãos.

A Sra. Yumei Liu descreveu como foi detida e torturada na China porque pratica o Falun Dafa.

A representante, Haiyan Wang, da Organização Mundial para Investigar a Perseguição ao Falun Gong também testemunhou na audiência.

Investigador e repórter Ethan Gutmann.

A vitima de tortura, Sra. Yumei Liu (esquerda) e a Representante da Organização Mundial para Investigar a Perseguição ao Falun Gong Sra. Haiyan Wang.

O praticante tcheco do Falun Dafa, Milan Kajínek, falou sobre a perseguição desde o seu início até os desenvolvimentos mais recentes.

As pesquisadoras do Instituto Sinopsis, Kateřina Procházková e Anna Zádrafová, falaram sobre as violações dos direitos humanos na China em relação aos praticantes do Falun Gong e outros grupos minoritários.

Lukáš Kudláček, consultor financeiro e analista, falou sobre como a China usa o investimento estrangeiro para silenciar os países ocidentais de criticarem suas violações de direitos humanos.

Após os testemunhos e apresentações, os membros do Comitê Tcheco de Helsinque, Lucie Rybová e Monika Šimůnková, falaram para apoiar a redação da resolução.

Estiveram presentes também o ex-ministro das Relações Exteriores, Daniel Hermana, o senador Marek Hilšer, o eticista médico, Jan Payne, e o ativista, Jan Šinágl.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores, Dr. Lukáš Kaucký, disse aos participantes que a Europa deveria pressionar a China para melhorar sua situação de direitos humanos.

(À esquerda) O ex-ministro das Relações Exteriores, Daniel Hermana, membros do Comitê Tcheco de Helsinque, Lucie Rybová e Monika Šimůnková, e a repórter, Kateřina Procházková.