Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Como o Falun Gong beneficia a sociedade (Parte 4)

22 de Dezembro de 2018 |   Por um praticante do Falun Dafa na China

(Minghui.org) Continuação da Parte 3.

Todos os praticantes do Falun Gong (também conhecido como Falun Dafa) se beneficiaram física e mentalmente da prática de auto-cultivo. Aqueles que a praticam desfrutam de boa saúde e uma perspectiva positiva.

O Mestre Li Hongzhi, o fundador da prática, disse:

“Ao longo do curso dos meus ensinamentos sobre o Fae a prática de cultivo, tenho sido responsável perante a sociedade e os nossos estudantes. Os resultados obtidos têm sido bons e sua influência sobre toda a sociedade também tem sido muito boa.” (Zhuan Falun – Primeira Palestra – Genuinamente Guiando Pessoas para Níveis Elevados)

Os perfis abaixo mostram pessoas cujas vidas mudaram para melhor depois que começaram a praticar o Falun Dafa. Esperamos que eles ajudem a desmistificar a prática e beneficiar o leitor.

Especialista em petróleo que não aceita propinas

A Sra. Li é uma ex-engenheira sênior que trabalhava na China Petroleum Pipeline Bureau. Dada a sua perícia técnica, ela foi responsável por vários projetos e reconhecida com inúmeros prêmios por sua performance.

Antes de praticar o Falun Gong, a Sra. Li sofria de várias doenças, incluindo artrite reumatóide grave, doenças cardíacas, problemas renais, dores de estômago e problemas nervosos. Ela visitou muitos médicos, custando-lhe uma fortuna, mas não conseguiu encontrar uma cura. Seu sofrimento físico e mental estava além da descrição.

Pouco depois de começar a praticar o Falun Gong em dezembro de 1997, ela se recuperou de suas doenças. Ela não precisou mais recorrer a medicamentos para aliviar os sintomas da doença nos últimos 21 anos.

Além de sua recuperação de saúde, ela melhorou seu caráter seguindo os princípios de Verdade-Compaixão-Tolerância do Falun Gong.

Naquela época, o projeto pelo qual ela era responsável tinha um orçamento de várias centenas de milhares de yuans. Muitas pessoas considerariam esta uma oportunidade lucrativa para ganho pessoal, dada a oportunidade de propinas.

Como praticante do Falun Gong, no entanto, a Sra. Li era avessa a qualquer coisa que não fosse obtida através de um trabalho honesto. Impressionada com sua integridade, seu parceiro de negócios relatou isso ao supervisor da Sra. Li após a conclusão da construção. O supervisor também foi tocado porque esse comportamento raramente é visto na China moderna. Com um feedback positivo dos colegas e da administração, a Sra. Li recebeu o prêmio de funcionário exemplar no final de 1998.

Casal de comissários políticos experientes experimentou o poder do Falun Gong

A Sra. Li Yan é uma comissária política aposentada da cidade de Baoding, província de Hebei. Ela sofria de uma série de doenças antes de completar 40 anos. Entre elas, as mais dolorosas eram as lesões nas cordas vocais e uma infecção do trato urinário. O primeiro muitas vezes levou ao câncer de acordo com os médicos, então ela foi colocada em tratamentos conservadores em um hospital todos os dias. A última exigia que ela levasse remédio para todo lugar que fosse, para ser imediatamente tomado no início de qualquer sintoma.

Essa dor foi uma parte de sua vida por mais de 10 anos até que ela começou a praticar o Falun Gong no final de 1997. Ao fazer os exercícios e viver pelos princípios da Verdade-Compaixão-Tolerância, essas doenças desapareceram dentro de um período de seis meses. Ela realmente experimentou a felicidade de uma vida livre de doença.

Seu marido, o Sr. Chen Jiquan, trabalhou em um instituto de design. Ele sofria de pressão alta, diabetes, hérnia de disco lombar e doença de Alzheimer por muitos anos. Ele foi hospitalizado duas ou três vezes por ano, o que era bem conhecido em seu local de trabalho.

Vendo as mudanças dramáticas em sua esposa, o Sr. Chen decidiu tentar o Falun Gong. Pouco depois de começar, notou pus e sangue no banco. No entanto, não só não havia dor, ele se sentia mais enérgico. Isso o convenceu de que esses sintomas eram a purificação do corpo físico, conforme descrito nos ensinamentos do Falun Gong.

Exames de acompanhamento confirmaram a pressão arterial e o nível de açúcar no sangue de Chen quase normal. Surpreso com essa mudança, seu médico ficou interessado em aprender o Falun Gong. Testemunhando as mudanças positivas na Sra. Li e no Sr. Chen, seus amigos e parentes ficaram impressionados, e seus filhos deram muito apoio.

Um subdiretor de empresa

O Sr. Wang Zhengli é ex-vice-diretor da Autoridade de Água do Condado de Songming, na província de Yunnan. Devido à sua experiência técnica, ele recebeu vários prêmios de agências de sistemas hidrelétricos provinciais e nacionais.

Dadas as muitas doenças que sofreu, especialmente a pressão alta, o Sr. Wang muitas vezes desmaiou e perdeu a consciência. Após recomendações de muitos colegas, ele se juntou a eles na prática do Falun Gong. Dentro de uma semana, ele voltou a boa saúde. Embora tivesse dificuldade em subir escadas no passado, agora ele podia facilmente subir as escadas enquanto carregava um pesado balde de água.

O Sr. Wang aprendeu que o Falun Gong ensina alguém a ser uma pessoa melhor, o que o ajudou a ganhar uma nova perspectiva de vida. Os princípios do Falun Gong melhoraram muito sua moral. As pessoas em seu cargo frequentemente recebiam subornos ou aproveitavam outras oportunidades que os beneficiavam. Sendo um praticante do Falun Gong, o Sr. Wang se recusou a aceitar qualquer suborno. Sua ética de trabalho foi reconhecida pelos seus colegas de trabalho e pela administração, que lhe rendeu prêmios quase todos os anos.

Desabilitada por 23 anos, funcionária da ferrovia melhora

A Sra. Song Chunyuan é uma operária da ferrovia aposentada na província de Heilongjiang. Ela ficou incapacitada em um grande acidente há 43 anos. Em 16 de julho de 1975, quando Song, de 19 anos, estava andando com outros trabalhadores em um veículo motorizado, estava chovendo e a visibilidade era baixa. O veículo bateu em um trem em movimento, deixando 12 pessoas mortas. Song ficou gravemente ferida e entrou em coma. Ela foi diagnosticada com uma concussão, lesão na coluna, disfunção articular e problemas nos dois rins.

Desde então, Song tem ido a muitos hospitais para tratamento, incluindo a mudança para Xangai por seis anos para tratamento médico. Ela passou por várias cirurgias importantes e gastou mais de 100.000 yuans em despesas médicas. Seus problemas renais persistiram apesar do pesado fardo financeiro para sua família e seu local de trabalho.

Depois que seu local de trabalho parou de pagar contas médicas em 1992, ela foi forçada a deixar o hospital e voltou para casa. Ela ficou incapacitada, acamada e sua família teve que cuidar dela. Ela precisava de uma braçadeira de metal grosso em volta da parte inferior das costas, mesmo durante os dias quentes de verão. Ela teve dificuldade em se sentar e insuficiência renal, e não podia tomar medicação. A dor e o desespero eram difíceis de serem aceitos por sua família.

Suas amigas disseram a Sra. Song sobre o Falun Gong em 1992 e ela decidiu praticá-lo. Um mês depois, ela não precisava mais da órtese. As doenças anteriores, incluindo as causadas pelos acidentes de trânsito, haviam desaparecido.

Considerando-se uma praticante, Song segue os princípios da Verdade-Compaixão-Tolerância todos os dias, tornando sua vida produtiva. Seu temperamento mudou significativamente para melhor. Não só isso, ela muitas vezes se ofereceu para limpar o corredor do prédio ou escadas. As pessoas que a conheceram ficaram surpresas ao vê-la trabalhando novamente após 23 anos de incapacidade.

Proprietária da empresa: recuperação do câncer de cólon

A Sra. Wang Yufang, 55, é residente da cidade de Jiamusi, província de Heilongjiang. Ao visitar a cidade de Harbin para comprar mercadorias para seu negócio de roupas em 1998, de repente sentiu uma dor aguda no abdômen. Os médicos a diagnosticaram com câncer de cólon.

Ela estava em uma situação terrível. Seu marido havia falecido e ela tinha um filho de quatro anos para cuidar. A Sra. Wang visitou muitos médicos e experimentou a medicina chinesa, a medicina ocidental, juntamente com algumas práticas de qigong. Mas nenhum deles funcionou, deixando ela e seu filho chorando em lágrimas.

Sua tia contou a ela sobre o Falun Gong em dezembro de 1998. Ela começou a ler o Zhuan Falun, o principal livro do Falun Gong. Depois que ela terminou de ler o livro, os testes mostraram que ela havia se recuperado do câncer de cólon. Ela ficou muito grata porque não precisava mais se preocupar com o futuro de seu filho.

Após a perseguição contra o Falun Gong iniciada em 1999, Wang foi detida inúmeras vezes e condenada a trabalho forçado e prisão. Além de injeção forçada de drogas desconhecidas no Centro de Detenção de Jiamusi, em 2003, o que causou paralisia e perda de memória.

Depois de voltar para casa após sua libertação, Wang voltou a praticar o Falun Gong e recuperou rapidamente sua saúde. Seus parentes testemunharam seu retorno à boa saúde e foram muito gratos ao Falun Gong.

* * *

O Falun Gong foi apresentado ao público pelo Sr. Li Hongzhi em 1992. Com os princípios da Verdade-Compaixão-Tolerância e cinco conjuntos de exercícios fáceis de aprender, isso ajuda a melhorar a saúde física e a moral da pessoa. Cerca de 100 milhões de pessoas praticaram o Falun Gong antes que o Partido Comunista Chinês perseguisse essa prática de cultivo em 1999.

Mais de 19 anos depois da perseguição, em vez de serem eliminados pelo Partido, o Falun Gong floresce em mais de 100 países. Os ensinamentos do Falun Gong foram traduzidos para 39 idiomas. Os exercícios em grupo do Falun Gong são vistos em quase todos os principais países do mundo.

(Continua)

Reportagem relacionada (em inglês):

Quatro praticantes tentam distribuir informações expondo a perseguição aos Falun Gong, Sra. Song Chunyuan é ilegalmente detida novamente