Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Relembrando as aulas em Tianjin do Mestre na China

27 de Julho de 2016 |   Por um praticante de Tianjin

(Minghui.org) Toda vez que vejo a foto que tiramos com o Mestre, eu me lembro das aulas dele em Tianjin.

Um grande grupo de pessoas, incluindo membros das forças armadas, acadêmicos e estudantes universitários de Pequim, veio ao nosso hotel em 17 de janeiro de 1994. Todos pareciam muito gentis e pacíficos.

Na manhã seguinte, meu colega de trabalho me disse: "Esta noite você tem que vir com a gente para assistir a uma aula de qigong. Ele tem um efeito surpreendente na cura de doenças".

Eu nunca soube sobre cultivo ou qigong. Mas, por curiosidade, minha filha e eu fomos com os meus colegas de trabalho.

O Mestre ensinou durante duas horas de aula sem beber sequer um gole de água. No final, quando o Mestre ensinou os exercícios, ele foi para o público e corrigiu os movimentos dos praticantes.

Tivemos que voltar ao trabalho, por isso não houve tempo para tirar uma foto com o Mestre. Pedimos ao Mestre para passar algum tempo com a gente antes da aula da noite seguinte. Eu vi diferentes grupos de praticantes pedirem ao Mestre que tirasse fotos com eles, e eu senti que não deveria fazer isso. Apesar de tudo isso, o Mestre ainda sorria pacientemente.

No último dia das aulas, um senhor idoso subiu ao palco e presenteou o Mestre com uma bandeira de seda. Ajoelhou-se, e reverenciou o Mestre e expressou sua gratidão ao Mestre por curar seu câncer. O Mestre levantou com calma o homem da posição ajoelhada.

O Mestre foi para Tianjin uma segunda vez em 14 de março de 1994. Eu tive a sorte de obter um bilhete na primeira fila. Os praticantes aplaudiram com emoção e entusiasmo. O Mestre sorriu e fez o gesto de Heshi para nós.

O Mestre purificou os nossos corpos. Minha doença cardíaca, dores de cabeça, sinusite, faringite e insônia foram curados. Embora eu não pudesse ver o Fashen do Mestre, meu bom amigo que estava sentado ao meu lado disse: "Eu realmente posso vê-lo. Muitos Budas e Deuses estão no palco".

Além de ensinar as aulas, o Mestre tinha muitas entrevistas e programas de rádio para curar doenças para as pessoas. Eu escutei o Mestre no rádio. 

O primeiro ouvinte sortudo era um jovem. Sua cirurgia de hemorroida não teve sucesso e ele teve que lidar com sua dor de estômago todos os dias. Ele sofreu muito. O Mestre perguntou ao jovem para cooperar com ele e relaxar.

Não muito tempo depois, o homem gritou em voz alta no rádio. Ele gritou enquanto estava chorando: "Mestre, eu estou me recuperado agora! Já não dói! Obrigado! Estou reverenciando a você daqui!"

Os princípios do Fa do Mestre são profundos e ainda assim fáceis de entender. Eu tenho perseverado para seguir o Mestre e ser um verdadeiro discípulo, seguindo os princípios da "Verdade-Compaixão-Tolerância". Quando as pessoas no trabalho e em casa dizem que eu sou uma pessoa excepcional e feliz, digo-lhes que tudo foi dado pelo meu Mestre.

Todos nós devemos ser gratos ao nosso grande e benevolente Mestre!