Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Cabeleireira: da depressão à felicidade

13 de Abril de 2015 |   Por Jade, da província de Liaoning, China

(Minghui.org) Sou uma cabeleireira e, cada vez que meus clientes falavam sobre depressão e problemas associados, ou quando eu via a cobertura da mídia na China, que informava dezenas de milhões de pessoas que sofriam de depressão, eu tinha sentimentos mistos, porque eu era uma dessas pessoas. Felizmente, em 2009, eu tive a oportunidade de me livrar completamente da minha depressão e agora sou capaz de levar uma vida feliz.

Sofrendo de depressão

Há 10 anos meu marido, nossa filha e eu e deixamos a nossa cidade natal. Fomos para uma cidade grande centenas de quilômetros de distância. Para pagar a escola de nossa filha, eu abri um pequeno salão de cabeleireiro perto de nossa casa.

O negócio ia bem, mas a minha saúde não era boa. Eu ficava tonta, mesmo quando eu não fazia muitas coisas e eu não tinha energia. Muitas vezes eu tinha que fechar o salão e ir para casa para descansar. Eu estava sempre mal humorada e infeliz o tempo todo. Quando eu via outras pessoas sorrirem, eu ficava com inveja e também intrigada: por que eles estão tão felizes? Por que estou tão chateada? Eu mesma não queria mais viver.

No início eu pensei que era causado pelo estresse na minha vida. Mais tarde, fui várias vezes a um hospital e fui diagnosticada com depressão. Gastei um monte de dinheiro e vários anos se passaram, mas eu ainda não estava curada. Finalmente, fui me tratar no Hospital Shenyang 202 (um hospital militar) para melhorar minhas condições. Eu costumo tomar medicamento comprado naquele hospital.

Três anos se passaram e minha filha foi para a escola e, em seguida, para um colégio interno na nossa cidade natal. Em 2008, meu marido e eu fomos visitar minha mãe em seu aniversário. Ela também tinha se mudado para a mesma cidade que nós. Minha mãe disse: "Olha, você está sempre doente. Você não parece saudável. Agora, a sua filha não está mais vivendo em casa – vocês dois deveriam vir morar comigo.”

Meu marido concordou, mas eu não, porque eu sempre quis viver por mim mesma. Finalmente, decidimos nos mudar e viver com a minha mãe. Fechamos o salão de cabeleireiro e eu fiquei acamada. Minha doença piorou e eu fiquei mais deprimida e senti como se eu fosse entrar em colapso. Além de comer e ir ao banheiro, eu não saia do quarto.

Mamãe se recuperou da "neuralgia do trigêmeo"

Um dia, minha mãe teve outro ataque de neuralgia trigeminal (uma doença do nervo da face). Era tão dolorosa que ela ficava dando tapas no rosto, então a levamos para o hospital. O médico disse que ela precisava de uma cirurgia. Tínhamos uma consulta em 20 dias, além disso, tivemos que fazer um depósito de 10.000 yuanes. Minha mãe estava decepcionada. Ela disse: "Nós temos que esperar tanto tempo e não sabemos o quanto isso vai custar para ficar curado."

Depois de voltar para casa, minha mãe disse: "Mais de dez anos atrás, era popular em nossa cidade natal praticar o Falun Gong. Naquela época, eu li sobre uma pesquisa que a Administração Geral do Estado de Esporte tinha feito. Foi dito que mais de 90% das pessoas que praticavam o Falun Gong se recuperaram da doença. Na ocasião eu também aprendi o Falun Gong. Mas depois, quando o Partido Comunista Chinês (PCC) começou a perseguí-lo, eu parei. Eu ainda tenho o vídeo dos exercícios. Eu deveria continuar a praticar o Falun Gong.” Ela pegou a fita e começou a fazer os exercícios.

Meu marido disse: "Seria incrível se a sua doença pudesse ser curada." Minha mãe não tomou nenhum medicamento e a doença dela desapareceu. Nós dois, o meu marido e eu, pensamos que isso tinha sido um milagre. Pensei comigo mesma: os resultados da pesquisa do estado mostraram que "a eficácia do poder de cura e acertos físicos do Falun Gong chegava à marca alta de 98%”. Era real, mas o PCC ainda desacreditava o Falun Gong na televisão nacional.

Da depressão para à felicidade

Na primavera de 2009, eu me levantei e fui para a varanda da sala de estar para desfrutar do sol. Minha mãe estava ouvindo as fitas do Falun Gong. Eu me sentei lá e não me concentrei totalmente no que estava ouvindo, mas quanto mais eu ouvia, mais eu gostava. Falava-se sobre por que os seres humanos deviam ter um padrão moral, por que eles deveriam ser bons, a razão por trás das doenças, etc.

Sem perceber, eu escutei por um longo tempo. Mais tarde, minha mãe adquiriu uma cópia do Zhuan Falun. Segurando o livro em sua mão, ela me disse: "Você deveria primeiro ler este livro. E continuar lendo.”

Peguei o livro e voltei para o meu quarto, encostei-me à cabeceira da cama, e comecei a ler. Quanto mais eu lia, mais eu gostava de ler. Eu não queria abaixar o livro, e li durante várias horas. Enquanto eu lia eu murmurava para mim mesma: "Ah, como este livro é bem escrito!"

No passado, eu não conseguia ler nenhum livro e, muito menos, por horas. Eu sempre me sentia mal mesmo lendo apenas algumas linhas, porque eu ficava tonta. Eu não sei por que, mas eu me senti diferente quando li o Zhuan Falun.

Eu terminei de ler o livro inteiro em menos de dois dias. Durante esse tempo, eu pude dormir melhor do que antes e meu humor melhorou.

Antes de eu terminar de ler o livro, eu tive um sonho. Eu ouvi uma voz masculina dizer: "Eu sou a limpeza de seu cérebro. Você não será capaz de lidar com isso se eu fizer isso enquanto você estiver acordada.” Mais tarde, tive outro sonho. Uma enfermeira num vestido branco me disse: "Você vai se recuperar de sua depressão.” Ela repetiu isso três vezes. Quando acordei, percebi que o Mestre tinha começado a tomar conta de mim. Além disso, eu pude sentir que o Mestre estava preocupado que eu não pudesse ser capaz de compreender e, em seguida, deixou, deliberadamente, a figura de uma enfermeira me dizer que eu iria me recuperar da minha depressão. O Mestre realmente tinha a intenção de me iluminar!

Eu aprendi os cinco exercícios e continuei a ler o Zhuan Falun. Minha condição física melhorou significativamente. No início, eu percebi que eu ficava feliz às vezes, depois eu ficava feliz por várias horas durante o dia. Mais tarde, eu ficava feliz a manhã toda e, finalmente, eu ficava feliz durante todo o dia.

Quando meu marido chegou em casa depois do trabalho e percebeu que eu estava de bom humor, ele ficou feliz também. Assim, com a proteção da compaixão do nosso Mestre, eu me tornei saudável novamente. Eu voltei a trabalhar e levar uma vida normal, nossa família começou a rir de novo.

Eu reabri meu salão de cabeleireiro

Em 2010, eu reabri meu salão de cabeleireiro, o qual tinha ficado fechado por vários anos. Desta vez foi diferente, porque eu estava saudável e não ficava cansada trabalhando. Meu trabalho melhorou a cada dia, e conseguimos um grande negócio. Em 2012, compramos uma casa naquela cidade.

Meus clientes várias vezes diziam que eu parecia jovem para minha idade. Quando eu dizia a eles que a minha filha já tinha mais de 20 anos de idade, eles não podiam acreditar. Mais do que um cliente me disse: "Você tem uma boa postura e uma personalidade agradável. Você parece ser feliz e entusiasmada o tempo todo. Você está muito feliz todas as vezes que a vejo.”

Eles não sabiam que, se não tivesse sido pelo Falun Gong, eu não estaria assim.

Uma vez um cliente veio para fazer um corte de cabelo e um tratamento de óleo. Depois de cortar o cabelo, eu lhe perguntei: "Você quer o produto de boa qualidade ou o mais barato?" Ele quis o melhor. Quando fui pegar, eu percebi que eu não tinha o suficiente e lhe disse: "Eu não tenho o suficiente do produto de melhor qualidade. Eu vou comprar mais amanhã. Você pode vir amanhã à tarde?” Ele concordou e voltou novamente na tarde seguinte.

Poucos dias depois, um outro cliente me disse: "Um dos meus amigos fez um tratamento de óleo alguns dias atrás. Ele me contou o que você fez por ele. Hoje em dia, é muito difícil encontrar pessoas como você. Na verdade, ninguém teria notado se tivesse sido misturado produto inferior no produto de melhor qualidade.”

Eu sorri e naquele momento minha mãe falou para a esposa dele a verdade sobre o Falun Gong. Assim, ele entendeu a minha maneira de conduzir meu negócio. Alguns clientes apontaram para mim e disseram para outros clientes: "Ela é a única que não se concentra no dinheiro.” Isso era verdade, eu tinha realmente mudado, porque eu praticava o Falun Gong. Eu me tornei uma pessoa saudável, que considera os outros em primeiro lugar.