Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

O testemunho de um médico: ultrapassando o conhecimento existente e trilhando o caminho do cultivo

10 de Janeiro de 2015 |  

(Minghui.org) Sou um médico e estive envolvido na prática clínica por mais de vinte anos. Eu cumpri cinco anos de estudos formais em medicina ocidental e cinco anos de formação na medicina chinesa. Eu venho usando o conhecimento e as habilidades da medicina ocidental para tratar inúmeros pacientes em diversas especialidades como pediatria, medicina clinica, geriatria e outros. Minha prática médica me levou à descoberta de que, embora a medicina continue a melhorar e novos tratamentos continuem sendo desenvolvidos ou inventados, ainda existem inúmeras doenças que a cura não pode ser conquistada, como arteriosclerose, diabetes, vários tipos de câncer e outras doenças. Além disso, novas doenças estranhas, como a AIDS, a doença da vaca louca e similares continuam a surgir. Sendo um médico, sinto profundamente a dor dos pacientes, ainda que muitas vezes não possa oferecer nenhuma solução. "Qual é o significado de tantas doenças? Que método eu poderia empregar para resolver a causa do problema?" Eu procurava desesperadamente por respostas.

Embora eu seja um médico, não podia evitar adoecer. Quando tinha vinte anos, desenvolvi glaucoma e problemas com a minha vértebra cervical. Eu conhecia extremamente bem as consequências dessas doenças. Uma podia levar à cegueira e a outra à paralisia. Nos vinte anos seguintes, eu fiz uma extensa pesquisa para encontrar as causas e curas para estas doenças. Eu tentei vários tratamentos, no entanto nenhum deles resolveu o problema fundamental. Eu só pude contar com medicação e fisioterapia para aliviar os sintomas e controlar a sua progressão. Com o avanço da idade, continuei a desenvolver muitos novos problemas, como diarréia, gripe, tosse crônica e dor nas articulações. Como resultado, eu tive que contar com medicação. Como eu poderia me libertar de toda estas doenças e sofrimentos? Os seres humanos deveriam viver impotentes desde o nascimento, envelhecimento, doença e morte?

Em maio de 1995, um dos meus colegas me deu o livro Zhuan Falun, que contém os principais ensinamentos do Falun Dafa. Naquela noite, eu fiquei hipnotizado com as explicações amplas e profundas do livro. Como eu nunca tinha pensado em ultrapassar os argumentos da medicina para olhar sob uma outra perspectiva? Por que eu nunca tinha pensado em romper com as barreiras do conhecimento existente para reavaliar a humanidade e o universo?Segurando o livro nas minhas mãos, eu senti como se tivesse acabado de receber um tesouro inestimável e não poderia colocá-lo de lado. Eu li seis palestras de uma só vez. No final de maio, comecei a ler o livro intensamente pela segunda vez. Percebi que há um outro campo de conhecimento ainda mais amplo e mais elevado muito além do que eu tinha aprendido ao longo dos anos que eu só poderia obter mediante o cultivo no Falun Dafa. Eu li várias vezes e, reforçando meu entendimento, finalmente tomei o caminho de cultivo no final de junho. Aprendi também os cincos exercícios e segui os padrões de um praticante para melhorar meu caráter.

Por meio do cultivo, mudanças óbvias continuaram a ocorrer no meu corpo e muitas doenças desapareceram. Por causa do meu problema na vértebra cervical, no passado, eu tinha que usar luvas de algodão quando saia ao ar livre, caso contrário, se minhas mãos ficassem frias, eu iria perder o sono à noite, pois meus braços iriam ficar dormentes e extremamente doloridos. No inverno de 1995, quando a temperatura baixou para cerca de -10 ºC, não usava nenhuma luva ao ar livre e, mesmo assim, dormia como um bebê à noite, sem nenhum desconforto. Meu corpo era muito sensível ao calor e ao frio no passado. Eu não poderia sobreviver sem um ventilador no verão e tinha que colocar muitas camadas de roupa após uma ligeira queda na temperatura. Agora, depois de praticar o Falun Gong, já não sinto calor intenso do verão. Quando os outros estão suando em bicas eu, por outro lado, não transpiro muito. Durante o outono, quando todo mundo começava a colocar blusas eu ainda não sentia o frio. Além disso, meu corpo era também muito sensível às dores causadas pela fome. Eu me sentia fraco e tonto se perdesse uma única refeição. Agora, mesmo quando o meu trabalho se torna exigente e acho que não há tempo para comer, ainda estou cheio de energia.

Eu sou a prova de que uma pessoa se aproximando dos cinquenta, com um corpo cheio de doenças, pode passar por uma grande transformação na saúde por meio da prática do Falun Gong. Isso é algo que não pode ser explicado com o nosso conhecimento atual do corpo humano. Percebi, mediante a minha própria experiência de cultivo, que o que sabemos hoje é extremamente limitado e que o Falun Dafa é uma verdadeira ciência!