Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

​Documentário sobre extração de órgãos ganha melhor prêmio na categoria no Festival de Cinema de Hamilton, Canadá

14 de Novembro de 2014 |   Por um praticante do Falun Gong no Canadá

(Minghui.org) Davids and Goliath, um documentário sobre a extração de órgãos de praticantes do Falun Gong vivos na China, foi reconhecido como o melhor documentário no Festival de Cinema de Hamilton este ano. O evento, realizado de 3 a 9 de novembro de 2014, em Ontário, Canadá, atraiu 140 inscrições para filmes do mundo todo.

Nathan Fleet, diretor administrativo do Festival, elogiou o filme: "É um documentário fantástico realmente, incrivelmente triste e horripilante. Ele deixou uma boa impressão em todos nós que assistimos. Por isso, foi fácil selecioná-lo como o melhor documentário."

Uma cena de 'Davids e Goliah', melhor documentário no Festival de Cinema de Hamilton 2014

Davids and Goliath foca nos enormes esforços de David Matas, advogado de direitos humanos e David Kilgour, ex-membro do Parlamento e ex-secretário de Estado (Ásia-Pacífico). Ele também contém entrevistas pacientes que receberam órgãos transplantados na China.

Em março de 2006, duas testemunhas deram depoimentos contra Sujiatun, um campo de concentração secreto na cidade de Shenyang, província de Liaoning, por seu envolvimento na extração sistemática de órgãos de praticantes do Falun Gong vivos. Mais testemunhos vieram a tona posteriormente.

Matas e Kilgour conduziram investigações independentes e publicaram um relatório em julho de 2006. A pesquisa continuou conforme evidências adicionais tornaram-se disponíveis. A terceira versão do seu relatório foi publicado em 2009 com o título Bloody Harvest (Colheita Sangrenta).

Especialistas estimam que cerca de 65 mil praticantes do Falun Gong foram vítimas de extração de órgãos entre 2000 e 2008. Este dado foi apoiado pelo rápido aumento das cirurgias de transplante de órgãos que não poderia ser explicado se as fontes fossem os prisioneiros no corredor da morte na China.

A extração de órgãos se tornou uma prática sancionada pelo regime comunista pelos militares, tribunais e hospitais, que lucram matando prisioneiros do Falun Gong por demanda. A política da perseguição em todo o país fez possível tais operações sistemáticas na China, sem consequências legais.

State Organs (Órgãos do Estado), um livro compilado por Matas e outros especialistas neste campo e publicado em julho de 2012, explorou ainda mais a participação das instituições do regime chinês. Ao reunir autores de quatro continentes que compartilharam suas visões e insights sobre como combater estas atrocidades, este livro chamou a todos para acabar com esta "forma de mal que ainda está para ser vista neste planeta".

Os srs. Matas e Kilgour foram nomeados para o Prêmio Nobel da Paz em 2010 por sua extensa pesquisa e esforços consistentes no acompanhamento sobre a extração de órgãos de pessoas vivas.

O sr. Fleet disse: "Como muitas pessoas no filme, eu não pude acreditar que algo assim estivesse realmente acontecendo e deixar esse tipo de coisa seguir adiante.

"A quantidade, o número no filme é surpreendente ... um filme como esse precisa ser visto pelo público, para que mais pessoas estejam conscientes disso, sei que está acontecendo e como isso está acontecendo. Esse tipo de coisa precisa acabar", acrescentou.

Ele espera que o documentário possa inspirar mais "Davids" a trabalharem juntos para acabar com essa atrocidade.

Li Yunxiang, o diretor do documentário, disse que ouviu pela primeira vez sobre a extração forçada de órgãos em 2006. "Eu achei difícil de aceitar inicialmente porque ele desafiou a base moral da humanidade. Conforme o tempo passava, mais evidências foram sendo descobertas. Eu sabia que isso de fato existia."

Mais tarde, ele teve a ideia de fazer um documentário de conscientização.

"Exorto o público para assistir ao filme com calma, do começo ao fim", disse Li. "Pense sobre as provas apresentadas no filme e use o seu próprio julgamento."

Este documentário também foi inscrito no Viewster Online Film Festival. Ele agora está disponível para visualização gratuita no domínio do festival entre os dias 13 e 27 de novembro.