Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

[Celebração do Dia Mundial do Falun Dafa] Gráfica no Brasil recebe boa fortuna por apoiar o Falun Dafa

14 de Maio de 2019 |   Por uma praticante do Falun Dafa no Brasil

(Minghui.org) Eu estava pensando sobre o que escrever depois de ver o convite do Minghui para apresentações para Celebrar o Dia Mundial do Falun Dafa de 2019, e de repente pensei em uma gráfica em particular. Esta gráfica tem imprimido materiais relacionados ao Falun Dafa, incluindo folhetos, convites para exposições de arte, etc, por dez anos e teve grande crescimento após a impressão de materiais para nós.

Esta é uma história sobre como uma empresa expandiu seus negócios constantemente depois de apoiar o Falun Dafa.

Eu conheci o Sr. Aluyi há 10 anos em 2009, quando eu quis imprimir alguns cartões contendo as palavras “Falun Dafa é bom” e “Assimilar a Verdade-Compaixão-Tolerância”, então eu fui para essa gráfica. Seguindo a recomendação de um funcionário, entrei na minúscula sala de recepção do Sr. Aluyi, que tinha menos de quatro metros quadrados.

O Sr. Aluyi, um homem de aparência gentil, hesitou quando lhe contei sobre a arte que eu queria fazer no cartão. A razão era que, naquela época, ele tinha apenas três impressoras e uma máquina de cortar cartões de visita; ele não tinha máquinas específicas e especializadas que eram necessárias para fazer a arte que eu pedia. Além disso, os cartões que eu queria tinham uma borda curva, o que dificultava as coisas para ele.

Como eu não sabia nada sobre impressão, encorajei-o a tentar. Ele finalmente me disse para voltar uma semana depois para verificar sua amostra.

Quando o visitei recentemente para entrevistá-lo para este artigo, ele me contou o que havia acontecido naquela época.

“Este foi o primeiro projeto para mim naquela época. Passei três dias para criar manualmente o modelo que incluía as palavras chinesas. Realmente me levou muito esforço”, disse ele.

A partir desse momento, construímos um bom relacionamento. Ele apoiava muito os princípios universais “Verdade-Compaixão-Tolerância” e simpatizava com os praticantes do Falun Gong perseguidos pelo regime comunista chinês.

Quando enviamos materiais do Falun Gong para sua fábrica para impressão, seu negócio entrou em um estágio de rápido desenvolvimento: ele deixou de alugar um prédio de fábrica com apenas três impressoras e seu filho o ajudou a se mudar para um prédio de dois andares de quase 2 mil metros quadrados. Ele empregou 13 trabalhadores e designers, e adquiriu mais de 20 máquinas avançadas automáticas de produção de chapas e várias impressoras e máquinas de pós-processamento. Seu negócio tornou-se uma empresa de médio porte na indústria de impressão em nossa cidade e ele continua a fazer grandes investimentos anualmente.

O Sr. Aluyi disse: "Seguir a Verdade-Compaixão-Tolerância, ser uma boa pessoa, tratar cada cliente com gentileza e cuidar de cada trabalhador é minha filosofia de vida que não vou mudar".

“Comecei a imprimir cartões de visita em 1993 e, durante 16 anos, minha empresa foi um modelo de fábrica em estilo familiar, embora eu tivesse que trabalhar duro”, disse ele.

No entanto, depois de conhecer o Falun Dafa, sua fábrica se transformou em uma empresa de médio porte.

Ele disse: “Você sabe quantas fábricas que eram maiores do que a nossa tiveram que fechar? Deve ter sido a proteção dos seres divinos que me permitiu desenvolver o meu negócio até hoje!”

Os dois filhos de Aluyi agora são casados e têm seus próprios filhos. Eles assumiram a administração diária da fábrica enquanto Aluyi se aposentou. Como ele ainda está com boa saúde, ele adora andar pela fábrica todos os dias para ouvir os sons das máquinas de impressão. Ele também sente falta do cheiro da tinta e do papel.

Sr. Aluyi e seus dois filhos.

Os funcionários da fábrica ajudam uns aos outros como se fossem da família e fazem suas refeições juntos. Todos sentam à mesa para comer e conversar, e eu me juntava a eles sempre que ia para imprimir os materiais.

Os funcionários ficaram chocados ao saber como o regime comunista chinês restringe a liberdade de expressão, religião e crença. Eles também ficavam surpresos sobre a ocorrência frequente de vacinas tóxicas, leite em pó contaminado e alimentos venenosos na China. Eles não podiam acreditar que essas coisas aconteciam e disseram que o Brasil rejeitaria absolutamente o socialismo e o comunismo.

Os funcionários da fábrica se dão bem, e vivem em harmonia como família.

Há um membro da equipe chamado Carlos, que é responsável pelo design de arte e composição. Ele é humilde e gentil e aprendeu muito sobre o Falun Dafa. Quando ele soube da perseguição de muitos praticantes do Falun Dafa na China, ele quase chorou.

Ele disse: “Eles são apenas um grupo de pessoas que acreditam em Deus, e o Partido Comunista Chinês usa métodos tão malignos para persegui-los. Isso é algo que nunca foi visto na história! O povo chinês está realmente sofrendo!” Então ele me disse: “O Brasil é a sua casa, damos as boas vindas a vocês!”

Sempre pedi altos requisitos para os materiais que queria imprimir. Uma das razões foi devido a questões financeiras: todas as palavras e imagens tiveram que ser comprimidas para reduzir o número de páginas, o que dificultou a composição do material. No entanto, Carlos sempre fazia o possível para pensar pacientemente em maneiras de organizar o conteúdo profissionalmente.

Carlos tem uma filha linda que já se formou na faculdade e está trabalhando. Ele frequentemente diz à sua família para sempre lembrar dos princípios do universo “Verdade-Compaixão-Tolerância” para que os seres divinos os abençoem.

Carlos trata seu trabalho com seriedade e é gentil com os outros.

Todos na fábrica do Sr. Aluyi são muito gentis e apoiam o Falun Dafa, por isso são abençoados com uma família harmoniosa e uma boa carreira.

Espero que haja mais pessoas desse tipo neste mundo!

(Submissão para “Celebração do Dia Mundial do Falun Dafa” de 2019, no site Minghui)