(Minghui.org) Um homem de 63 anos na cidade de Shenyang morreu três semanas depois de cumprir sua prisão de três anos.

O sr. Lu Yuanfeng foi preso em 19 de novembro de 2014 depois de ter sido denunciado pela distribuição de materiais que expõem a perseguição do regime comunista chinês ao Falun Gong, uma disciplina espiritual baseada nos princípios de Verdade-Compaixão-Tolerância.

Rapidamente ele foi condenado a três anos de prisão. Os guardas da prisão de Benxi o espancaram, deram-lhe choques bastões elétricos e o forçaram a ficar agachado por longos períodos de tempo. Eles também negaram as visitas familiares.

O sr. Lu mais tarde teve um acidente vascular cerebral, mas a prisão se recusou a prestar atenção médica adequada. A família notou que ele estava com a fala comprometida e não conseguia andar bem quando o pegaram no dia 19 de novembro de 2017.

De repente, no dia 9 de dezembro, ele entrou em coma e morreu horas depois, apesar da ressuscitação de emergência.

Artigo relacionado:

Agricultor é preso por distribuir folhetos do Falun Gong