Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Após sessão de filme sobre extração de órgãos, especialistas em transplantes de Stanford clamam por mais consciência

17 de Dezembro de 2016 |   Por um praticante do Falun Gong na área da baía de San Francisco.

(Minghui.org) Em novembro de 2014, no Centro Internacional de Bechtel do campus da Universidade de Stanford, foi exibido o filme "Colheita Humana", documentário vencedor de prêmios sobre a horrível prática da extração de órgãos vitais de praticantes presos de Falun Gong, sancionada pelo governo da China. Vários especialistas em transplantes de órgãos participaram na exibição e declararam que mais pessoas precisavam tomar conhecimento disso.

A discussão após a exibição.

Fundador da Fundação Órgãos R Us (ORU): A extração forçada de órgãos existe, e ainda continua acontecendo.

Dr. Jeff Shapiro, fundador da Fundação Órgãos R Us e membro de Critical Care Medicine na Stanford Medicine, disse a um correspondente da mídia que as pessoas sentadas ao lado dele ficaram chocadas com a brutalidade revelada no documentário e não conseguiam acreditar. Mas ele acredita que a extração forçada de órgãos ainda esteja ocorrendo na China.

Como ex-assistente do falecido Norman E. Shumway, "Pai da Cirurgia de Transplantes Cardíaco”, o Dr. Shapiro trabalhou nessa área durante décadas. Ele afirmou que não só o povo americano precisava tomar conhecimento deste assunto, como o mundo inteiro também deveria saber.

Dr. Jeff Shapiro está familiarizado com o que está acontecendo na área dos transplantes de órgãos.

Professor de cirurgia carditorácica: este crime não deve continuar

O Dr. Thomas Burdon, professor de cirurgia cardiotorácica em Stanford, achou que apresentando os fatos sobre a extração de órgãos, o documentário prestou um grande serviço. Como cirurgião de transplantes cardíacos, ele estava bastante familiarizado com esses fatos. Ele trouxe sua esposa e filha para a exibição de modo que elas tivessem uma compreensão mais profunda dessa questão.

De acordo com o cirurgião de transplantes cardíacos, Dr. Burdon, a evidência de extração de órgãos é muito convincente.

O Dr. Burdon disse que este crime não deve continuar e encorajou os organizadores a realizarem mais exibições como esta para esclarecer o público.

Muitos na audiência expressaram o desejo de ajudar a divulgar a informação.

Bill Olsen, um engenheiro de computação aposentado, disse que contaria aos seus amigos sobre estes fatos e iria incentivá-los a passar a informação.

A Dra. Zhuang Huiyan, uma pesquisadora pós-doutorado da Stanford Medicine ficou chocada com a perseguição brutal ao Falun Gong. Ela disse: "Eu tinha ouvido falar da perseguição, mas não sabia que era tão grave. Eu também tinha ouvido falar de pessoas que viajavam para a China para transplantes de órgãos, mas não sabia que esses crimes horríveis estavam por detrás disso".