Falun Dafa Minghui.org www.minghui.org IMPRIMIR

Aviso

8 de Novembro de 2014 |   Conselho Editorial do Minghui

(Minghui.org) O cultivo no Falun Dafa enfatiza a elevação do xinxing e o esforço contínuo no esclarecimento da verdade. No entanto, algumas pessoas repetidamente incitaram rupturas internas. Por exemplo:

- Alguns compilaram e imprimiram artigos do Mestre Li Hongzhi e dos praticantes publicados no Minghui.org e inclusive os venderam para obter lucro.

- Alguns promoveram eletrônicos que possuem conteúdo que perturba o Fa. Um desses itens é vendido entre os praticantes de fora da China sob o nome de "Centro de Assistência Global para a Renúncia do Partido Comunista Chinês". O produto contém palestras em áudio do Mestre Li Hongzhi em Guangzhou, Dalian, e Jinan, nove palestras com tradução simultânea em inglês, música dos cinco exercícios do Falun Dafa (incluindo versões de comprimentos diferentes), canções do coral do Shen Yun, CD dos Nove Comentários sobre o Partido Comunista em chinês e inglês, clipes do esclarecimento da verdade gravados por praticantes individuais para locais turísticos, gravações de áudio dos esforços de esclarecimento da verdade em comunidades, canções e músicas compostas por praticantes do Dafa, artigos do Fahui da China no Minghui.org, o Informativo Semanal do Minghui e assim por diante. O produto foi vendido visando o lucro sob o nome de "pequeno rádio da verdade".

- Alguns fizeram livros eletrônicos usando livros do Dafa baixados do Minghui.org e FalunDafa.org, combinando-os com uma introdução do Falun Dafa, agruparam fotos dos grupos de exercícios dos praticantes, histórias de cultivo e outros conteúdos. O conteúdo foi colocado em sites de não praticantes, sem autorização, em nome do website do Falun Dafa. O conteúdo foi disponibilizado para download em nome de "espalhar o Falun Dafa".

- Alguns fizeram colares com o emblema do Falun para vender entre os praticantes visando o lucro.

Todos os itens acima são comportamentos que perturbam o Fa. Para aqueles que abertamente agiram contra os ensinamentos do Mestre e tentaram sabotar o Fa enquanto o Mestre está conduzindo pessoalmente o nosso cultivo, não importa quem eles sejam, eles serão medidos pelo Dafa.

Os discípulos do Dafa que genuinamente cultivam devem tratar o Fa como Mestre e racionalmente lidar com o nosso xinxing e comportamento. Não devemos participar de qualquer coisa que perturbe o Fa; devemos também tomar como nosso dever salvaguardar o Fa.

Se essas coisas que perturbam o Fa não forem completamente destruídas em tempo hábil, as pessoas em tempos posteriores não serão capazes de distinguir o que pertence ao Fa do Mestre Li Hongzhi. É também improvável que aqueles que participaram da sabotagem escapem do cerco das velhas forças.

Aqui, reiteramos aos cultivadores:

1. Não se deve fazer dinheiro entre os praticantes. Colocar seus pensamentos sobre como fazer dinheiro a partir dos praticantes sabota os recursos dos discípulos do Dafa, danifica os arranjos do Mestre e é um ato de ruptura.

2. Nos termos da lei de direitos de autor, ninguém está autorizado a reproduzir, publicar ou distribuir as palestras de áudio e vídeo do Mestre Li Hongzhi, livros, música dos exercícios do Falun Dafa ou as músicas Pudu e Jishi. Qualquer um que procura publicar e distribuir os trabalhos acima deve obter permissão do Mestre Li Hongzhi. Qualquer replicação não autorizada, publicação ou distribuição do conteúdo acima mencionado constitui violação dos direitos autorais e rompe com o Fa.

3. FalunDafa.org obteve permissão do Mestre Li para fornecer livros do Dafa e conteúdos de áudio/vídeo gratuitos para aqueles em meio à perseguição na China continental e às pessoas fora da China que não possuem versões impressas dos livros do Dafa. Quem quiser duplicar ou distribuir conteúdo do FalunDafa.org em outras mídias, como sites dos praticantes, deve obter permissão do FalunDafa.org. Não fazer isso constitui um ato de violação de direitos autorais.

4. Todas as criações do Shen Yun Performing Arts, artigos e músicas publicadas no Minghui.org possuem direitos do autor. O conteúdo não pode ser replicado, vendido, modificado ou ter os nomes dos autores mudados sem permissão.

O aviso foi dado.

Conselho Editorial do Minghui
6 de novembro de 2014