(Minghui.org) Algumas pessoas fora da China fazem e promovem livros eletrônicos em que os conteúdos da gravação das obras do Professor são lidos por uma voz feminina. Muitos praticantes ao redor do mundo têm comprado os livros eletrônicos, o que é absolutamente inaceitável. Enquanto ele não é a voz do Professor na gravação, não importa se a voz que está presente é gerada por computador ou de uma pessoa real, o som vai levar enorme carma dessa pessoa e a totalidade de seus pensamentos. Praticantes absolutamente não podem usar isso para estudar o Fa, ou pior ainda, fazê-lo circular. Os praticantes em todo o mundo devem se lembrar de não comprar este tipo de livro eletrônico. Aqueles que já compraram esses livros devem devolvê-los. As pessoas que produziram tais livros eletrônicos devem reaver todos. Elas devem receber de volta todos esses livros que venderam, de modo a desfazer o dano. Os verdadeiros discípulos que estudam o Fa com a mente calma, como o Professor nos pede para fazer, sabem a exigência do Professor para estudar o Fa sem precisar de um lembrete. Eles também sabem quando algo equivale a danificar o Fa e conhecem as consequências de fazê-lo.

Para Dafa “permanecer inalterado para sempre", é responsabilidade de cada praticante a se manter com as normas rigorosas. Precisamos respeitar o formato de cultivo que o Professor nos deu. Existe uma grande variedade de tecnologias modernas e alguns praticantes têm um forte apego ao querer criar novas coisas, de modo a ser diferente. Mas muitas vezes esquecemos das instruções do Professor. Por exemplo, por uma

questão de conveniência ou para poupar esforço, eles colocam o conteúdo do Dafa em determinados dispositivos eletrônicos ou encontram alguém para ler artigos do Dafa e gravá-los. Estudar o Fa assim se torna mais conveniente e é preciso menos esforço, mas é realmente mais eficaz? O que isso significa no contexto de preservar o Dafa? Se mudarmos o formato de cultivo um pouco hoje e um pouco amanhã, com o tempo, vamos ter alterado o formato de cultivo que o Professor estabeleceu para nós. Para estudar o Fa é necessário ouvir as gravações das palestras do Professor ou ler livros do professor por nós mesmos. Em algumas circunstâncias incomuns, tais como quando um praticante é analfabeto ou tem visão ruim, essa pessoa deve ler junto com outros praticantes e progredir para ser capaz de ler de forma independente.

Desde 1992, em 17 curtos anos, muitas pessoas têm involuntariamente adicionado coisas ao Dafa e tantos outros têm os seguido cegamente.Vamos considerar isso cuidadosamente. Se não tomarmos cuidado com essas coisas, o que será deste formato de cultivo 10 mil anos a partir de agora? Alguém poderia fazer um robô ensinar os exercícios, com esta pessoa, com certeza, sendo um demônio. A razão pela qual o budismo desapareceu da Índia é que as gerações posteriores continuaram a adicionar suas próprias coisas a ele, gradualmente alteraram essa disciplina. Algumas pessoas gostam de vir com coisas novas e ser diferentes, ao invés de seguir os requisitos do Fa com o devido rigor.

Quando alguém prejudica o Dafa, como poderia ele ou ela pagar por esse pecado? O cultivo é sério. Se essas pessoas não pararem antes que seja tarde demais e desfizerem o dano que causaram, as consequências serão inimaginavelmente horríveis.

Quaisquer gravações de áudio das palestras do Fa devem usar a própria voz do Professor, uma vez que é o Fa. Só então o Dafa será puro. Fora da China, mesmo as gravações de áudio com tradução em inglês têm a voz do Professor em conjunto com a narração em inglês. Dessa forma, o praticante que narra está apenas traduzindo a palestra do Professor e não lendo o Fa para os outros. Ninguém pode misturar a sua própria voz em gravações de áudio de palestras do Dafa. Qualquer um que o faz

espalha seu próprio carma enquanto danifica o Fa e interfere com os praticantes no estudo do Fa.

O Professor nos disse há muito tempo:

“Vocês precisam estar claros que a forma de prática de cultivo que eu lhes deixo nunca poderá ser alterada. Não façam nada que eu não faço e não usem nada que eu não uso. No cultivo vocês devem dizer as coisas sempre como eu as digo. Prestem atenção! Alterações inadvertidas do Fa Buda o estarão danificando da mesma forma!

Também quero lhes dizer que a sua natureza no passado estava, na verdade, baseada no egoísmo e interesse pessoal. De agora em diante, qualquer coisa que vocês façam, deverão primeiro ter consideração para com os outros, para que assim você obtenha a correta Iluminação do desinteresse e altruísmo. Então, de agora em diante, o que quer que você faça ou o que quer que diga, você precisa considerar os outros – ou até as gerações futuras – junto com a eterna estabilidade do Dafa!”("Não omissão na natureza Buda", Essenciais para maior avanço)

“Cada passo que eu, Li Hongzhi, tomo é para estabelecer uma forma imutável e inalterável para a transmissão do Dafa nas gerações futuras. Um Fa tão enorme não vai acabar depois de um momento de popularidade. Não pode haver o mínimo de desvio nos incontáveis anos por vir. Salvaguardar o Dafa com sua própria conduta é sempre a responsabilidade dos discípulos do Dafa, pois o Dafa pertence a todos os seres conscientes do universo e isso inclui você." ("Estabilidade do Fa", Essenciais para maior avanço)

Os praticantes que lidam com os sites locais do Dafa devem considerar a publicação de um link para o conteúdo das palestras de Dafa para www.falundafa.org (ao invés de postar esse conteúdo por conta própria). Dessa forma, você pode evitar problemas, como ter palavras que faltam em todos os livros que você postar, caracteres que aparecem de forma incorreta devido às configurações dos sites, erros de digitação, desatualizações e assim por diante.

Há também pessoas que cortam as gravações das palestras do Professor em pequenos trechos e as colocam em sites de multimídia de pessoas comuns e blogs pessoais. Isso equivale a citar o Professor fora de contexto, e é altamente desrespeitoso. Se alguém coloca as palavras das palestras do Professor num site sem permissão é, em termos comuns, uma grave violação de direitos autorais. Da perspectiva de um cultivador é, de

fato, uma ruptura com o cultivo dos praticantes e interferência das pessoas que obtiverem o Fa. Pode-se imaginar o quão sério é o pecado.

Não prejudiquem o Fa por uma questão de conveniência e um desejo de ser diferente e parem de se arruinar e prejudicar os outros. O Dafa e o estudo do Fa são extremamente sérios, questões solenes. Certamente, com respeito a tais coisas você não pode simplesmente fazer o que quiser.


Comentário do Mestre:

“Os discípulos do Dafa não devem deixar que pensamentos humanos guiem suas ações. Ninguém é capaz de romper o Fa, desse modo, qualquer comportamento que serve como interferência pode ser apenas uma mancha sobre o seu próprio cultivo. Para alguém que cultiva, falhar por um longo tempo em passar por uma prova ou fazer coisas más depois de tomar [o caminho do] cultivo se tornará uma maciça e imponente barreira entre você e a linha de chegada. E como, então, você vai lidar com isso?”

Li Hongzhi
13 de novembro de 2009