Ensinando o Fa na Reunião Sobre a Criação da Música

Li Hongzhi

21 de julho de 2003 – Washington DC, EUA

A maioria de nossos discípulos do Dafa está validando o Dafa. Eles estão transitando seus próprios caminhos no cultivo, utilizando seus talentos especiais e também aquilo que aprenderam. Todos os níveis sociais e as diferentes ocupações na sociedade humana podem servir como marco para o cultivo, para esclarecer a verdade e para salvar seres conscientes durante esta perversa perseguição que o malévolo Partido leva adiante através de caminhos malvados. Validar o Dafa e provar a si mesmo é exatamente isto: manter os pensamentos retos e as ações retas enquanto estão sob a pressão da maldade. Aqueles com habilidades especiais nas artes podem abrir um caminho para validar o Fa . Alguns estudantes que não conseguiram dar um passo adiante anteriormente, hoje, estão aqui e isto é excelente. Naturalmente, há alguns que ficaram para trás devido à pressão das circunstâncias. Perceber isto e recomeçar é ser responsável por si mesmo.

Muitos de nossos estudantes não atravessaram a colossal catástrofe que foi a revolução cultural, pois ainda eram muito jovens naquele tempo. Então, mediante a pressão das duras e sinistras circunstâncias e da atual perseguição aos discípulos do Dafa, eles foram afetados psicologicamente. Eles nunca passaram por algo assim e, de repente, tiveram sobre eles, condições opressivas como estas, conduzindo-os a enorme pressão psicológica. Com este tipo de repressão e perseguição – que utiliza todas as capacidades do governo para mentir, difamar e incriminar, além de utilizar todos os meios ditatoriais e de propaganda do malvado Partido – houve realmente alguns estudantes mais novos, que nunca passaram por algo assim, e outros que não foram suficientemente diligentes no estudo do Fa, que não souberam o que fazer naquele momento. Alguns, inclusive, se tornaram completamente passivos, e alguns começaram a viver completamente entre as pessoas comuns. Como o número de pessoas que havia recebido o Dafa era enorme, os estudantes que atuaram dessa forma não foram poucos. Entretanto, para a maioria dos discípulos do Dafa, o Dafa já havia criado raízes em suas vidas durante o cultivo, e pedir a eles que deixassem o Dafa, sendo vidas que obtiveram o Fa, seria o mesmo que pedir para deixarem de ter esperança em suas vidas, seria o mesmo que não ter futuro, eles verdadeiramente não podiam se separar do Dafa. Quanto aos estudantes que se tornaram passivos, na realidade, isto foi provocado por uma confusão efêmera, mesmo que alguns estivessem muito confusos. (O Mestre ri). No entanto, seja qual for o caso, enquanto puderem perceber e regressar, tudo estará bem. Seja qual for a situação, a perseguição ainda não terminou, e há oportunidades para regressar ao caminho do cultivo e fazer as coisas que um discípulo do Dafa deve fazer. Então, isto será considerado apenas uma prova no cultivo que não passaram bem, e vocês devem caminhar bem o caminho de agora em diante. Não agiu bem no passado, porém, não se sinta agoniado, na realidade, isto ocorreu porque não levou a sério o estudo do Fa, e como você se cultiva entre as pessoas comuns, sob tais circunstâncias, o coração de medo o levou a ficar para trás em relação ao estado de cultivo dos discípulos do Dafa, e com o tempo abriu uma brecha em seu entendimento do Fa. Porém, não fique ansioso, pois com o tempo, gradualmente alcançará o nível certo mediante o estudo do Fa. Quanto aos demais estudantes, vocês devem ajudar este tipo de estudante. Sejam compreensivos com ele. Todos vocês, discípulos do Dafa, devem trabalhar juntos e cooperar bem.

Há um requisito no cultivo dos discípulos do Dafa, e este é que vocês devem salvar seres conscientes e validar o Fa. Desde o início da perseguição, vocês têm feito um excelente trabalho em grupo. Cada um tem aproveitado seus talentos especiais e habilidades distintas para validar o Dafa, e isto inclui utilizar as formas de cultura. Certamente, no que se refere a utilizar as artes, se querem ter bons resultados, devem fazer um bom trabalho de música e de arte cênica. Com certeza, se estamos falando de música e dança, necessitamos ter estudantes com aptidões especiais nesta área. Então, vejamos se podemos fazer isto. Realmente, temos pessoas com estes talentos. Passemos agora ao tema da criação artística.

Se vocês querem compor uma boa música e reunir trabalhos excelentes de artes, realmente necessitam ter ideias. Melhorar a qualidade de suas representações, incluindo aquelas para a TV, requer esforços coletivos. No presente momento, pessoas assim, talentosas, são muito poucas entre os nossos estudantes fora da China continental. Entre os estudantes na China continental há pessoas de todo tipo e talento, e não seria nenhum problema reunir quantas companhias artísticas precisássemos. Porém, fora da China continental, isto é muito difícil de fazer. Então, necessitam pensar em uma solução para isto. Eu tive uma ideia. Vocês têm observado como os programas da Nova Dinastia Tang TV têm se conduzido de forma cada vez melhor, porém, em muitos aspectos, ainda há coisas a melhorar. Seus programas de música e de representação ainda não são muito ricos. É preciso fazer alguma coisa para que a audiência não ache os seus programas monótonos. Então, devem pensar em uma forma de fazer com que seus programas atraiam mais telespectadores. Se vocês querem melhorar ainda mais no esclarecimento da verdade, devem ter muitos telespectadores, e isto significa que vocês devem se ajustar ao gosto do público em geral. Somente desta forma vocês poderão ser mais eficientes no esclarecimento da verdade. Por isso, devem trabalhar juntos e pensarem em uma maneira de realizar isto. Então, depende de vocês analisarem a melhor maneira de alcançar este objetivo, isto é, fazer com que seus trabalhos tenham um conteúdo mais rico e um nível mais alto, sejam eles referentes a uma representação ou a cada um de seus programas de TV. Sentem e discutam isso um pouco. Quem tiver uma ideia, fale sobre ela, e poderemos ver no que ela resulta.

No momento, há muitas dificuldades. Uma é a parte financeira, a outra é ter poucas pessoas com talentos especiais, sobretudo, profissionais com habilidades específicas. Estes são os desafios fundamentais que enfrentamos, e são os mais difíceis. Porém, a meu ver, antes de qualquer coisa, vocês são discípulos do Dafa, e quando se trata de validar o Fa e salvar seres conscientes, façam as coisas com firmeza, façam da melhor forma possível. Como nossos recursos são limitados, penso que devemos aproveitar ao máximo os recursos que temos.

Tenho outra ideia, este ano, o canal de TV poderá apresentar um evento do Ano Novo? Os programas chineses de TV da América ou de outros lugares do mundo não têm um ambiente adequado para apresentar algo de boa qualidade ligado ao Ano Novo, então, podemos aproveitar a oportunidade quando chegar a época do Ano Novo. Vocês podem comprovar isto vendo os espetáculos do Ano Novo na TV da China continental. Muita gente a chama de: “TV desastrosa”. Com a rígida cultura do partido, e essas fórmulas estereotipadas, tais espetáculos exaltam de forma ridícula o perverso Partido como sendo “grande, glorioso e correto”. O “grande estado das coisas”, que o Partido invariavelmente tem improvisado durante décadas, tinha como objetivo enganar de forma tosca o povo chinês. Então, que tal vocês criarem um programa cultural livre da cultura do Partido, livre de brincadeiras vulgares e grosseiras, algo que verdadeiramente pertença à humanidade? No mínimo, vocês estarão dando à audiência principal da Nova Dinastia Tang TV um espetáculo mais satisfatório para desfrutar, além do que, isto ajudará toda programação do canal. Apesar de ser pequeno o número de pessoas talentosas, isto não significa que não tenhamos capacidade. Na realidade, tenho observado que várias de suas apresentações são muito boas. No momento, o que mais nos faz falta são pessoas que possam compor e fazer arranjos musicais; os arranjos são muito monótonos em algumas das apresentações. Entretanto, temos pessoas que podem fazer isto. É só uma questão de reunir os discípulos do Dafa que possuem essas habilidades.

Estas são as coisas principais. Vamos discutir juntos sobre elas. Na realidade, vocês mesmos devem cuidar disto. Estas coisas são muito específicas, e normalmente opto por não falar de coisas específicas. Quando os discípulos do Dafa realizam uma reunião, querem que o Mestre venha e diga algumas palavras e, desta vez, isto tem a ver com a abertura de um caminho para o cultivo no campo das artes, tem a ver com a salvação dos seres conscientes e com a validação do Dafa; então, também quis dizer algumas palavras para ajudá-los a compreenderem mais claramente sobre a importância das coisas que fazem na validação do Fa. Na realidade, vocês têm feito muito bem neste período de tempo recente, porém, precisamos fazer as coisas em uma escala maior. Devem ser capazes de trabalhar e melhorar juntos; a força de vocês deve ser maior; o conteúdo dos trabalhos que criam ainda pode melhorar. Isto é o que penso. A reunião já havia começado antes de minha chegada, então continuem. (Mestre ri).

Pergunta : Mestre, posso pedir um conselho?

Mestre : Sim.

Pergunta : Tenho um velho amigo que toca órgão e piano, e também compõe. Eu o conheço bem; ele não gosta do jeito que as coisas estão na China. Eu queria convidá-lo para vir para cá, e a primeira coisa que faria quando ele chegasse aqui seria esclarecer a verdade a ele.

Mestre : Na realidade, faz um tempo que pensei sobre a ideia que está mencionando. Os estudantes na China continental têm os meios para formar quantas companhias artísticas precisarem, e não seria nenhum problema reuni-las em grande escala; inclusive poderia ser formada uma grande orquestra sinfônica. Porém, fora da China, as condições não são estas. Bom, de qualquer forma, uma ideia e só uma ideia, e se é ou não conveniente convidá-lo, é algo que precisa pensar bem. A função que ele deve cumprir depois de chegar aqui deve ser realista. Sua atitude para com o Falun Gong certamente não será nenhum problema, uma vez que a verdade for esclarecida. Só posso dizer que tente e veja o resultado.

Pergunta : Penso que nos faltam pessoas talentosas com relação à composição de músicas.

Mestre : Falando sobre compor músicas, na realidade, entre vocês há um grande número de pessoas, e é possível que haja mais ainda do que estes aqui presentes. Neste momento, a meu ver, compor música não é na realidade um grande problema. O desafio está em como fazer os arranjos.

Pergunta : Entre as pessoas comuns há muitas pessoas que possuem um grande talento com relação aos arranjos musicais. Podemos convidá-las para que nos ajudem?

Mestre : É uma ideia, podem tentar.

Pergunta : Sinto-me muito envergonhado em estar sentado aqui hoje em frente ao Mestre. Ontem, no Fahui, minhas lágrimas caíam como chuva, pois eu estava me especializando em compor e fazer arranjos musicais, porém, desisti disso quando a perseguição começou. Não tenho sido firme durante todo este tempo, e durante todo este tempo não fui capaz de deixar minhas coisas pessoais. Peço ao Mestre que me perdoe. A partir de hoje melhorarei, a partir de hoje, darei o passo adiante. (Aplausos). Tenho uma idéia para o grande concerto Tang. Na Inglaterra, há pessoas que se especializaram em investigar a antiga música Tang, além de reunirem algumas partituras de algumas músicas Tang. Estou pensando que poderíamos escrever algumas partituras com base na música Tang para serem utilizadas na parte clássica do concerto.

Mestre : Vocês podem perguntar sobre por que sempre falo da cultura da dinastia Tang. A cultura Tang é a verdadeira cultura humana, e é o seu ponto mais alto; seu apogeu. Seja com relação ao artesanato ou à cultura que o povo tinha, tudo estava em seu apogeu. As coisas começaram a decair logo depois da dinastia Tang. Certamente, vocês têm observado que algumas coisas eram muito boas nos tempos de Ming e Qing, porém, na realidade, elas já haviam decaído ao comum, e todas as pessoas dedicadas à literatura ou ao artesanato, focavam suas atenções em detalhes triviais. Suas mentes se tornaram muito pequenas – direcionadas excessivamente aos detalhes – e já não tinham o ar grandioso nem as finas e delicadas artes dos tempos Tang. No entanto, sem importar em que época, vocês podem procurar essas coisas para a criação do cenário. Entretanto, vocês devem se assegurar que seja integrada a isso os traços da cultura que o Dafa deve deixar à humanidade, abrindo um caminho reto deixado pelos discípulos do Dafa à humanidade. Não é que vocês devam somente copiar as coisas dos tempos Tang. Vocês podem recorrer à cultura da dinastia Tang ou qualquer outra dinastia; quanto à música, vocês podem fazer que o estilo e o tom tenham algo de antigo, e também podem criar coisas que aproveitem ao máximo as características do povo chinês.

Pergunta : Olá Mestre! Muitas vezes tenho dúvidas na hora de fazer arranjos musicais; por exemplo, quando trabalho com músicas para crianças, tenho a sensação de alegria. No entanto, escrevi duas canções que se parecem a jazz, eu pergunto se é bom fazer isto.

Mestre : Música contemporânea ou música antiga, não importa o caso, vocês necessitam transitar seus próprios caminhos tendo como base os seus entendimentos como discípulos do Dafa . Por que falo desta maneira? Porque qualquer pessoa neste mundo, por maiores que sejam suas habilidades, por maiores que sejam seus dotes naturais, se você lhe pedir que transite um caminho puro e limpo, ela não conseguirá. Ter meramente uma técnica superior ou uma habilidade mestra não é o suficiente. Os discípulos do Dafa têm se tornado muito puros no processo de cultivar a si mesmos e validar o Fa ; seus reinos mentais ou a maneira de observarem as coisas são diferentes das pessoas comuns, por isso, vocês são capazes de alcançar isto; são realmente capazes de conduzirem o homem moderno a um caminho verdadeiramente feito para humanos, então, vocês podem fazer esta diferença e estabelecerem a base para a humanidade. Como já disse, a estação de TV, seu jornal, estação de rádio, etc., todos parecem estar enfrentando muitos desafios. Porém, lentamente todos estes desafios serão resolvidos. O importante e crucial é dar à humanidade uma boa forma de cultura. Vocês verão que as pessoas do futuro os seguirão em cada um dos aspectos; seguirão tudo o que os discípulos do Dafa estão fazendo. Isto mais tarde, se converterá na cultura principal da futura raça humana. O crucial é saber se são ou não capazes de produzir coisas boas. Se vocês puderem estabelecer as coisas essenciais, as pessoas do futuro as estudarão, assim, o que fazem e as coisas que produzem são extremamente importantes. O comum, o antigo, o moderno – se precisarmos, podemos recorrer a eles. Porém, definitivamente necessitam criar coisas retas, serem responsáveis para com as pessoas (Mestre ri). Relaxem, não estou dizendo que devem fazer coisas extremamente difíceis. Na realidade, as coisas que normalmente produzem já são diferentes das coisas das pessoas comuns e, se levarem em conta suas habilidades, essas coisas realmente não são comuns.

Como disse, seja a música Tang, música contemporânea ou qualquer outra, se vocês conseguirem integrar os pontos fortes destas coisas enquanto produzem suas próprias criações, é garantido que serão diferentes das coisas das pessoas comuns. Isto porque seus reinos e o significado interno que vocês carregam das coisas assegurarão que o significado interno das músicas que vocês criarem seja diferente. Porém, há uma coisa: se vocês puderem encontrar uma forma de melhorarem ainda mais as bases da música, e fazê-lo bem, então, verdadeiramente estarão na direção certa.

Pergunta : Mestre, eu recebi educação em música ocidental, no entanto, agora, muitas vezes trabalho com músicas chinesas. O que pensa sobre combinar música ocidental com música chinesa?

Mestre : Não há problema em se fazer isso, e pode recorrer a qualquer uma delas. A chave está em abrir o caminho para isso. Por exemplo; falemos sobre o assunto relativo aos arranjos musicais. Na antiga China, as pessoas não eram muito exigentes no que se referia aos arranjos musicais. Naquela época, o que faziam era basicamente tocar juntos e, no máximo, tinham instrumentos diferentes tocando as partes principais. Então, não prestavam muita atenção ao arranjo musical. O conceito de arranjo musical que temos hoje em dia, na realidade, veio da cultura ocidental, e é fundamentalmente algo dado ao homem pelos Deuses. É uma das melhores coisas deste ciclo de civilização humana, e é bom para a humanidade.

Pergunta : Mestre, a diferença entre a música clássica chinesa e a música clássica ocidental é enorme. Que tipo de diferença há entre elas nos Céus?

Mestre : Antes do renascimento, os instrumentos musicais e a música em si eram muito simples no ocidente. Depois do Renascimento, a música ocidental, gradualmente, alcançou seu ápice e, em um instante, as artes da cultura humana deram um gigantesco salto avante. O contraste entre este período e as artes culturais que o homem tinha antes é dramático. Ao falar das músicas nos Céus, certamente, há muitas variedades que são formadas pelas características do estado de diferentes vidas. A música ocidental de hoje, seja na utilização dos arranjos e nos instrumentos musicais ou com relação às características próprias dos instrumentos, sua teoria musical se desenvolveu em um sistema complexo e difícil de se estudar, e não pode ser comparada com a música que o homem tinha originalmente. No mundo humano, a música ocidental é vista como um sistema completo; algo que os Deuses transmitiram intencionalmente ao homem em tempos recentes. A música oriental é um tipo de cultura normal que os Deuses continuamente passaram ao homem durante o processo de estabelecer uma história cultural à humanidade. Então, as discrepâncias não estão somente nas duas culturas – ocidental e oriental –, elas são coisas vindas de múltiplos sistemas cósmicos. Há infinitos sistemas cósmicos, e cada um desses sistemas tem suas características próprias e únicas, e estas são extremamente sistemáticas, extremamente sagradas e místicas. Então, o que temos aqui, não é nada mais do que aquilo que os Deuses transmitiram aos homens, algo que possa ser expresso utilizando os meios humanos. Isto inclui as artes e a pintura. O homem só conhece a pintura a óleo, a pintura tradicional chinesa, etc, quando, na verdade, isto não é nada mais que resquícios da cultura das vidas em níveis mais altos nos múltiplos sistemas e transmitidos pelos Deuses desses vários sistemas. Em outras palavras, a raça amarela corresponde a um determinado sistema cósmico, desde os Deuses de diferentes níveis até o Deus mais alto, e neste sistema há um estado em que estabelecem suas próprias características. O mesmo ocorre com os brancos: eles também têm seu sistema cósmico correspondente. E cada um desses sistemas possui as características e formas de existência de diferentes vidas, as quais, quando expressas no mundo humano, se manifestam nas características das diferentes culturas das diferentes raças. É por esta razão que há diferenças em seus instrumentos musicais e também nas características e estilos musicais. Entretanto, o sistema de música presente no ocidente nos tempos modernos, incluindo seus instrumentos, tampouco é algo encontrado nos reinos celestiais dos Deuses da raça branca, e sim pertence a um sistema cósmico longínquo, e foi transmitido somente à sociedade ocidental; também foi trazido aqui para o Fa . A cultura humana adotada para o período da retificação do Fa é para este nível de vidas, algo extremamente rico.

Pergunta : Olá Mestre! Sou um estudante especializado em jazz (o público ri). Às vezes, me pergunto se há algo que eu possa fazer.

Mestre : Isto é o que penso. Agora, estamos na etapa em que os discípulos do Dafa se cultivam em meio à validação do Fa , e ainda não estamos na etapa em que o Fa retifica o mundo humano. Então, como você se cultiva na sociedade humana comum, você precisa comer, o que significa que precisa trabalhar. Alguns trabalhos não são muito apropriados, porém, o que fazer? Estou dizendo que não há problema algum em vocês se adaptarem ao máximo às coisas na sociedade humana comum quando for algo ligado ao trabalho. Muitas coisas na sociedade humana realmente não são boas, porém, a sociedade humana é justamente assim no momento atual, e todas as pessoas do mundo aceitam isto. A sociedade é assim. Antes da retificação do Fa no mundo humano, o estado da humanidade se manterá dessa forma e a deixaremos assim. Então, vocês podem realizar seus trabalhos como faziam antes, porém, durante o cultivo, vocês devem saber claramente quais coisas são retas e quais não são. Então, se você diz que estudou essas coisas, bem, então tem conhecimento de teoria musical e certo talento musical, você domina esse conhecimento. Então, com esta base musical pode ganhar a vida, usar o que aprendeu em forma de trabalho; faça o melhor que puder e tudo estará bem. Ao mesmo tempo, você pode produzir músicas mais retas e tradicionais, e, se tiver possibilidade, pode estudar algumas coisas que considera que são retas. Na realidade, sem importar o quanto estude, a forma em que se expressam as notas musicais é meramente uma questão de estilo, enquanto que o conhecimento da teoria musical é o mesmo para todos os estilos.

Pergunta : Desde que a equipe musical se formou, tenho enfrentado barreiras o tempo todo, seja no arranjo ou na composição, ou seja, há falta de qualidade nas coisas que escrevo ou nos arranjos que ajudo os outros a realizar. No entanto, parece que todos têm feito todo o possível, e o conhecimento de todos foram colocados em prática. Realmente não sei como atravessar esta fase e melhorar ainda mais (o público ri).

Mestre : Se você está me perguntando, não penso que este seja necessariamente o problema. Na realidade, eu tenho ouvido a música que você toca. Se vamos falar de qualidade, não acho que o problema seja a baixa qualidade. O mais importante é que as criações musicais sejam tradicionais e que todos gostem, assim podemos abrir um caminho reto. Por acaso, as pessoas comuns não dizem que as canções precisam ser bonitas? No momento em que você a canta, as pessoas ao seu lado devem querer aprendê-la e serem capazes de cantá-la. Em outras palavras, é questão de como podem fazê-las cada vez mais retas e adequadas ao gosto das pessoas. De fato, para falar claramente sobre o resultado das coisas criadas pelos discípulos do Dafa , digo que a qualidade não é o problema, o ponto chave está em abrir o seu próprio caminho.

Pergunta : A China basicamente não tem música desde 1949; no momento em que as pessoas comuns abrem suas bocas para cantar, o que sai de suas bocas são canções da cultura do Partido, e isto inclui ambas: a letra e a música. Agora, recorrendo ao poder do Dafa neste tempo oportuno, temos esta oportunidade. Sinto que a música que nossos estudantes têm criado até agora tende a ter uma beleza gentil e ser muito serena, porém lhes falta uma sensação de serem gloriosas ou majestosas.

Mestre : Das palavras que usou para descrever, há uma que realmente está bem utilizada, e é a palavra: “serenidade” (O público ri). As pessoas são excessivamente apaixonadas ou intensamente combativas, e estes não são os estados normais do ser humano. É realmente algo que surge sob os efeitos da natureza demoníaca. O bem e o mal coexistem em uma pessoa, assim que quando uma pessoa está muito estimulada, ou quando atua fora dos limites racionais, isto, na maioria das vezes, vêm da música moderna. Quando uma pessoa é irracional e está agonizando por algo, quando se coloca de forma selvagem e perde a razão, isto de fato, tem a ver com as coisas de sua parte negativa que estão sendo estimuladas. Agora, ao contrário disto, o estado de serenidade é benevolente e, de fato, é o verdadeiro estado de um ser humano. Dentro da serenidade, há altos e baixos, porém, é tudo completamente racional; dentro da serenidade também existe a apresentação da glória, mesmo que essa glória esteja baseada na serenidade. (Aplausos).

Eu vejo que vocês têm muitas habilidades. Não há necessidade de comparar-se com aquilo que consideram “música de alto nível”, e que, na realidade, muitas delas são coisas do modernismo. Quantas pessoas podem compor movimentos musicais verdadeiramente tradicionais, decentes e grandiosos? Na verdade, todos seguiram o caminho da “música moderna”. Todas as canções na China nos tempos recentes são produtos da cultura do Partido, não há nada apresentável nelas. Agora, na China, ninguém pode produzir nada como aquelas músicas criadas pelos músicos ocidentais antes do século passado. Também, no Ocidente, atualmente não há algo assim, pois seu auge já passou, e as coisas caóticas “modernas” derrubaram a música clássica. No entanto, o Ocidente teve este tipo de música uma vez e a China nunca teve. Realmente, houve algumas coisas muito boas na música chinesa antiga e recente. Suas bases e melodias essenciais são, todas, tipo de coisas que refletem o verdadeiro estado do homem, e se alguém quiser criar esse tipo de música, ele poderá verdadeiramente captar enormes e vastas dimensões; o que ocorre é que não há ninguém se esforçando para fazer tais coisas, tornando mais difícil o desenvolvimento de um sistema musical. Nós sabemos que, com a mudança de uma dinastia, vem a mudança de cultura; e as coisas da dinastia passada são substituídas pela cultura da nova dinastia. Esta também foi uma das razões para o desaparecimento de tal música. Então, não há como a essência da música pertencente à cultura de uns 5.000 anos atrás ter sobrevivido até os nossos dias; ninguém, em nenhuma dinastia, conseguiu fazer isto. As escolas de pintura e música no Ocidente, só apareceram nos últimos dois séculos. Estas escolas tinham cursos especiais, padrões e normas; as pessoas que estudavam ali sabiam o que fazer, e todas as que se graduaram em tais escolas passaram por um treinamento padronizado e sistemático. Então, um sistema completo foi formado. Na história da dinastia da China, nunca houve algo assim. Entretanto, depois da fundação da República, começaram a aparecer pessoas na China que valorizavam estas coisas. Gradualmente começou o regresso de estudantes que estudaram no Ocidente e que dominam algumas coisas da música ocidental. Então, desde os tempos finais da dinastia Qing, gradualmente começaram a aparecer pessoas com estes talentos. Porém, ninguém fez nada quanto à sistematização verdadeira da cultura chinesa, com relação à profundidade ou o estado de consciência e música do povo chinês, ninguém fez nada para fazer disto uma parte da corrente principal da cultura. O malvado Partido planejou uma revolta durante tantos anos, como a campanha de “Deixar que floresçam cem flores”, porém, tudo por interesse de seu sinistro regime e, na realidade, não fez nada, pois esta cultura do Partido, criada para servir a ditadura, é violenta, intensa e alcançou a meta de destruir a cultura étnica chinesa. Isto entra em conflito com as características serenas de o verdadeiro ser humano; não há nada de humano, muito menos a profundidade e o dom da civilização clássica chinesa de 5.000 anos de antiguidade. As coisas mais básicas criadas pelo perverso partido foram introduzidas da União Soviética.

Penso que todos vocês têm aspirações muito nobres e altos ideais. Se isto é o que esperam conseguir, então, sigam em frente e vejam o resultado. Digo que as canções curtas e folclóricas que foram transmitidas na China desde a antiguidade até o presente, muitas delas têm coisas de várias dinastias, e as coisas que as pessoas na China criam hoje em dia também têm certos elementos de várias dinastias misturados a ingredientes soviéticos. Nos tempos da antiga Xangai, havia muitas canções populares. Mesmo que a letra de algumas delas não fossem tão boas, nas canções estavam incorporados o precioso e duradouro encanto da China clássica junto com a consciência de nossos antepassados. Naquela época, a base das melodias era o encanto rítmico das tradições chinesas antigas. Se vocês podem construir isto com base nas melodias e ritmos da antiga música chinesa utilizando as técnicas e métodos da música ocidental – se vocês conseguirem abrir este caminho – então isto será magnífico. Vocês entendem o que estou dizendo, verdade? Pois vocês são bons nestas coisas.

Pergunta : Os instrumentos musicais ocidentais têm seus sobretons. Penso que uma pessoa pode sentir as conotações por detrás dos sobretons. Os sobretons dos instrumentos ocidentais e dos instrumentos chineses têm suas propriedades e características específicas.

Mestre : Isto é só uma sensação particular sua. Falando de conotações, a cultura humana tem um processo histórico definido para isto, e cada nota tocada tem a conotação das características específicas desse grupo étnico, assim como os sentimentos na vida de um indivíduo. Cada peça de música contém o estado de ânimo que o intérprete deseja comunicar e, certamente, isto tem a ver com expressar conotações, e isto inclui a utilização de sobretons. O que você descreve é só sua própria sensação nestes aspectos.

Pergunta : Sou um estudante da Áustria. Formamos uma banda musical na Áustria composta por quatro pessoas. Eu estudo piano clássico, enquanto que os outros três tocam jazz. Agora, temos um problema: eles dizem que a música que produzem é pura, porém, na realidade, ainda é jazz.

Mestre : Talvez eles tenham formado esta noção e pensam que é pura. Se eles realmente não fossem afetados por noções provenientes da música contemporânea, as coisas que criariam seriam definitivamente diferentes. Entretanto, é como disse: se você toca essas coisas para ganhar a vida, então não há problema. Certamente, quando se trata de produzir verdadeiramente a música dos discípulos do Dafa , vocês devem trilhar o próprio caminho. Neste processo haverá questões em termos de entendimentos.

Pergunta : Eles tocam música jazz na escola. Se tocarmos na rua, estará bem?

Mestre : Se você pode realmente trilhar um caminho bom, suas atuações atrairão um grande número de ouvintes, isto é certo. Lembrem-se de algo que disse: a humanidade gira em torno do Dafa , e todas e cada uma das ações dos discípulos do Dafa de hoje têm um efeito sobre a humanidade. Outro dia, houve uma reunião com aqueles que se especializaram em pintura, e falei a eles sobre por que o cultivador deve seguir o caminho das artes tradicionais. Era muito difícil encontrar um local quando buscavam um para expor e realizar uma exibição de arte. Depois que expliquei que a humanidade deve retornar ao caminho das artes tradicionais, o cultivador pôde sentir que a atitude das pessoas havia mudado, pois os Deuses quiseram trilhar um caminho para o Fa . Porém, se não fazem as coisas bem, encontrarão obstáculos, pois o que um discípulo do Dafa faz, é inseparável do cultivo. O fato é: a humanidade gira em torno do Dafa . Se você realmente produz suas próprias coisas – você mesmo verá – todos as escutarão e o enxergarão, e muitos inclusive desejarão aprender.

Pergunta : Eu gostaria de pedir ao Mestre que explique algumas coisas que têm a ver com a criação da música. Uma é: estou escrevendo um concerto, eu posso incorporar música do Dafa , digo, o Pudu como uma parte da música? A segunda pergunta é: quando se fala em formar uma orquestra, falta mão de obra, então, às vezes, como só dispomos de poucas pessoas tocando, não tem o impacto de uma orquestra completa. Posso criar uma música de fundo e então ter gente tocando sobre ela? A Terceira pergunta é: no passado escutei música de outras dimensões, eu posso usá-la?

Mestre : O assunto sobre trabalharem juntos do qual falei envolve justamente isto, pois não vai haver discussões entre direitos autorais entre vocês. É uma questão de como fazer um bom trabalho ao atuarem juntos, e como trilhar um caminho que o Dafa possa deixar à humanidade do futuro. Os cultivadores não se preocupam com o êxito ou fracasso que tem no mundo; são as pessoas comuns que consideram a questão do êxito ou fracasso, fama e riqueza, como algo muito sério. Os discípulos do Dafa buscam a verdadeira Fruição que vem do cultivo, então, eles não dão importância a todas essas coisas de gente comum. Sempre que alguém faz algo para o Dafa , os Deuses fazem um cuidadoso registro disto para que fique para o futuro. Quanto ao que as pessoas tentam obter, nós não buscamos nada disso, isto porque você está cultivando a si mesmo, e está fazendo estas coisas para os seres conscientes. Você está salvando seres conscientes e abrindo o caminho para a futura raça humana. Entretanto, se você quer usar o Pudu na música que está criando, não é que não possa fazê-lo – a chave é que você não compreendeu os significados internos do Pudu. Nele está o processo inteiro que o Mestre atravessou desde a pré-história até a retificação do Fa , algum concerto poderia abranger isto?

Quanto à sua segunda pergunta, sobre as orquestras. No presente não é possível reunir da noite para o dia uma orquestra sinfônica em grande escala e ainda fazê-la tocar. Porém, agora mesmo, temos várias soluções. Para a música em atuações teatrais, danças e coisas do tipo, vocês podem criá-la usando um computador para multiplicar o som dos instrumentos. Desta maneira, um violino pode se converter em muitos, e ao multiplicá-lo pode-se converter em algo que se pareça a uma orquestra completa. Muitas vezes as pessoas fazem isto quando querem baratear os custos dos arranjos que fazem para os filmes no cinema. Então, esta é uma opção. Outra é: podem utilizar um computador para simular diretamente a atuação de uma orquestra. Isto também é bom. Porém, a qualidade de algumas coisas não é tão boa, então, em seguida diga que é eletrônico. Como é uma simulação, faça o possível para que a simulação seja a mais realista possível. Todos vocês que tocam música, entendem isto, então, todos vocês deveriam ter algum conhecimento sobre as propriedades dos instrumentos musicais. Sem importar quão realista seja a simulação, os profissionais podem ouvir a diferença, mesmo que o ouvinte comum não possa diferenciá-la (O público ri). Estas são as duas opções. A terceira pergunta era sobre a música que ouviu de outras dimensões. Se realmente consegue produzir isto, então siga em frente, porém, penso que no geral será difícil de fazer. A razão é que quando você mesmo não está em dimensões mais altas, não terá os instrumentos musicais compostos por matéria mais microcósmica, e como resultado, não será capaz de produzir tal som. Além disso, a própria voz é a transmissão de um campo material, e sem um campo material composto por matéria de dimensões mais altas não haverá sensação de santidade.

Pergunta: Podemos incorporar Pudu e Jishi em nossas composições?

Mestre: Pudu e Jishi... A primeira pergunta da qual acabo de falar foi sobre isto, e disse que não há problemas com relação a direitos autorais. Exceto para as duas peças musicais que usam nos exercícios devem ser usadas de outra forma, as outras peças podem ser usadas; elas são para serem usadas em situações onde forem necessárias; não há problema. Porém, a música dos exercícios não pode ser usada de forma alguma, pois há muita coisa conectada ao cultivo. Não pode ser integrada a outra música. Uma outra música, ainda que tenha sido criada pelos discípulos do Dafa , será deixada para as pessoas comuns. Quanto ao Pudu e Jishi, vocês necessitam saber qual é o significado interno que elas trazem. Não adianta querer colocar o Cosmo inteiro dentro de um ovo.

Pergunta : Se a qualidade da música dos exercícios se deteriorar, podemos gravá-la novamente?

Mestre : Não há problema nisto. Não há problema em melhorar sua qualidade.

Pergunta : Quando sintetizamos músicas, é melhor fazer os sons mais naturais. Isto significa que necessitamos comprar equipamentos muito bons e necessitamos de uma quantidade razoável de dinheiro.

Mestre : Isto não é necessariamente assim. Alguns programas de computador muito simples, não são caros, e podem comprá-lo da China (O público ri). A qualidade de alguns é aceitável e são baratos.

Pergunta : Pensando a longo prazo, é bom pedir um empréstimo para comprar um computador melhor?

Mestre : Use seu próprio discernimento para isto. Porém, há uma coisa, e é que o Mestre sempre diz para não insistir em fazer algo que as circunstâncias não permitam. Você, definitivamente, deve fazer as coisas de acordo com suas próprias capacidades. De outra forma, mesmo que a sua intenção inicial seja boa, ainda será ir aos extremos. Se isto trouxer dificuldades em sua vida diária, se em todos os aspectos isto torna as coisas mais difíceis, então será mais difícil a você fazer as coisas que um discípulo do Dafa deve fazer. Não tornem as coisas difíceis.

Pergunta : Para o concerto nós compramos um zhong ruan (ruan médio – instrumento musical chinês) e um ruan grande. Quando os compramos, percebemos que no local onde se vendia os instrumentos musicais, havia um cachimbo da dinastia Qing. Depois que fizemos uma descrição dele, também percebemos que as cordas utilizadas nos instrumentos antigos são diferentes das de hoje. Hoje em dia as cordas são de aço, enquanto que naquela época era diferente. No entanto, de alguma forma, as cordas antigas produzem um som mais forte.

Mestre : Na antiguidade, as pessoas usavam cordas de seda e cordas de tendões de vaca. O ambiente que o homem tinha naquela época, não era barulhento, as mentes das pessoas eram tranquilas e se usava cordas de seda neste instrumento comprado por vocês, o volume produzido não era considerado baixo pelas pessoas. Isto porque na antiguidade, elas não tinham os instrumentos ocidentais modernos, enquanto que hoje em dia, quando as pessoas compõem, querem estar de acordo com as circunstâncias presentes. Na antiguidade, sempre se utilizava cordas de seda ou de tendão de vaca, e não se tratava apenas de não ter os bens manufaturados provenientes da tecnologia moderna, na verdade, isto tinha muito a ver com o ambiente da antiguidade. O que queremos fazer agora é trilhar nosso próprio caminho, e não regressar nossos instrumentos à sua forma antiga. O ambiente do homem moderno já é assim, e não temos outra opção senão utilizar os instrumentos de hoje.

Pergunta : Se nós queremos transmitir ao vivo o nosso evento de Ano Novo, no momento, creio que não temos a equipe necessária. Porém, se agora, começarmos a nos prepararmos para transmitir ao vivo...

Mestre : Eu vejo assim: não temos as condições no momento e uma transmissão ao vivo não é factível. Será muito difícil fazer com que todos venham aos Estados Unidos, e reunirmos nossos talentos para um evento. Isto porque muitas pessoas têm que trabalhar, ou ir para o escritório, ou não podem deixar suas famílias, além do que há o problema financeiro; haverá dificuldades de todos os tipos. Porém, se conseguirem combinar os programas artísticos de cada área, então poderemos reuni-los e integrá-los, assim poderemos produzir um DVD, isto seria muito bom. Hoje em dia, os computadores realmente podem tornar isto uma realidade.

Pergunta : Podemos compartilhar nossa música uns com os outros, porém, há o problema dos direitos autorais quando se trata do mundo exterior. Por exemplo: quatro anos atrás, quando realizei um programa do Falun Gong , utilizei o Pudu e o Jishi. Um diretor de uma estação de televisão realmente gostou muito da música e disse que ela era incrível. Pergunto se poderíamos contribuir com aquela estação, pois na época, nós fizemos isto.

Mestre : Isto não foi apropriado. Além do que, as pessoas não valorizariam a música do modo correto. O que aconteceria se ele usasse a música de forma imprudente? Não temos tempo para ficar supervisionando o que as pessoas comuns fazem com as coisas que criamos para elas. Porém, não é apropriado darem a elas o Pudu e o Jishi, pois elas poderiam usá-las casualmente. Com relação às outras coisas, não vejo problemas. Falando de modo geral, não há problema algum com relação às canções que os discípulos do Dafa criam, salvo estas duas músicas.

Agora, quanto aos direitos autorais, vocês sabem como fiz as coisas durante os anos que difundia o Fa ? Tivemos que atravessar muitas dificuldades para que Zhuan Falun fosse legalmente publicado. Assim que foi publicado, depois de imprimi-lo por um tempo, a editora sofreu pressões e teve que parar a publicação. Porém, a editora sabia que o livro era muito aceito e não queria rescindir o contrato comigo. Naquela época, havia muitos estudantes que necessitavam do livro e estavam ansiosos. O que podíamos fazer a respeito? Muitos estudantes estavam aprendendo a prática, e o número de estudantes nos locais de prática estava aumentando muito rapidamente, no entanto, não havia livros. Faltavam livros. Foi naquela época que as edições piratas começaram a surgir por todo o país e estavam em todas as partes. Eu não me importava enquanto elas mantinham as coisas e não mudavam nem uma só palavra garantindo assim a qualidade do livro. As pessoas vivem para ganhar dinheiro, os méritos e problemas que enfrentavam se compensavam mutuamente, então, eu não me importei de elas ganharem dinheiro com isto. Afinal, muitas das coisas de nossos discípulos do Dafa são para serem dadas às pessoas. Enquanto uma pessoa for capaz de valorizar o Dafa , ela não o usará casualmente e não modificará nada. Se ela o modificar, nós poderemos localizá-la, pois ainda temos os direitos autorais.

Pergunta : As boas canções podem influenciar gerações de pessoas, e até hoje continuam sendo populares.

Mestre : Como um músico talentoso pode compor canções de tal qualidade? Como ele consegue manter uma reputação duradoura? Não se trata apenas de as melodias serem diferentes. As conotações de uma peça musical vêm da boa qualidade moral de uma pessoa, suas ricas experiências de vida, e seu talento inato. Este é o lado humano disto. A vida de um cultivador foi mudada, e ultrapassa o nível dos seres humanos comuns. Quando os discípulos do Dafa forem realmente capazes de trilhar seus próprios caminhos, as pessoas reverenciarão suas coisas mais ainda que as coisas desses músicos famosos que estão entre as pessoas comuns. As coisas dos discípulos do Dafa terão uma reputação que perdurará por mil gerações. Isto porque vocês são discípulos do Dafa e vosso caminho é reto, então, as coisas que vocês criam, será sempre aquilo que a humanidade aprenderá e usará. (Aplausos).

Pergunta : Mestre, eu gostaria de perguntar: A música Pop é de natureza demoníaca?

Mestre : A forma popular de cantar é algo que pertence somente às pessoas comuns, e não há necessidade de ter uma atuação vocal profissional. As canções folclóricas de cada país têm sido transmitidas através dos anos. Nestes dias, certamente, as pessoas se padronizaram com base no sistema de música contemporânea, e agregaram a este sistema, tons modernistas, transformando as músicas em algo de gosto muito pobre, e com ar de natureza demoníaca, até chegar a ponto de se ter misturado a elas, material obsceno. Muitos jovens buscam essas coisas. Digo, que sem importar que tipo de música seja, sempre podemos recorrer a coisas boas para serem introduzidas nelas, porém, devem transitar seus próprios caminhos.

Pergunta : Mestre, penso que há duas tendências nas canções que criamos hoje em dia. Uma, é que são canções que têm a ver com o nosso próprio cultivo, e a outra é que, para que as pessoas comuns entendam o que estão escutando, inclusive coisas como: “Falun Dafa é bom”, não podem ser mencionado nas canções. Não acho isto correto.

Mestre : Os discípulos do Dafa validando o Fa é algo que está de acordo com os princípios do Céu e da Terra. Então, quando criam músicas, devem ter como meta o ato de salvar seres conscientes, esclarecer a verdade e falar sobre os discípulos do Dafa . Certamente, se estamos falando de novelas, e você quer agregar música na atmosfera e na estória da novela ou em uma cena, não vejo problema. As novelas são, antes de tudo, programas de entretenimento, e são feitas para uma classe de telespectadores, especialmente telespectadores comuns. Certamente, quanto ao conteúdo das composições musicais, algumas, devido às necessidades de seguir uma linha de argumento ou porque descrevem estórias de vida de muitas pessoas comuns, não têm nada a ver com os discípulos do Dafa . Então, isto significa que você não a escreverá? Mesmo assim, você ainda necessita escrevê-la, ainda necessita produzi-la. Seja qual for o caso, essas são coisas produzidas por discípulos do Dafa , então, serão diferentes. Quando é algo que realmente retrata o Dafa e os discípulos do Dafa de maneira direta e positiva, o tema deve ser as coisas do Dafa . Se vocês, discípulos do Dafa , não consideram o Dafa de forma alguma, e apenas querem criar coisas de gente comum, então vocês são pessoas comuns. A responsabilidade dos discípulos do Dafa é salvar seres conscientes e validar o Fa . Não é difícil colocar estas coisas em perspectiva.

Pergunta : Mestre, quero lhe perguntar algo, mesmo não estando seguro se é algo apropriado. Não parece estranho que desde que o PCC tomou o poder na China, este malvado Partido tem usado muitas vezes os tambores de cintura?

Mestre : Digo que os tambores de cintura têm uma história de quase mil anos na China, e é uma forma de cultura legada das áreas da China ocidental e da planície Shanxi Central. Falando de tambores de cintura, sei que há outras formas de tambores. Vocês já viram que na província de Shanxi há um tipo de tambor bem grande, que tem quase meio metro de diâmetro, e que são tocados somente por homens, e que ao tocá-los, se transmite um ar de algo real. Alguns dos dançarinos aqui presentes o conhecem? Vocês também podem usar este tipo, ele também é muito bom. Vou dizer outra coisa: quando vocês usaram o tambor pela primeira vez no desfile em Nova Iorque, muitas pessoas disseram: “Os chineses chegaram”. Elas sentiam que eram as verdadeiras pessoas da China que haviam chegado. O malvado Partido está usando as coisas da cultura chinesa para glorificar a si mesmo. Porém, certamente, essas coisas não pertencem ao PCC. Este Partido é um espectro do Ocidente, um espírito maligno (O Mestre ri).

Pergunta : Suponhamos que a gente queira editar alguma música que seja agradável ao ouvido, como por exemplo, uma coleção especial de música de erhu. Seria apropriado combinar coisas chinesas e ocidentais quando fizermos os arranjos da música?

Mestre : A idéia que expressei foi que você pode recorrer a qualquer coisa boa. Então, certamente está bem utilizar o método de combinar música do ocidente ou sua teoria musical. Se você quiser trazer essas coisas inteiramente, isto é, metade chinesa e metade ocidental, esta não é a idéia. Trata-se unicamente de como você trilhará seu próprio caminho. Penso que a música ocidental e a música asiática encontradas nas culturas deste ciclo da raça humana são coisas boas. Sem importar qual raça, quando baixaram aqui e entraram no mundo humano, o primeiro lugar que surgiram, foi na China. Depois de uma dinastia, as pessoas saiam da China e reencarnavam em outros lugares do mundo. Então, quem deixou as coisas chinesas para a posteridade? Os Deuses foram responsáveis pelas culturas de várias dinastias. Eu já falei sobre estas coisas. O que vocês estão fazendo é escolher as coisas boas como herança. Esta é a oportunidade que a história nos concedeu.

Pergunta : As canções folclóricas locais das províncias de Shanxi e Shãnxi ocupam quase 80% de todas as canções folclóricas chinesas. As melodias básicas da música são extremamente belas. Algumas das canções líricas se distorceram desde 1949, porém, na realidade, a música original e as melodias são excelentes. Não estou seguro se isto é correto. O Mestre pode dizer umas palavras sobre isto para acalmar meu coração?

Mestre : Respeito algumas das canções folclóricas do norte de Shanxi e Shãnxi, muitas das melodias são coisas da antiga China.

Até agora, a maior parte da conversa tem sido sobre música. A criação dos cenários também necessita se manter à altura. Geralmente, a maior parte de um espetáculo consiste em danças de grupo e, sem isto, parece um pouco monótono ou chato. Se um evento artístico encenado não tem dança, então não é tido realmente como um espetáculo. Como podemos desenvolver mais neste aspecto e abrir um caminho? Tenho visto espetáculos com canções e grupos de dança na China ocidental, onde se realizam coisas da cultura antiga, e abundam coisas da cultura histórica. Podem tomá-las como referência, porém, não imitem tudo, caminhem seus próprios caminhos.

Pergunta : O que devemos fazer para poder coordenar melhor as coisas com a estação de TV? Pergunto isto porque todos nós estamos espalhados pelo mundo.

Mestre : Não é fácil a vocês se reunirem, e é difícil coordenarem as coisas. Porém, podem usar computadores, fax ou telefone, e serão capazes de se comunicarem sobre muitas coisas. Vocês são de áreas diferentes, e estão ao redor de todo o mundo. Reunir os praticantes é realmente difícil. O bom é que depois da reunião de hoje, vocês saberão como fazer as coisas, e podem, desta maneira, trilhar o caminho a seguir. E de fato, todos vocês têm capacidades latentes.

Pergunta : Nossa orquestra gostaria de tocar na Áustria. Se nossas canções não forem suficientes para suprir o tempo de apresentação, podemos, como discípulos do Dafa , tocar música clássica de gente comum? Por exemplo, que tal, músicas de Mozart ou Choppin?

Mestre : Isto não é problema. Há tempos digo que a música clássica é boa. Pode usar cuidadosamente coisas dos tempos anteriores à revolução cultural, apenas certifique-se de que estejam livres da cultura do Partido. Basicamente, tudo o que for anterior ao malvado Partido, pode ser usado. Não usem nada destes tempos de demônios, pois, dentro dessas coisas, há muitas coisas malvadas; a humanidade tem sido controlada pelos demônios durante este período.

Pergunta : Então, se não podemos usar música criada durante esta década ou mais, o que acontece com os programas de televisão e filmes deste período? Também não podemos usá-los?

Mestre : Penso que nenhuma das coisas desta época é boa. Elas carregam por detrás os fatores de toda classe de fantasmas podres que controlam as pessoas.

Pergunta : Nós já temos algumas canções. Que canções devemos tomar como tema musical ao redor do qual construiremos uma orquestra ou um pequeno conjunto?

Mestre : Estes detalhes devem ser resolvidos por vocês mesmos. Não deve haver problema com relação a isto.

Pergunta : Recentemente, um estudante ocidental, de nossa estação de televisão, começou a produzir vídeos musicais, porém, ele escolheu o estilo de música contemporânea que é apropriado para a guitarra e guitarra elétrica.

Mestre : Isto está bom. A estação de televisão está estabelecida na sociedade humana, e é dirigida ao público comum. Então, não há problema em utilizar instrumentos elétricos. Os discípulos do Dafa necessitam fazê-lo bem e serem retos no caminho de cultivo, e fazê-lo da melhor forma possível os trabalhos de gente comum. Nossos programas de televisão são para serem vistos pelas pessoas comuns. Agora mesmo, ainda não estamos no período em que o Fa retifica o mundo humano, estamos na fase em que os discípulos do Dafa se cultivam, esclarecem a verdade e expõem a perseguição. No momento presente, não há nenhum problema com o que descreveu.

Esta é a situação; quem hoje aqui sabe compor música? Levante a mão. Prestem atenção; especialmente aqueles da estação de televisão. Quando seus programas precisarem de música, podem buscar essas pessoas. Aqueles que sabem fazer arranjos musicais também podem escrever as canções.

Observem, não são poucos. Sei que há muitos que possuem grandes talentos, deixemos que trabalhem nisto. Se os cultivadores não conseguem fazer bem na primeira tentativa, não se apeguem em coisas pequenas. Com boa vontade podem trabalhar juntos, compartilhar e discutir as coisas, e cada um chegará gradualmente à maturidade em seu próprio caminho; no início, talvez não possa fazê-lo bem. Então, não só necessitam produzir suas próprias coisas como também devem aumentar o rendimento (O Mestre ri). Por exemplo, digamos que produzo algo e, em seguida, penso que a coisa que produzi é muito boa, então me sinto satisfeito: “Eu a fiz”. Isto não é bom. Digamos que um discípulo do Dafa salva somente uma pessoa, isto é bom? De certa forma, não. Os discípulos do Dafa devem salvar muitas pessoas.

Pergunta : Mestre, eu gostaria de perguntar sobre algo relacionado ao Fa . O Buda Sakyamuni obteve o Tao ao se cultivar por muitas centenas de milhões de kalpas, porém nossa Terra só teve dois ciclos, cada um de 100 milhões de anos. Isto significa que...

Mestre : O Buda Sakyamuni não se cultivou na Terra (O público ri). O Buda Sakyamuni veio ao mundo para salvar as pessoas. Nos Céus, ele já era um Deus; ele obteve o Tao há muito tempo. Sua vinda, naquela época, foi para validar o estado de Fruição de Tathagata e passar à humanidade a cultura budista. Muitas histórias contadas por Buda Sakyamuni são de coisas que ocorreram nos Céus, não são coisas desta Terra. Como já disse, quando um ser humano vê um Buda sentado ali, o sente muito sagrado, porém, quando um Buda vê outro Buda, não é assim. Eles são parte da sociedade coletiva de Deuses.

O tempo é limitado, então precisamos finalizar a reunião. Vocês são discípulos do Dafa , então, acredito que possam fazer as coisas bem. Espero receber boas notícias de vocês.

Nota: Isto é tudo que se pôde reunir devido a problemas relacionados ao som da gravação.