Ensinando o Fa na Conferência Internacional de Filadélfia

Li Hongzhi
30 de novembro de 2002, Filadélfia, EUA

Saudações a todos!

“A cada onda, as conchas emitem sons incessantes, enquanto que minha leve barca desliza passando por milhares de rochedos” (Fortes aplausos). O mal esgotou suas artimanhas, e os discípulos do Dafa amadureceram por meio da temperança. Não temos medo de qualquer outra artimanha que possam utilizar. A perseguição ao Dafa e aos seus discípulos já passa de três anos e, daqui a pouco, serão quatro anos. Durante este período, muitos de nossos discípulos do Dafa, especialmente os discípulos do Dafa da China continental, estiveram sujeitos a uma perseguição cruel simplesmente sem precedentes. Em meio ao terror criado por mentiras e enganos, eles resistem a uma perseguição sumamente perversa, a mais perversa, e que já ultrapassa três anos. É extraordinário! Pessoas comuns seriam incapazes de fazer isso.

Vocês sabem, quando na China continental eles querem derrubar alguém, ou calar alguém, inclusive até o presidente, não leva mais que três dias para fazerem isso e acabarem com a pessoa. Certamente, não digo que os corpos físicos dos discípulos do Dafa sejam feitos de diamante ou de aço. Isto se deve ao fato de que as pessoas más não conseguem absolutamente entender os cultivadores. Todas as artimanhas que elas adquiriram com o passar da história e que usam para atacar as pessoas, só funcionam com pessoas comuns. São totalmente inúteis quando aplicadas a cultivadores; cultivadores que podem abandonar seus apegos mundanos.

Logicamente, enquanto se cultivam, muitos estudantes têm, até certo grau, uma mentalidade de pessoa comum, e há pessoas que relaxaram no estudo do Fa, e há também muitos novos estudantes que começaram a praticar recentemente. Então, quando se viram repentinamente nesta classe de terror, quando se viram diante de um ataque e uma repressão tão grande, isto foi algo realmente estarrecedor aos estudantes com fortes pensamentos humanos. Os pensamentos humanos os confundiram por um momento de um modo que não puderam ver o que realmente acontecia. Porém, depois de um período de tempo, depois que eles mesmos pensaram calmamente sobre as coisas – “Por que eu estou estudando Dafa?” “Falun Dafa é realmente bom?” “Que tipo de pessoa é realmente Li Hongzhi?” – muitos refletiram sobre estas coisas com calma e sensatez. O resultado dessa reflexão foi que todos puderam enxergar as coisas com maior clareza: “O que estudamos é um Fa reto e não há nada de mal com o Zhen-Shan-Ren que cultivamos”. E vocês estão sendo capazes de ver cada vez de forma mais clara que todos os métodos que as pessoas perversas estão usando nesta etapa da perseguição são mentiras e calúnias, e vocês também viram que essas pessoas perversas usam toda a maldade existente, nem sequer uma única coisa de tudo o que elas fizeram é verdade; são simplesmente táticas.

Então, qual é o objetivo desta cruel perseguição? É proteger o regime? De forma alguma é para isso. Dizer que Falun Gong é uma ameaça ao regime da China é simplesmente uma grande mentira propagada pelo mal. Muitas pessoas já me perguntaram, e muitas outras também perguntam aos meus discípulos: Qual é a verdadeira razão desta perseguição? Resulta simplesmente da inveja de um tolo. Devido a ele estar no poder, ele pôde fazer algo assim. Talvez isto pareça ridículo ou difícil de acreditar – como algo assim pôde acontecer à humanidade, não é verdade? Porém, na realidade, aconteceu. Esta perseguição realmente acontece, e é tão absurda quanto parece, pois aquele tolo se deixou guiar por sua inveja distorcida. Esta é exatamente a razão. Esta é a verdadeira causa que vemos aqui na sociedade humana.

Porém, visto de outra perspectiva, os seres humanos, na realidade, não têm a habilidade para fazer nada significativo. O que usualmente ocorre é que os pensamentos maus de uma pessoa se alinham com os de seres maus de outras dimensões; então, esses seres maus se valem dos maus pensamentos da pessoa para fazer maldades, e é desta forma que aqueles seres perversos alcançam suas metas e satisfazem os desejos de seus pensamentos maus. Na realidade, de onde vêm os pensamentos de uma pessoa? Os cientistas já perceberam que os pensamentos não são gerados no cérebro humano. Então, de onde vêm os pensamentos das pessoas? Todos acham que vêm do que elas aprenderam na sociedade comum e do próprio raciocínio. Porém, não é assim. Quando uma pessoa comum pensa em fazer algo, de fato, sua mente não passou por um longo processo de reflexão. Muitas coisas simplesmente surgem instantaneamente, as palavras simplesmente saem da ponta da língua. Então, de onde vêm exatamente tais pensamentos? Nós, cultivadores, todos sabemos que de fato existem conexões entre a mente de uma pessoa e os elementos existentes em muitas dimensões diferentes; quando se trata de coisas maiores, o homem age precisamente sob o controle de outros seres. Simplesmente realiza as coisas aqui no mundo humano como se estivesse atuando; isso é tudo. A superfície do corpo humano, esse corpo formado depois do nascimento, realmente não é nada.

Então, quanto ao tema do corpo humano, eu já havia falado sobre estas coisas em algumas ocasiões especiais. Porém, não tinha falado sobre isso a uma quantidade maior de pessoas. A razão é que o Fa que ensino hoje é o Fa do Cosmo, a retificação do Fa está retificando o Cosmo, e os discípulos do Dafa coexistem com a retificação do Fa, então, não posso falar sobre essas coisas nem de situações especiais na sociedade que sejam muito específicas, ou de nível muito baixo, ou que só estão dentro dos Três Reinos. Essas coisas não podem ser escritas dentro do Fa do Cosmo. Por isso é que não tenho falado sobre isso. Eu tenho falado sobre isso unicamente em umas poucas ocasiões especiais escolhidas.

Certamente, um ser humano tem três almas, sete espíritos etc, e também tem uma pele verdadeira, junto com os dois fatores provenientes de seus pais, depois de nascer, e estes fatores que compõem um ser humano existem em dimensões que o olho humano não pode ver. Algumas das substâncias que provêm do alimento humano fazem com que seu corpo humano cresça gradualmente na superfície. As pessoas chamam a isso de “crescimento”. Este corpo humano se forma depois do nascimento na dimensão física das pessoas comuns e, com os anos, ele envelhece e, depois da morte, se decompõe em matéria outra vez. Em outras palavras, o corpo, depois do nascimento de uma pessoa comum, é simplesmente um recipiente, e as únicas coisas que existem no cérebro de um corpo humano, os chamados pensamentos, na verdade, são noções superficiais que se formaram em sua mente com as experiências acumuladas no processo do crescimento humano. Na realidade, é o que são os pensamentos do corpo humano. No entanto, as noções, por si mesmas, não constituem racionalidade; elas são incompletas, não estão organizadas e são incoerentes. Por isso, quando uma pessoa permite que sua consciência-principal esteja ausente, essa pessoa se torna irracional; fala sobre uma coisa agora e, pouco depois, fala algo diferente, vai daqui para lá, não há ponto de referência. Não sabe o que diz nem o ponto que quer enfatizar. Isto acontece porque ela não tem um tema principal que junte tudo; são as coisas que ela formou depois do nascimento que se manifestam. Também, quando a pessoa deixa sua consciência-principal ir embora, não são apenas essas noções que podem interferir com ela, mas também qualquer mensagem externa, e é por isso que as outras pessoas dizem que ela tem problemas mentais.

Portanto, isto significa que, durante esta perseguição, o que se manifesta aqui no mundo humano é a inveja maliciosa que essa pessoa malvada tem do Dafa e que ela é manipulada por seres malévolos em outras dimensões que utilizam a maldade desse tolo para criar algo incomparavelmente vergonhoso: essa cruel e ridícula perseguição aos estudantes do Dafa. Todos os pretextos que ele tem usado para nos difamar são mentiras fabricadas. Os aparatos de propaganda são dirigidos por sua autoridade e, aos chineses e ao resto do mundo, muitas grandes e atrozes mentiras formam disseminadas. Mesmo isto sendo perverso, os discípulos do Dafa estão amadurecendo por meio da temperança e chegando a ver tudo isto pelo o que realmente é, e assim os discípulos do Dafa se tornam mais e mais lúcidos e racionais. No começo, alguns estudantes não haviam abandonado alguns de seus apegos humanos, e isto fez com que eles não fossem capazes de reconhecer a verdadeira natureza do mal e, devido aos seus pensamentos retos não serem adequados, se deixaram levar por seus apegos e desenvolveram alguns pensamentos humanos, revelando assim também o lado deles que carecia de uma racionalidade sóbria. Porém, pela perseguição, os discípulos do Dafa chegaram a entender a natureza solene do cultivo, e isto permitiu que vocês pudessem ver realmente o mal pelo o que ele é, e finalmente chegaram a fazer as coisas muito bem. Isto vale especialmente aos discípulos do Dafa da China continental, os quais amadureceram mais e mais por meio da temperança. Agora, quando estes discípulos do Dafa são detidos durante a perseguição do mal, já não é mais fácil fazer, como era naquela época, a tal absurda “transformação” feita pelo mal. Que “arrependimento”? Que “transformação”? Transformá-los em quê? Todos os discípulos são boas pessoas, são as melhores pessoas do mundo – são pessoas boas que superam as pessoas comuns – então, eles tentam transformá-los em quê? Repito: que “transformação”? O mal tem realmente feito todo tipo de coisas repugnantes. É como já lhes disse há muito tempo: qualquer um que ataca o bem é definitivamente mal.

Portanto, colocando todo o resto de lado, os seres perversos têm as metas mais perversas nesta perseguição, enquanto as velhas forças que manipulam o mal também têm suas metas. E qual é a meta delas? Aparentemente, elas estão usando esses seres perversos para causar danos aos discípulos do Dafa e ao Dafa de modo a fazer com que os discípulos do Dafa “amadureçam por meio da temperança” e para retirar aqueles que não merecem ser discípulos do Dafa, além de usar os pecados que os seres perversos cometeram contra os discípulos do Dafa para destruí-los e assim purificar o Cosmo. Este é o plano das velhas forças. Parece tão nobre, não é verdade? Porém, não é! A verdadeira meta delas é obter aquilo que elas querem obter com este evento. Ocorre que não é cultivo de alcance pequeno; é o Cosmo sendo atravessado pela retificação do Fa. Todas as coisas são simplesmente triviais demais para serem mencionadas diante da retificação do Fa; não há nada que se compare a ela. Vocês não podem comparar as coisas que ocorrem no cultivo pessoal à retificação do Fa. Então, sem importar o quão alto é o nível de um ser das velhas forças, se ele não puder se posicionar apropriadamente neste equilíbrio de coisas, ele está em perigo e será eliminado durante a retificação do Fa do Cosmo; todos os inumeráveis seres que decaíram por causa disso são de níveis muito altos. O mais terrível é que, enquanto eles tomam parte nisso, camadas após camadas de velhas forças planejam a eliminação das velhas forças que estão em um nível imediatamente abaixo a elas. Elas fazem isso porque sabem que aqueles seres que causam danos diretos não poderão pagar de forma alguma os pecados cometidos contra o Dafa durante este drama cruel.

A verdade se torna mais elevada a cada nível sucessivo e, quando se observa as coisas de nível mais alto, o que foi planejado em um nível imediatamente inferior para supostamente “ajudar o Dafa” é um pecado, então, o que elas fazem é eliminar aquelas que estão fazendo a manipulação nesta retificação do Fa, porém, elas também pecaram contra o Dafa quando julgadas a partir de verdades mais altas. Porém, elas não sabem que outras velhas forças, em um nível mais alto que o delas, estão observando elas dessa mesma forma e também as derrubarão da mesma maneira. Então, as velhas forças eliminam sucessivamente as velhas forças; a cada nível eliminam os seres do nível imediatamente inferior ao delas. Porém, não é isso o que eu quero. Nenhum ser é digno de participar nisto. No entanto, as velhas forças participam e por seus próprios interesses. Porém, tenho lhes ensinado constantemente o Fa e também lhes falei sobre estas coisas. Eu trato a todos os diferentes seres conscientes da mesma maneira. No entanto, as velhas forças estão apegadas às coisas que querem fazer e ao que desejam alcançar na retificação, e fazem as coisas sem piedade e não mudam sua forma de ser de nenhuma maneira, e fazem coisas manipuladas pelas velhas forças que estão em um nível acima delas. O resultado final será que as próprias velhas forças se auto eliminarão completamente.

O que eu queria era que nenhum ser consciente interferisse com a retificação do Fa, ou que inclusive participasse dela. Na retificação do Fa, que se iniciou do ponto mais básico, do mais baixo, indo até o ponto mais alto e, com relação a todos os seres, sem importar o quão mau ele foi ou o quanto ele pecou ao longo da história, não tenho levado em conta suas más ações passadas, e tenho purificado a todos desde o ponto mais microcósmico até a superfície do seu ser, inclusive os pensamentos que um ser pode ter tido. Faço a retificação atravessando tudo de baixo até em cima. Então, esta seria a solução mais bondosa, e nem um só ser teria decaído nem pecado contra o Dafa e contra esta retificação do Fa. Isto não seria magnífico? Porém, não, elas insistem em fazer isto e ocasionam este desastre na sociedade humana.

Como discípulo do Dafa, nós somos contra esta perseguição. E, como seu Mestre, eu não a reconheço nem tampouco reconheço o arranjo inteiro criado pelas velhas forças. E isto enfurece ainda mais as velhas forças. Então, às vezes, não somente os seres perversos participam da perseguição como também participam alguns seres de alto nível que estão entre as velhas forças. Durante a retificação do Fa, todos os seres escolhem o próprio caminho que seguirão. Na realidade, o que cada ser se defronta é com a escolha de seu próprio futuro.

Como vocês já viram, elas esgotaram todas suas artimanhas na perseguição, e os discípulos do Dafa amadureceram por meio da temperança. Dentro ou fora da China, tudo é igual e, embora existam muitos seres que foram enganados pela propaganda do mal, no geral, em outras dimensões, o poder do mal e o poder do bem já não estão equilibrados. A força do bem colocou a balança a seu favor até o ponto extremo. Esses seres maus já não conseguem aguentar. Essas pessoas malvadas no mundo parecem ser muito más, porém, tudo isso foi planejado pelas velhas forças. Eu disse que o mal não deterá sua perseguição até o último instante. Inclusive, se tudo acabasse amanhã, ainda hoje o mal continuaria igualmente com suas perversidades. As coisas são assim no Cosmo antes que a retificação do Fa os elimine. Sem a retificação do Fa, você não pode se tornar bom por sua própria conta – como você poderia se tornar bom sem a retificação do Fa? O veneno é simplesmente venenoso, se você quer que deixe de ser venenoso, simplesmente não é possível. Se vocês analisarem as coisas dessa maneira, então, verão que não devemos ter nenhuma esperança fantasiosa com respeito às forças do mal e com relação a essas pessoas más que perseguem o Dafa.

Faz pouco tempo, muitos estudantes pensavam: “O Partido Comunista Chinês celebrará seu décimo sexto congresso. Se o demônio principal na China, esse miserável da Terra, se retirar, então, o nosso bom nome do Dafa não será assim restituído? Quem iria querer herdar isso? Quem seria tão estúpido quanto ele?” Esse tipo de pensamento não é incorreto na sociedade comum, porém, não é correto para um cultivador. Como um Dafa como este, e como magníficos Deuses e discípulos do Dafa que se forjam por meio do cultivo em Dafa, vocês poderiam colocar suas esperanças em uma pessoa comum? Não estaríamos assim insultando a nós mesmos? Seres humanos podem controlar os Deuses? Porém, muitos discípulos do Dafa pensaram assim. Se uma pessoa pensa dessa forma, não é tão importante nem é grande coisa; se duas pessoas pensam dessa forma não é grande coisa – é simplesmente uma questão de cultivo pessoal. Porém, se todos pensarem assim, então, que tipo de situação se instalaria no grande grupo de discípulos do Dafa? Isto causaria uma perturbação maior; é um apego forte, algo que não se pode permitir. Eu vi isso, e as velhas forças também. As velhas forças pensaram: “Espere um minuto, o que é isto?” Foi por isso que fizeram com que o resultado do décimo sexto congresso do Partido Comunista Chinês fosse ainda pior.

Como disse, tudo o que ocorre hoje na sociedade comum é o resultado dos apegos dos discípulos do Dafa. Apesar das velhas forças existirem, se vocês não têm esses apegos, elas não podem fazer nada. Quando seus pensamentos retos são suficientemente fortes, as velhas forças não podem fazer nada. Se a sociedade comum realmente restituísse o nome de nosso Dafa, talvez um ser humano pudesse fazê-lo, então, pensem: a que altura eu deveria colocar esta pessoa? Não é verdade? Vocês são cultivadores e todas as mudanças vêm de seus cultivos e da retificação do Fa; tudo o que vocês validaram e se iluminaram, e tudo o que receberão, tudo isso vem do que vocês têm plantado em seus próprios caminhos. Não pensem de forma alguma em algum favor que as velhas forças poderiam fazer por nós, ou sobre como a sociedade comum poderia nos ajudar. Vocês são os que estão salvando a sociedade das pessoas comuns, e são vocês os que estão salvando os seres conscientes!

Ao serem perseguidos ou pressionados na sociedade comum, é difícil impedir que seus apegos humanos tenham um efeito, então, alguns apegos de pessoa comum podem vir à superfície, porém, não pensem muito nisso. Discípulos da retificação do Fa, a perseguição chegou a esta etapa e o Dafa chegou a este ponto na retificação do Fa: do que mais podemos ter medo? Por acaso já não viram muito bem o futuro de vocês? Então, quando se trata destes seres perversos e seus arranjos, enquanto os pensamentos retos de vocês forem o suficientemente fortes, vocês poderão rejeitá-los, resistir a eles e torná-los impotentes. Porém, estando entre as pessoas comuns e enfrentando estas situações, mesmo que vocês tenham tido diferentes abordagens nas coisas e, mesmo que existam pessoas entre nós que tenham diferentes entendimentos e que mostram alguns apegos humanos, tudo isso é de se esperar. Isso acontece porque enquanto vocês se melhoram no cultivo, no caminho para validação do Dafa e salvação dos seres conscientes, vocês caminham em direção à perfeição final, e isto não é algo fácil. O importante é que, cada vez que vocês perceberem algo, caminhem bem cada passo.

Como disse, se nenhum ser tivesse perseguido o Dafa, todos poderiam receber soluções benevolentes. Porém, eu sabia que se todos os seres no Cosmo fossem tão bons, então, não haveria necessidade da retificação do Fa. Então, isto criou uma prova para nossos discípulos do Dafa. Isto é tudo. É um tipo de manifestação natural, certamente, este tipo de arranjo das velhas forças, este arranjo minucioso, realmente sistemático que vai de cima a baixo, é a primeira e única vez que está acontecendo. E esta tribulação massiva é realmente imensa. O que vocês percebem é somente a manifestação na sociedade humana, porém, o que vejo é realmente espantoso, mesmo para os seres do Cosmo maior. Possivelmente, a humanidade não possa entender o que estou dizendo. Porém, quando a humanidade ver a manifestação de planetas do Cosmo que estão passando pela recriação chegar à superfície de nossa Via Láctea, então acreditará em tudo. (Aplausos).

Como disse, durante o período inteiro da retificação do Fa, os discípulos do Dafa, no geral, estão fazendo realmente bem, e os discípulos do Dafa amadurecem cada vez mais por meio da temperança. Enquanto validam o Fa, sem importar a forma que os discípulos do Dafa utilizam para salvar seres conscientes, vocês estão validando o Fa e avançando no caminho de esclarecer os fatos. Estão fazendo cada vez melhor, e também estão sendo mais e mais racionais. A cooperação entre vocês como discípulos do Dafa melhora cada vez mais. Quando nossos discípulos do Dafa fazem algo juntos e têm discussões, às vezes, muito acaloradas, logo surgem seus apegos humanos, o que afeta a magnífica tarefa de validar o Fa; possivelmente alguns estudantes já tenham passado por esta experiência. Porém, como o entendimento de vocês do Fa melhorou e seus apegos humanos foram gradualmente eliminados, essas coisas e manifestações diminuem cada vez mais. Então, por que surgem essas discordâncias? Isto ocorre precisamente porque um pouquinho da matéria que ainda não foi eliminada de sua superfície humana está agindo. Porém, quando seus pensamentos retos são o suficientemente fortes, isto não tem poder algum. Todos vocês sabem que o Fa é bom, que devem salvaguardá-lo, que vocês devem realizar certas coisas, salvar seres conscientes e validar o Fa; então, quando seus pensamentos retos não estão ao nível apropriado, seus apegos humanos se misturam. E assim, isto faz com que vocês se chateiem como qualquer pessoa comum e algumas pessoas até acreditam que devem insistir em suas próprias ideias, e isto, combinado com alguns outros fatores, têm causado alguns estados de cultivo que não deveriam se manifestar entre os discípulos do Dafa. Vocês amadurecem cada vez mais e, devido a isso, têm feito muito bem recentemente.

Na realidade, vocês sabiam que nos Céus, esses grandes seres iluminados têm muitas coisas que também necessitam coordenar e falar entre eles? Buda Sakyamuni disse que há tantos Tatagatas quanto os grãos de areia no rio Ganges. Falando de outra forma, os Reis do Fa nos Céus, ou Deuses do tipo Buda, são tão numerosos como os grãos de areia no Ganges, e isto é só um pequeno número; ele se referiu àquilo que pôde ver em seu próprio reino. E o que podemos dizer dos demais Deuses? Os Budas são só um tipo de deidade no Cosmo e não há muitos deles. Há incontáveis Deuses de todos os diferentes tipos, há tantos que é impossível contá-los; há um infinito número de seres. Agora, se eles discutissem quando fizessem algo, isso seria um grande problema, pois cada ser iluminado tem suas próprias verdades que ele validou e às quais se iluminou das verdades do Fa do Cosmo; ele formou uma série de suas próprias coisas baseado em seu entendimento do Cosmo. Por exemplo, o conjunto de coisas do Buda Sakyamuni se chama “preceito, samadhi e sabedoria”. Portanto, cada ser iluminado e todo ser do Cosmo têm seu próprio conjunto de entendimento do Cosmo; se eles começassem a discutir, não seria desastroso? Este tipo de coisa não existe onde eles se encontram.

Então, o que caracteriza o estado mental deles? A tolerância, uma tolerância sumamente imensa, sendo capazes de aceitar os outros seres e realmente pensar do ponto de vista de outros seres. Isto é algo que muitos de vocês em seu cultivo ainda não alcançaram, porém, gradualmente estão entendendo e o alcançando. Quando outro Deus dá uma ideia, eles não ficam impacientes por rejeitá-la ou por expressar suas próprias ideias nem tampouco acreditam que suas próprias ideias são as melhores. Pelo contrário, eles olham qual será o resultado final do plano proposto pelo outro Deus. Os caminhos são diferentes – o caminho de cada um é diferente – e as verdades que os seres validam e às quais se iluminam no Fa também são diferentes, porém, o resultado muito bem poderia ser o mesmo. Por isso, eles olham o resultado, e se o resultado da ideia de um Deus pode alcançar o objetivo, se realmente pode alcançá-lo, então cada um o seguirá. Os Deuses pensam assim. Além do que, se parece faltar algo, eles, sem impor condições e silenciosamente, o complementam para assim fazer as coisas mais completas e perfeitas. Eles lidam com as coisas dessa maneira.

Discípulos do Dafa, em seus cultivos no mundo humano comum, todos entenderam claramente algo que está baseado nos princípios do Fa, a saber: não estar apegado aos conceitos de “perda e ganho” das pessoas comuns. Então, quando se trata de coisas relacionadas a como validar o Fa, não devem tampouco insistir em dizer “minha ideia” ou que as coisas sejam feitas “da minha maneira”. Esta não é a maneira de um discípulo estabelecer sua poderosa virtude no Cosmo. Quando você tem uma boa ideia, bom, a ideia veio de você, e você está cumprindo com sua responsabilidade perante o Fa e não é importante se sua ideia é adotada ou se sua proposta aceita. Se a ideia de outro praticante pode ser igualmente boa e você não está apegado a sua própria ideia e aceita a ideia do outro, sem importar se está de acordo ou não com o plano dele, os Deuses ao verem isso, pensarão: “Olhem, ele não está apegado e pode ser tolerante e de visão muito ampla”. O que é que os Deuses observam? Não é exatamente isso que eles observam? Quando vocês estão apegados a enfatizar suas coisas e se prendem muito a isso, os Deuses que observam de cima não podem suportar isso. Mesmo que você afirme que é bom para o Dafa e que diga: “Minha ideia é boa” e pode alcançar tal e tal objetivo – e talvez esse seja realmente o caso – de qualquer forma, não deve ter esses apegos que se parecem muito com os apegos de pessoa comum. Se você realmente pode agir de forma abnegada, todos os Deuses dirão: “Essa pessoa é realmente extraordinária”. Não significa que os Deuses elevarão seu nível ao verem que sua ideia funciona. Pelo contrário, eles só elevarão seu nível ao verem que seu entendimento melhorou. Isto é uma verdade do Fa reto. Se você está pensando: “Tal e tal coisa me acontecerá se eu obtiver certa quantidade de méritos”; pois bem, é assim que funciona para uma pessoa comum, e isso poderia ser levado em consideração se consideramos certos aspectos das verdades do Fa do Cosmo ou quando consideramos uma situação particular. Porém, as verdadeiras melhoras vêm da raiz do abandono, não por meio do ganho (Aplausos).

Temos muitos estudantes que realmente estão melhorando de maneira rápida enquanto se cultivam. No geral, todos têm feito cada vez melhor, especialmente quando falamos de se melhorar conjuntamente e na cooperação entre os cultivadores. Agora, o assunto é como fazer melhor e lidar com mais cuidado com as coisas que temos que fazer. Como são discípulos do Dafa, não devem colocar suas esperanças nas supostas “mudanças naturais”, mudanças externas, mudanças na sociedade comum, ou em receber alguns favores dos outros. Vocês são Deuses e são os soberanos de diferentes Cosmos do futuro, portanto, de quem vocês dependeriam? Todos os seres contam com vocês! (Aplausos). Essa é a verdade. A realidade do Cosmo se manifestará em futuro próximo e quando isto ocorrer, tenhamos feito bem ou mal, tudo terá terminado e, como estiverem as coisas, assim elas ficarão. Enquanto esse assunto não terminar, vocês ainda têm uma oportunidade. Cada um de nós caminha seu próprio caminho aperfeiçoando seu próprio estado de Fruição. No futuro, os discípulos do Dafa serão capazes de ver se fizeram bem no caminho de validar o Fa e salvar seres conscientes. Você verá vividamente, inclusive as pequenas coisas que ocorreram em algum lugar durante seu processo na retificação do Fa. O mal e os seres perversos não podem ver o futuro. Os seres conscientes que vocês salvaram e aqueles seres conscientes que são capazes de compreender o que está ocorrendo quando vocês esclarecem os fatos, eles também testemunharão a cena magnífica da perfeição de vocês (Aplausos), e isto definitivamente será algo aberto e solene. Recentemente, algumas coisas aconteceram aos nossos discípulos do Dafa. Há muitas coisas sobre as quais o Mestre realmente não pode falar; especialmente quando ocorrem nesse tempo. A razão é que as velhas forças pensam que se eu as disser, elas terão que fazer as coisas ainda mais difíceis para vocês. Por isso, é que até agora não tinha dito sobre a situação da cooperação entre os cultivadores. Falei disso porque vocês já começaram a fazer bem e no momento, também são capazes de lidar bem com as coisas; gradualmente foram percebendo isso.

Alguns estudantes dizem: “Rejeitem os planos das velhas forças”. Em situações chaves, eles podem fazer as coisas muito bem, porém, em circunstâncias normais, podem fraquejar em seus pensamentos retos e, quando estes não são adequados, os estudantes podem ter problemas. Não estou falando de cada um de vocês. Estou falando de um número extremamente pequeno de pessoas, são muito poucos. Então, por que acontece isso? No decorrer da história, as velhas forças arranjaram muitas coisas e fizeram arranjos sumamente meticulosos e muito intrincados. E para se certificar de que nada desse errado com o que elas planejaram, fizeram um ensaio na Terra anterior. Pensem: o quanto elas não estão apegadas a isso? É possível abandonarem o que desejam fazer? Porém, mesmo assim, se nossos pensamentos retos são muito fortes, então, estamos alinhados a uma lei cósmica, e esta lei se aplica tanto ao antigo como ao novo Cosmo: o que um ser quer fazer é decisão dele, inclusive se fez certo tipo de promessa na história. Em momentos críticos, o que ele deseja fazer, é decisão dele. E isso aplica as coisas que são positivas e negativas – é o caso para ambos.

No passado, durante o processo de cultivo, muitos discípulos do Dafa foram enviados para cá pelas velhas forças para interferir com as coisas ou desempenhar um papel negativo. Porém, eles rejeitaram isso; desenvolveram pensamentos retos por meio do cultivo, já não querem mais fazer isso, e se converteram em verdadeiros discípulos do Dafa. Porém, alguns têm agido um pouco mal, então, eles são dirigidos pelas velhas forças e causam muitas coisas inesperadas. Não desejo falar aqui sobre este grupo de pessoas. Vou falar sobre alguns incidentes que ocorreram recentemente aos nossos verdadeiros discípulos do Dafa. Estes são casos isolados, porém, todos vocês sabem sobre eles e têm pensado neles. A verdade é que alguns de vocês reencarnaram repetidas vezes ao longo do curso da história e, enquanto estavam na sociedade humana e perdidos na ilusão, é provável que tenham firmado uma espécie de pacto com as velhas forças, como por exemplo: “Durante a retificação do Fa farei tal e tal coisa ou seguirei tal e tal caminho em um determinado dia”. Naquela época, dentro das leis do antigo Fa, parecia absolutamente correto, portanto, uns poucos estudantes firmaram este tipo de pacto, e essa é a razão pela qual, de tempos em tempos acontecem certas coisas entre nossos discípulos do Dafa. O objetivo por detrás desses problemas é o seguinte: as velhas forças pensam que alguns estudantes acreditam que uma vez que eles se cultivem de acordo com o Dafa, eles não precisam se preocupar com nada: “Enquanto for um discípulo do Dafa nunca me depararei com perigo de nenhum tipo”. Então, ao verem isso, as velhas forças pensaram: “Não podemos permitir. É como se eles tivessem um tipo de seguro? Uma vez que aprendem o Dafa, eles não se preocupam com nada. Não é um apego muito grande?”. Portanto, as velhas forças causaram problemas ao Dafa. Essa é a maneira como essas coisas surgiram. Porém, quando elas causam esses problemas, por que meus Fashen e inumeráveis Deuses retos que salvaguardam o Fa não fazem nada a respeito? A razão é que alguns de nossos discípulos do Dafa firmaram certo tipo de pacto com as velhas forças em um momento passado na história, o qual faz com que as velhas forças se apeguem a este fato com força extraordinária e simplesmente não deixem as coisas passarem.

Porém, não é que vocês não possam se libertar disso. Como disse, inclusive se vocês alguma vez na história realmente firmaram uma espécie de pacto, se hoje seus pensamentos retos são muito fortes, e não aceitam esse pacto e insistem em não participar nele, então, vocês de fato, podem rejeitá-lo. Porém, esses casos são difíceis de tratar. O difícil é que as velhas forças não deixarão vocês se libertarem tão facilmente, e tentarão se aproveitar de suas falhas e, se fraquejarem somente um pouco, elas se aproveitarão dessa oportunidade. Assim que, quando os pensamentos retos são muito fortes, elas não podem se aproveitar de vocês, e isto é porque na retificação do Fa, Dafa não reconhece os planos das velhas forças, e eu, como seu Mestre, tampouco os reconheço. Cada um de nossos discípulos do Dafa diz que não reconhece os planos das velhas forças, porém, isso não é algo que simplesmente vocês dizem; vocês têm que seguir o que o Dafa e a retificação do Fa exigem: “Velhas forças, absolutamente não reconheço nenhuma dessas coisas que vocês planejaram no passado. Inclusive, não reconheço vocês”. Quando seus pensamentos retos são muito fortes, vocês podem afastá-las e rejeitar seus planos (Aplausos). Não podemos reconhecê-las em absoluto.

Como os seres do Cosmo poderiam arranjar seus próprios futuros? Isso não é permitido de forma alguma. Vocês perceberão esta lei no futuro. Como o Cosmo foi criado? Foi criado simplesmente por um pensamento de um grande ser iluminado do Fa (Aplausos). Um só pensamento de grandes seres iluminados em níveis diferentes criou universos diferentes. Imaginem se, depois do pensamento do ser que criou o Cosmo, os seres criados dentro do Cosmo que surgiu desse pensamento dissessem: “Não me criem dessa forma, me criem de tal e tal forma”. Esta é uma decisão deles? Não é. Esses seres são realmente insignificantes aos olhos daquele Deus cujo pensamento os criou. Porém, esses Grandes Seres Iluminados, esses Deuses que criaram os seres, eles mesmos devem satisfazer completamente o padrão de um Deus e satisfazer o padrão do Fa; eles devem ter grande piedade e compaixão. Então, os universos que criaram serão seguramente maravilhosos; os pensamentos que eles produzem são puros e maravilhosos. É por isso que se considera sumamente importante que um ser alcance o padrão dos seres do Cosmo do nível correspondente a ele, e isto se aplica aos diferentes níveis. Em outras palavras, não podemos reconhecer o que as velhas forças planejaram para nós, não importa o que tenham feito, pois elas também devem ser salvas, só que elas mesmas decidiram ser eliminadas. Como alguém que vai ser salvo poderia escolher a forma de ser salvo? É como se alguém que caiu na água e que ao tentarem salvá-lo, diga: “Não pode me salvar diretamente com suas mãos, você precisa me salvar com um barco escolhido por mim”. Como isso seria possível?

Algumas coisas que aconteceram recentemente foram devido a razões históricas. Não lhes disse isso antes porque não queria que formassem um apego: “Qual é minha relação com as velhas forças?” Nenhum de vocês deve pensar nisso. Existem muito, porém muito poucos casos assim, e a intenção naquele tempo foi realmente boa, e foi feito para o Fa. É por isso que esses discípulos do Dafa se aperfeiçoam do mesmo modo (Aplausos) e, para níveis sumamente altos (Aplausos). Essa é a razão pela qual tais coisas aconteceram. Portanto, o estudo do Fa é sumamente importante. Seus pensamentos retos e tudo o que vocês alcançarão provém do Fa, por isso, sem importar o quão ocupados estão, não descuidem do estudo do Fa.

Isto é tudo o que direi, pois há dois dias, os estudantes que trabalham no projeto para a televisão se reuniram e eu lhes disse muitas coisas. Eles fizeram várias perguntas representativas, portanto, hoje não responderei as perguntas de vocês. Estou pensando em pedir que transcrevam a gravação de áudio daquele dia para que depois eu a revise e seja publicada. As perguntas que eles fizeram naquele dia são comuns entre vocês, todas foram perguntas que vocês desejam resolver e conhecer. Isto é tudo que direi. Obrigado! (Aplausos).

O futuro dos discípulos do Dafa é seguramente brilhante; será absolutamente brilhante. (Prolongados aplausos)